Connect with us

cinema

7 Livros que merecem ir para as telonas!

Nós, viciados em leitura e cinema, não conseguimos nos apaixonar por uma história nas páginas, sem imaginá-las como seriam adaptadas nas telonas. Quando se trata de uma história cheia de magia, fantasia e criaturas míticas então… nossa imaginação fervilha com os cenários que criamos!  Por isso, listamos abaixo alguns livros maravilhosos que dariam incríveis filmes (ou séries!):

#1 – A maldição do Tigre
A Maldição do Tigre - Cabana do Leitor

Já falamos sobre A maldição do Tigre aqui, e que a Paramout Pictures obteve os direitos da obra para a adaptação aos cinemas e que isso deveria ser feito ainda esse ano. Fato é que a autora, estúdio e demais trabalhadores envolvidos mantém sigilo absoluto dos detalhes e até hoje, nada mais sobre a produção cinematográfica foi divulgado. Fato é que o livro merece uma adaptação! Não bastando se passar num misto de Óregon (EUA) e Índia, a história já chama atenção pelos cenários maravilhosos; ainda conta com personagens da cultura Hindú, homens presos na pele de tigres e Deuses. Talvez tantos detalhes sejam a explicação de tamanha demora e sigilo na produção do filme, já que tem tudo para ser uma produção gigantesca que vai prender à todos os apaixonados por fantasia, além de contar com continuações ainda mais cativantes e cheias de aventura!

#2 – O Smarillion
Smarillion - Cabana do leitor

O Sonho de qualquer fã do J.R.R.Tolkien é provavelmente ver o seu melhor livro ganhando vida nos cinemas. O Silmarillion é uma das maiores e mais belas obras já feitas na história e é claro que se fosse adaptada exigiria um cuidado e um capricho imenso de todos os envolvidos, além de muito trabalho e tempo. Trata-se de uma extensa história que vai desde a criação de Ëa e da Terra Média até o fim da 3°Era, narrada esplendidamente (incluindo muitas poesias, mapas e ilustrações), reunindo muitos personagens que vivenciam inúmeras coisas inesquecíveis ao longo de suas jornadas. Complexo, é dividido em cinco partes e cada qual traz aventuras e vidas diferentes, porém que estão sempre entrelaçadas, complementando umas as outras. Além de magnífico, o livro é a melhor introdução ao “O Senhor dos Anéis” e “O Hobbit” sendo essencial para um entendimento completo e geral dessas obras. Claro, não faltam especulações de que essa adaptação irá acontecer, já disseram que adaptar para série seria o ideal, já que o livro é longo e rico em detalhes, até fizeram possíveis posteres de lançamento e enfim,inventaram de tudo. Os apaixonados pela Terra Média torcem para que O Hobbit não tenha sido a nossa despedida definitiva dos livros de Tolkien no cinema. No entanto, nem tudo é imaginação e criatividade de fã, os próprios estúdios, como a New Line Cinema e a Warner cogitaram essa ideia, Peter Jackson já foi questionado dezenas de vezes sobre esse projeto, o grande dilema é que os direitos autorais não foram vendidos e Christopher Tolkien, filho e responsável por todas as obras do Tolkien, se nega a vender os direitos, vale lembrar que há anos ele é irredutível e tenho certeza que enquanto ele viver isso não será possível. Por que? Digamos que Christopher Tolkien não é muito fã das adaptações cinematográficas, ele acha que a obra literária perde parte de suas características fundamentais e é um pouco desconstruída, configurada de um modo distorcido nas telonas; não só isso, Christopher T. processou a New Line Cinema e os ânimos entre eles estão abalados desde então. Só nos resta a esperança de um dia ver o Sol brilhar na Terra Média novamente através da janela mágica: CINEMA.

