Connect with us

Tempo

Bob Dylan explica as raízes de sua música durante homenagem

Aos 73 anos, Dylan que é considerado por muitos músicos e críticos o maior cantor e compositor de seu tempo, falou por 40 minutos no evento ligado à premiação do Grammy, em Los Angeles, ao ser nomeado “personalidade do ano”.
O evento de gala levantou 7 milhões de dólares para a fundação MusiCares, que ajuda membros da indústria da música que passam por maus momentos.
Conhecido por sua frieza com o público, Dylan discorreu sobre as raízes de sua música e elogiou figuras célebres como Joan Baez e Nina Simone.
O prêmio foi entregue pelo ex-presidente norte-americano Jimmy Carter após uma série de apresentações de suas canções aonde Beck e Sheryl Crow tocaram gaita, Jack White fez solo de guitarra, Bruce Springsteen tocou com Tom Morello, Norah Jones tocou blues no piano e os Los Lobos cantaram em espanhol, incluindo “Knocking on Heaven’s Door” e “Standing in the Doorway”. UFA!
Dylan não cantou e nem tocou, apenas fez um discurso explicando as raízes da música folk e disse: “Todas essas canções estão conectadas, não se enganem; eu só estava abrindo uma porta diferente de uma maneira diferente”. Também recitou as letras de canções tradicionais como “John Henry” e “Come All Your Fair and Tender Ladies” e, em seguida, as letras de suas mais famosas canções, como “Blowin’ In the Wind” e “The Times They Are A-Changin”, demonstrando como estas músicas foram espelhadas nas primeiras.

Fotógrafa, produtora de moda, jornalista , cinéfala, vlogueira e bem resolvida (menos quanto a cor de cabelo).

Continue Reading
Click to comment

Basta usar o cupom CDLLOJADCCOMICS

O CDL é hospedado pela DreamHost

Copyright © 2018 Cabana do Leitor.