Connect with us

#OMG

Brasileiro ilustrador da DC Comics faz comentários sobre estupro e é demitido

LOJA DC 4

O brasileiro Allan Goldman foi demitido publicamente neste fim de semana pelos seus comentários sobre o estupro de uma jovem de 16 anos que alega ter sido estuprada por 33 homens no Rio de Janeiro. Goldman era ilustrador da DC Comics, que junto com a Marvel dominam o mercado de quadrinhos no mundo. Em comunicado, a empresa Chiaroscuro Studios disse que decidiu “encerrar o relacionamento com artistas não alinhados com valores que, para nós, são absolutamente inegociáveis”.

Na última sexta-feira, Allan se posicionou nas redes sociais sobre o caso da jovem. Questionou a “ideologia de gênero” utilizada “por esses esquerdistas”. No Facebook, ele se posiciona como apoiador do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC). Goldman fez ilustrações do Superman e dos Jovens Titãs para a DC Comics. 

“O que acontece se os 30 estupradores da menina alegarem que são mulheres? Segundo a ideologia de gênero dos esquerdistas, uma pessoa é o que sente, e sua biologia não importa. A sociedade é obrigada a aceitar essa decisão, senão é fascismo!”.

Goldman disse que está sendo vítima de “censura”. O ilustrador disse que está sendo tratado como alvo por expressar apoio a Bolsonaro e por ter um posicionamento de direita.

“Se você ler meu post, verá que não faço apologia à violência e muito menos ao estupro. Aliás, o estupro nem era o objeto do meu questionamento”.

A Chiaroscuro disse que:

“apologia e banalização da violência e da discriminação não cabem mais na sociedade e tampouco em nossa empresa”.

Revisado por: Bruna Vieira.

Comments