 

#3 – O Cavaleiro dos 7 Reinos
O cavaleiro dos 7 reinos

Game of Thrones tem sido a melhor coisa do mundo, seja livro, seja série, a obra é magnífica em todos os aspectos. Não bastasse as histórias continentais de tirar o fôlego, George Martin também escreveu um livro lindo que antecede os dias atuais de Westeros e se passa quase 200 anos após a Guerra da Conquista, quando os Targaryen estavam no auge de sua dinastia. O livro conta a trajetória de Egg e seu melhor amigo, o Cavaleiro Sor. Duncan, o Alto (Dunk), juntos eles vivem grandes aventuras e compartilham anos de suas vidas, colecionando experiências, aprendizados, conhecimentos e muitas histórias diferentes e memoráveis. Além da obra ser muito emocionante e legal, ela é interessantíssima porque traz a tona acontecimentos passados que teriam consequências futuras no período atual de GOT, ela é importante para a melhor compreensão do reino Targaryen, faz um link perfeito com um personagem que foi muito amado na série: Mestre Aemon da Muralha e explica muitas coisas que são mencionadas na série.Existem especulações de que haveria uma continuação do livro, mas como bem sabemos, nosso querido George não ta dando conta de escrever nem o primordial, quem dirá continuar esse livro. O Cavaleiro dos Sete Reinos daria um belíssimo filme, ou até mesmo um Spin-Off da série, certeza que iria agradar muitos fãs.

#4 – Roubada9788581630687.jpg.1000x1353_q85_crop

“Acho que ninguém sabe do que é capaz até que seja testado.”
E se seu caminho fosse apagado? E se tirassem de você a pessoa que mais ama? E se suas lembranças fossem roubadas?
Lotte Wainright, é uma bela garota que foi encontrada quase sem vida em uma praia. Ao acordar no hospital, ela não se lembra de nada. A polícia divulga nos jornais e quatro amigos de Lotte a reconhecem e a visitam no hospital  para tentar despertar as lembranças dela. Tudo é muito misterioso, o leitor vive em constante conflito com essa obra, pois vai redescobrindo Lotte aos poucos, juntamente com a própria personagem. O suspense nos leva a pensar que Lotte pode ser tanto boa quando má e somente com o desenrolar dos fatos que descobriremos qual é a verdadeira personalidade dela.
Ao ler Roubada o leitor depara-se com diversas emoções diferentes, pois Lesley Perse toca num assunto que não é nada fora do comum e a cada dia se torna, infelizmente mais “real”.
Se você gosta de suspense, mistério, horror, drama e um toque de romance, convido-o a ler esse livro único e eletrizante que lhe conduzirá a uma verdadeira curiosidade até a última página.

#5 – Antes que eu vá
Antes que eu vá

E se você morresse e acordasse no mesmo dia durante uma semana?
12 de fevereiro,era para ser apenas mais um dia para Samantha Kingston, porém foi seu último dia: ela morre em um acidente de carro horrível. No entanto, ela não vai para “o outro lado”, para “a luz” ou para onde quer que vão as pessoas quando morrem. Em vez disso, Sam acorda em seu próprio quarto, novamente no dia 12 de fevereiro. Um sonho? Uma segunda chance?
Samantha tem tudo que uma adolescente quer: popularidade, amigas “incríveis” e um namorado “incrível”, mas ela não possuí caráter e não sabe o significado de amar o próximo. Ela, junto com suas amigas, ridicularizam e riem de vários alunos e alunas onde estudam.
Assim, ao acordar novamente no dia 12 de fevereiro, Sam começa a perceber o que está fazendo com sua vida. E que precisa mudá-la. Com a semana passando, Sam se vê correndo contra o tempo. O tempo de sua vida. Ela consegue cada vez mais desvendar a sua “morte” e a valorizar as coisas que merecem ser valorizadas. Será que ela irá conseguir?
“E SE tudo o que você tivesse fosse um único dia. O que iria fazer? Quem iria beijar? Até onde se atreveria para salvar a própria vida?”

 

#6 – Academia de Vampiros

box-academia-de-vampiros-6-livros-novo-original-lacrado-15546-MLB20104683717_052014-F

 

