Connect with us

cinema

Animais Fantásticos e Onde Habitam | De fã para fã

Essa semana O Cabana do Leitor levou para uma Cabine de Imprensa de Animais Fantásticos e Onde Habitam uma fã de Harry Potter, a linda Renata Molina, e ela escreveu pra gente o que ela achou do filme, confiram:

LOJA DC 4

“E nós, fãs de uma das sagas mais amadas do mundo, criada por J.K. Rowling pudemos ficar extasiados mais uma vez. Após 5 anos do lançamento de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2, o mundo da magia está de volta em Animais Fantásticos e Onde Habitam.

E antes de falar um pouco do filme, vou deixar vocês um pouco mais empolgados com algumas curiosidades reveladas pelo nosso querido diretor David Yates.

Durante a criação do roteiro do filme, J.K. teve algumas dificuldades para escrever essa adaptação. Por muitas vezes, ela aparecia com um roteiro muito jovem e divertido mas sem profundidade, e em outras, escrevia textos intensos e sombrios demais. E então, após 3 ou 4 rascunhos ela conseguiu encontrar o tom certo que todos queriam: um equilibro entre comédia e obscuridade.

fantastic-beasts-and-where-to-find-them-wallpaper-1920x1200-fantasy-hd-3174

Eddie Redmayne foi a primeira e única opção para interpretar Newt Scamander por vários motivos, dentre eles: ele é britânico, um ator versátil e que conseguiria se adaptar a época retratada e por ele ser muito bom em interpretar personagens estranhos, que não se encaixam na sociedade, uma vez que Newt é um pouco assim, ele não consegue olhar as pessoas nos olhos e se sente mais confortável com seus animais do que com humanos.

A trilha sonora do filme foi intencionalmente criada para lembrar “Harry Potter” porque a ideia era que, dessa forma, as pessoas se sentissem abraçadas ao voltarem para esse lugar que conquistou nossos corações.

Nesse primeiro filme, eles trouxeram aspectos muito importantes como os abusos e intolerâncias em meio a algumas risadas, e isso não deve se repetir no próximo filme, já que a ideia é retratar a ascensão da extrema-direita e do fascismo. Então, podemos esperar um clima muito mais sombrio no próximo filme da saga que começará a ser gravado em julho de 2017, neste, voltaremos à Europa, mas dessa vez para as ruas de Paris.

Já estão mais curiosos para saber sobre o filme?

Vamos lá, o longa é muito bem arquitetado e traz de volta toda aquela magia que havia deixado muita saudade. Podemos ver as mãos da J.K. Rowling em cada detalhe. Ela foi extremamente carinhosa e perfeita em tudo. O filme é surpreendente do começo ao fim, extremamente empolgante e emocionante.

Como todos já sabem, o personagem principal é o Newt Scamander, um magizoologista que viaja o mundo atrás de criaturas mágicas e as carrega em sua maleta para estudá-las e cuidar de cada uma delas com muito amor e carinho. Ele está escrevendo um manuscrito e tem como objetivo mostrar a todos os bruxos que as criaturas não são perigosas e que podem ser nossas aliadas. Newt acaba indo para Nova York, porque ele precisa libertar uma dessas criaturas em seu habitat natural, mas a trama acaba passando por uma reviravolta quando algumas dessas criaturas escapam de sua maleta logo no começo do filme e assim iniciamos a nossa aventura nesse mundo mágico.

bhvpvtvceaaezpy

Em Nova York, conhecemos as irmãs Goldstein, sendo Tina que trabalha na M.A.C.U.S.A (Ministério da Magia dos EUA) e que inicialmente percebe o comportamento estranho de Newt e começa persegui-lo para tentar descobrir o que está acontecendo, e Queenie que é treinada na arte da Legilimência (o poder de ler mentes) e é uma das personagens mais fofas da trama. Temos também o nosso querido Jacob, um No-Maj (não bruxo ou trouxa, como conhecemos) que ao acompanhar Newt e as irmãs Goldstein acaba descobrindo um mundo mágico que nunca poderia imaginar, e vivemos com ele a emoção de cada descoberta. E assim, formamos o nosso quarteto principal.

Temos os personagens que são surpreendentes, como Percival Graves, Seraphina Picquery, Mary Lou e que por muitas vezes nos tiram o fôlego.Todas as atuações foram impecáveis e podemos sentir a entrega verdadeira de cada ator para o papel. Existe amor e paixão em cada cena. Minha única crítica vai para o Credence, interpretado pelo Ezra Miller. Credence é um personagem formidável e essencial para o filme, porém pouco aproveitado e tenho certeza que faltou apenas oportunidade para o ator/personagem mudar isso.

E nesse enredo podemos ver claramente tons de preconceito, intolerância, violência, abuso, mas também muito amor, magia, dedicação e claro, cheio efeitos especiais que nos deixam boquiabertos.

Enfim, é isso. O filme é incrível, com uma história perfeita e personagens maravilhosos. Você vai rir e se emocionar do começo ao fim.”

E vocês já assistiram? Deixem nos cometários o que acharam 😉

Revisado por: Bruna Vieira.

Conheça nossa comunidade no G+