Connect with us

cinema

Amanda Waller – Especial Esquadrão Suicida Parte 1

LOJA DC 4

Quem nunca temeu Amanda Waller dentro do Universo DC Comics, não sabe como é ter uma detentora de identidades mais precisa que o Batman. Dita muitas vezes como arrogante e desafiadora, nunca, jamais abaixou a cabeça para qualquer problema, o que gerou certos conflitos com os seus superiores, mas, honestamente? Quem se importa? Amanda Fucking Waller com certeza desmembraria muitos países caso quisesse dizer tudo o que sabe sobre eles, afinal, sua capacidade e poder poderiam ser considerados a própria junção da Cia e do FBI em uma pessoa só.

Amanda Blake Waller foi criada por John Ostrander, Len Wein e John Byrne, tendo sua primeira aparição na 1° edição de Legends em 1986, empoderando-se como Líder do Esquadrão Suicida (também conhecido como Força Tarefa X) e do Projeto Cadmus (um setor do governo norte americano que tem como princípio deter quaisquer possíveis ataques alienígenas e, principalmente, a Liga da Justiça caso mostre alguma ameaça, também conhecido como Projeto DNA).

História triste que todos os personagens fortes que se prezem deve ter:
Quando seu marido e dois de seus filhos foram assassinados, Amanda, nascida em Chicago, teve de fugir de sua cidade natal, com seus três filhos restantes, para Washington D.C, completando sua faculdade de Ciência Política e se juntando ao Congresso assim que ajudou o democrata Marvin Collins nas eleições e fez com que ganhasse. Lá conseguiu ser influente e reviver a, anteriormente conhecida, Força Tarefa X (Esquadrão Suicida), onde escolheriam a dedo os mal feitores que serviriam ao presidente e ao país em missões extremamente perigosas. Sua dianteira para ressuscitar um grupo assassino que iria fazer o trabalho sujo do governo, causou reboliços intermináveis entre os governantes, no entanto, o projeto foi aceito, dando a ela uma reputação na capital federal e o poder de liderança, o que influenciou o amor e ódio a respeito de sua pessoa.

Seu gosto pela justiça e também por vilões, a fez liderar grupos como Esquadrão Xeque-Mate e Lutadores das Sombras. Nos Novos 52, além de comandar Esquadrão Suicida, é diretora da A.R.G.U.S (Advanced Research Group United Support, ou em tradução livre Grupo de Pesquisa Avançada de Apoio Unido), carregando o codinome Tordo.

13576319_808623819238371_1295918362_n

A Dra. Waller ganhou popularidade quando apareceu no desenho Liga da Justiça sem Limites, primeiramente como antagonista, mas após perceberem seu sucesso, acabou por ser envolvida na trama como forte personagem de peso em punhos de ferro, mostrando a que veio e a que associações políticas comanda. Duas das mais famosas aparições na série animada foram: quando ela impede que dois gêmeos alienígenas sejam detidos pela Liga da Justiça e os captura para o governo, chamando o Batman de “riquinho”, dando a entender que sabia sua verdadeira identidade e quando O Cavaleiro das Trevas, revela a Amanda que estava sendo manipulada por Lex Luthor, posteriormente, passando para o lado da luz, ou seja, a Liga.

Embora muitos adorem Amanda Waller pelo seu altruísmo e por querer manter a raça humana intacta de alguma grande invasão e perigos eminentes, ela também tem quem a odeie e a queira fora do poder. Mesmo Sasha Bordeaux, a Rainha Preta do Esquadrão Xeque-Mate, não sendo uma inimiga, é ainda assim, uma ameaça para Amanda, que insiste em querer tomar seu posto.

13576325_808623802571706_1413834389_n

Mesmo sendo apenas uma humana de grande influência, Waller possui habilidades incríveis como uma grande inteligência, logística, tática militar, espionagem, persuasão e, não podemos nos esquecer, de seu conhecimento em combate corpo-a-corpo.

Nas telas, Dra. Waller apareceu na nona temoorada de Smallville, interpretada por Pam Grier, assim como no filme Lanterna Verde, por Angela Bassett. Seu grande marco, no entanto, viria com seu papel vivido por Cynthia Addai-Rosbinson, na série Arrow, comandando a pequena aparição do Esquadrão Suicida e agora, no filme de mesmo nome, interpretada por Viola Davis.

13576383_808623792571707_1509173237_n

Revisado por: Bruna Vieira.

LOJA DC 4

Living easy, livin' free. Asking nothing, leave me be. Taking everything in my stride. Don't need reason, don't need rhyme. Ain't nothin' that I’d rather do. Going down, party time. My friends are gonna be there too. I'm on the highway to hell. On the highway to hell.

Comments