Connect with us

Fandom

Arrow | Veja tudo que aconteceu no episódio 5×13

LOJA DC 4

*AVISO: Contém Spoiler*

O episódio dessa semana nos mostrou que Arrow sempre gosta de causar uma polêmica. No episódio 13 da 5ª temporada, foi retratado algo que sempre gera briga entre os americanos. O controle da venda de armas e o desarmamento da população. Por isso, se você deseja um episódio mais tranquilo e sem polêmicas, onde Oliver apenas vai atrás de bandidos ou do Prometheus. Melhor pular esse.

O episódio começa com uma pessoa colocando algumas armas dentro de uma bolsa, como se tivesse se preparando para ir a guerra, depois somos levados até Oliver, que está conversando com Thea (isso mesmo, Thea está de volta!), e nessa conversa entre os irmãos, Thea fala sobre o novo relacionamento de Oliver com a jornalista Susan Williams, onde Thea demonstra que não está nada feliz com essa nova relação amorosa do irmão, e Oliver diz que ela está enganada. Logo depois, os dois entram na sala de Oliver e encontram Quentin lá que fala para Thea que estava com saudades dela (nós também).

Após isso, Quentin apresenta seu novo assistente Rene, isso mesmo, Rene virou assistente do vice prefeito, logo após isso, Lance se despede falando que tem um reunião do outro lado da cidade, entretanto, quando estava entrando no elevador, ele viu um homem carregando uma bolsa e roupa de mecânico, mas não deu muita atenção, poucos segundos depois, o mesmo homem que vimos no começo do episódio, abre a bolsa, pega um fuzil e começa a disparar para todos os lados, deixando 7 mortos e vários feridos, entre os feridos, está o promotor de justiça Chase.

Depois de Oliver pegar o fuzil que foi deixado pelo atirador para tentar descobrir alguma pista, ele decide ir atrás do líder de um grupo criminoso para fazer algumas perguntas do jeito que só o arqueiro sabe fazer, também é a unica vez que Oliver veste o Uniforme no episódio, depois de fazer algumas perguntas e ver que o líder do grupo na verdade é inocente do ataque à prefeitura, Oliver retorna a caverna do Arqueiro e, após Quentin ter feito um retrato falado do atirador, por ter sido o único que o viu sem a máscara. e com a ajuda do novo brinquedinho de Felicity, eles finalmente descobrem a identidade do atirador misterioso. Que até pouco tempo, era uma pessoa normal com uma mulher e filhas, mas que perdeu tudo após um tiroteio de um homem em uma loja, e como a antiga gestão da prefeitura não conseguiu fazer com que o projeto que regulamentasse armas de fogo em star city fosse aprovado, ele decidiu se vingar.

O episódio mostra também as origens de Rene, sua família, e como decidiu se tornar um vigilante. Durante o episódio, os personagens entram em varias discussões sobre o porte de arma, como, por exemplo as discussões de Rene e Curtis já que durante o episódio Curtis diz que o porte de armas tem que ser controlado e, com isso, gerando uma boa historia entre os dois personagens.

Durante uma coletiva de impressa que Oliver faz, depois do infeliz tiroteio, vemos alguém que estava desaparecido há um certo tempo, o Jornalista que aparecia na primeira temporada de ARROW falando “The Oliver Queen is alive”, que foi apelidado pelos fãs de “Pai do Diggle”, onde o mesmo faz sérias perguntas a Oliver, que não sabe lidar muito bem com elas, então decide acabar com a coletiva de impressa. Nisso, Oliver decide se reunir com a presidente da câmara dos vereadores para fazer com que o projeto de regulamentação sobre armas de fogo, fosse passado adiante, mas Oliver encontra um pouco de dificuldade de convencer a vereadora, o que não dura muito, já que Oliver recebe a ligação de que o responsável pelo tiroteio, iria fazer de novo, só que dessa vez, em um hospital, então Oliver chama o Team Arrow, mas decide ir de Oliver Queen, não de arqueiro verde. Chegando lá, Oliver conversa com o Atirador e fala que pode ajudar, que quer regularizar as armas, fala sobre as mortes que ele causou na prefeitura e, por pouco, Oliver o impede de se matar. Isso faz Oliver rever um pouco de seus conceitos aparentemente.

Depois, somos levados de volta à Prefeitura, onde Oliver entra em seu gabinete acompanhado pela vereadora – presidente da câmara  -para falar novamente sobre a regulamentação das armas, só que dessa vez, ele apresenta um projeto criado por ele e por Rene, onde a regulamentação não interfere na compra de armas, mas ajuda a identificar o suspeito em caso de incidentes, como o da prefeitura. Em seguida, Oliver faz um discurso na frente da prefeitura como homenagem aos mortos no tiroteio, onde fala sobre  a união e o amor entre os cidadãos da cidade.

O episódio não tem flashbacks do Oliver e nem o Prometheus, mas se mantem muito bem sem eles. 

E aí, você já viu o episódio dessa semana? Se sim, o que achou? 

O próximo episódio de Arrow vai ao AR dia 22, quarta-feira que vem!

Comments