O livro base da Academia de Vampiros (VA) traz  Vasilisa Dragomir (Lissa para os chegados). Ela é uma princesa Moroi, a última da geração dos Dragomir, pois seus pais e irmão morreram em um trágico acidente, onde ela e Rose foram as únicas sobreviventes. Rose Hathaway consegue “entrar” na mente de Lissa, desde o acidente. Ela consegue vivenciar tudo que acontece com Lissa. Rose é humana com força e agilidade extraordinárias. Elas são “capturadas” e levadas de volta para a São Vladimir, a escola de que ambas fugiram. Lá, são repreendidas e separadas por não contarem o por quê da fuga.
Muita coisa mudou enquanto elas estavam fora, desse modo Lissa necessita retomar as rédias de sua vida, assim como Rose precisa estudar e continuar seu treinamento para se tornar uma verdadeira guardiã.
Enquanto ambas tentam viver de boa em São Vladimir, situações preocupantes começam a acontecer e Rose terá que tomar uma atitude, porém isso poderá trazer consequências arrebatadoras. Romance, reviravoltas, suspeitas e muito sangue estão por vir…
Já tem o filme baseado nesse livro, possivelmente em locadoras (acho que saiu do Netflix). Houve muita briga com o filme, rolou altas expectativas e era para ele ter rodado nos cinemas. Porém a distribuidora andou pra trás e preferiu distribuir outro filme no lugar. Enfim, outra distribuidora comprou os direitos do filme, mas ele já havia sido lançado nos States, dessa forma o filme foi direto para locação. O que, além de deixar os fãs da série loucos da vida, o marketing sofreu também, pois relançaram esse livro com a capa do filme, entre outras coisas. O filme foi bem fiel ao livro, gostei dos personagens, a fotografia está linda, entretanto o erro do filme foi que deixaram ele bem adolescente e forçaram um estilo besteirol, o que acabou deixando a história boba e algumas cenas forçadas.
VA  tem tudo – TUDO MESMO: romance, comédia, drama, ação, suspense… são livros que não perdem sua base (como muitas séries afora). É aquele tipo de série que não dá nem para distinguir qual livro é melhor, pois a cada livro somos levados a patamares diferentes.
O que mais admiro na Richelle Mead é como ela desenvolve esses personagens, a Rose por exemplo, no início é bem imatura, mas conforme os livros passam e ela vivencia novas experiências, ela vai se moldando e amadurecendo, sem perder sua essência. Isso acontece com grande parte dos personagens dessa série.
Além disso, a Rose não tem “mimimi”, ela vai lá e chuta e soca e enfia a estaca na fuça dos Strigoi (vampiros ruins rs). Ela tem sempre uma resposta irônica, mas sabe a hora de ser séria. É uma personagem com defeitos de caráter e de personalidade. É respeitada e odiada e amada. E ela erra. Enfim, ela não é perfeita.

#7 – Bloodlinesbloodlines

Bloodline é o spin-off da série Academia de Vampiros, cuja protagonista é a alquimista Sydney Sage. Ela está muito encrencada, pois em sua última missão, tinha ajudado a dampira Rose Hathaway a escapar da prisão, e essa aliança foi considerada uma traição grave, já que vampiros e dampiros são criaturas terríveis e antinaturais, ameaças àqueles que os alquimistas devem proteger – os humanos. Com sua lealdade colocada em questão, Sydney se sente obrigada a voluntariar-se para uma tarefa nada agradável – ajudar uma vampira que está sendo perseguida por rebeldes que querem o poder. Caso seja capturada e assassinada haverá uma guerra civil tão sangrenta no mundo dos vampiros que certamente afetará a humanidade.
Assim, pelo bem dos humanos, Sydney aceita se disfarçar de estudante e passa a conviver diariamente com a vampira e seu guardião Eddie, os três são matriculados como irmãos no último lugar em que qualquer um procuraria – a Escola Preparatória Amberwood, em Palm Springs, na Califórnia. Mas entre uma pizza e outra, entre um jogo de minigolfe e uma conversa sobre garotos, ela começa a ter a sensação de que talvez esses seres estranhos não sejam tão maus assim, principalmente Adrian, um vampiro muito próximo da vampira  que desperta os sentimentos mais contraditórios – e proibidos – em Sydney…
Sydney é uma personagem muito forte, criada com rigidez e doutrinada em uma crença onde o sobrenatural é algo, bem, ruim. E essa série de livros mostra o quando ela deve lutar contra seus próprios preconceitos para conseguir descobrir os mistérios que serão dispostos á eles.

Essa publicação foi feita em parceria com as editoras do CDL, Bruna Vieira e Lorena da Silva Ávila, muito amô <3

24 anos, fotógrafa, Grifinória, apaixonada por livros principalmente de fantasia; de Harry Potter, Alice no País das Maravilhas à Crônicas de Gelo e Fogo.

Continue Reading
Click to comment

Basta usar o cupom CDLLOJADCCOMICS

O CDL é hospedado pela DreamHost

Copyright © 2018 Cabana do Leitor.