Connect with us

Livros

Conheça 10 livros sobre o universo de Star Wars

Avatar

Published

on

Star Wars é uma série de filmes relacionada ao space opera estadunidense criada pelo cineasta George Lucas e, sem sombra de dúvidas, é o maior fenômeno da cultura pop em gerações. Mesmo quem não é fã, já ouviu falar da figura icônica do Darth Vader. Fãs de todas as idades já foram ao cinema, lojas de brinquedo, livrarias, tudo para conseguir algo relacionado a essa saga de grande sucesso.

A Disney, detentora dos direito das produções, sabe o tamanho do tesouro que carrega nas mãos e, até hoje, é lançado mais e mais produtos derivados da saga: novos filmes, livros, games e por aí vai.  Seja qual for a forma, o fato é que o universo de Star Wars foi expandido. Pensando nisso, criamos uma lista com dez livros que falam sobre uma galáxia muito, muito distante.

  1. Estrelas Perdidas

Podemos dizer ser uma versão de Star Wars sobre o clássico Romeu e Julieta. Na trama criada por Claudia Gray, Ciena Ree e Thane Kyrell são dois pilotos que entram juntos para a Academia Imperial. Tudo ocorre bem até que Thane resolve se juntar à Rebelião. Em lados opostos, vemos a trajetória dos dois desde cinco anos antes da Batalha de Yavin até a queda do Império. A obra faz parte do novo cânone de Star Wars e indispensável para qualquer fã da saga.

  1. Trilogia Thrawn

A história se passa cinco anos após a destruição do Estrela da Morte e a morte de Darth Vader, mostrando o que aconteceu com Luke, Leia e Han Solo após o episódio VI e, mesmo assim, o Império ainda não se dá por vencido. Nesse contexto surge o grão-almirante Thrawn, gênio militar que trabalhava por trás de diversas ações imperiais e que agora assume o poder do exército do Império, que busca se reerguer e recuperar o poder perdido. O Herdeiro do Império, Ascensão da Força Sombria e o Último Comando compõem essa trilogia de sucesso.

  1. Kenobi

Em Kenobi mostra exatamente o que ele ficou fazendo entre os episódios III e IV, focando nesse personagem tão querido pelos fãs de Star Wars, que é Kenobi. A história acontece logo após os acontecimentos que deram fim à República. Querendo se afastar de qualquer confusão possível, o grande mestre Jedi Obi-Wan Kenobi passa a viver entre fazendeiros no desértico planeta Tatooine. Mas não esperava que fosse se envolver em uma confusão contra o perigoso Povo da Areia, ganhando o apelido de “Ben Maluco” no meio disso tudo.

  1. Trilogia Marcas da Guerra

Um dos livros de maior importância para a Disney, já que a chamada “Trilogia Marcas da Guerra” começou antes até de O Despertador da Força chegar aos cinemas em 2015. A trilogia gira em torno do que aconteceu depois da destruição da segunda Estrela da Morte, além de mostrar qual foi o destino dos que sobraram do Império Galáctico e dos antigos Rebeldes, agora responsáveis pela fundação da Nova República. Quem quer entender o cenário atual da série, a trilogia Marcas da Guerra é uma leitura quase que obrigatória.

  1. Legado de Sangue

O livro gira em torno antes dos acontecimentos do Episódio VII: O Despertar da Força e gira em torno da princesa Leia, agora senadora influente, lutando contra políticas injustas e outros problemas que assolam a República. Porém, seu passado e futuro ligados ao lado negro da Força pode colocar tudo a perder, além de um dos maiores segredos de família pode vir à tona. A obra também explica como a Resistência, facção comandada pela General Leia Organa, surgiu em Star Wars.

  1. Herdeiro do Jedi

A história de Herdeiro do Jedi se passa entre os filmes Uma Nova Esperança e Império Contra Ataca, focando no que o Luke Skywalker fez durante esse período, em riqueza de detalhes. Luke vira peça importante para a Aliança Rebelde em sua guerra contra o Império, mostrando o desenvolvimento da sua relação com a Força.

  1. O Caminho Jedi

Funciona como um manual de instrução para você, caro fã, que quer se tornar um Jedi ou, até mesmo, seguir o Lado Negro da Força. O livro é bem didático e funciona como um almanaque dos guardiões da paz nas galáxias. Nele também são apresentados os maiores mestres, a história dos clãs, os armamentos, a roupa, os golpes de luta, entre muitas outras curiosidades interessantes. O Caminho do Jedi recebeu as anotações de cada Jedi que tocou e estudou suas páginas. Com certeza se enquadra em um livro de colecionador.

  1. Um novo Amanhecer

Parte do novo cânone, Um Novo Amanhecer acontece em um cenário pós Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte. A obra gira em torno de como Kanan Jarrus e Hera Syndulla acabaram se conhecendo, antes dos eventos de Star Wars Rebels, além de trazer um vislumbre de como é a galáxia, agora dominada pelo Império e na agonia da desordem completa dos primeiros rebeldes.

  1. Lordes dos Sith

Apesar de não ser tão ligado com o atual cânone de Star Wars, o livro é bem focado na relação entre Darth Vader e Imperador Palpatine. Em um cenário de completo caos no planeta Ryloth, um movimento de resistência começa a tentar atingir o coração de uma ditadura implacável. Para Darth Vader e o Imperador, o planeta se torna mais do que uma oposição a ser vencida. Lordes de Sith é bem interessante para quem busca entender mais sobre como os Sith se relacionam em uma sociedade de Mestre e Aprendiz.

  1. Como Star Wars Conquistou o Universo

Escrito pelo jornalista Chris Taylor, Como Star Wars Conquistou o Universo revela segredos que até o maior fã desconhecia, confirma e desmente antigos mitos reverentes à produção e dá voz a todos que foram responsáveis por fazer essa saga acontecer. O livro vai muito além do que apenas falar sobre Star Wars, mostra o cinema em geral, administração, gerenciamento de marca e até determinação pessoal.

Advertisement
Comments

Resenha

Resenha | O Enigma de Outro Mundo

Novela investiga a existência de extraterrestres entre nós e prospecta teorias sobre a existência humana.

Rodrigo Roddick

Published

on

Existe vida fora da terra? Se sim, é amistosa ou hostil? Essas perguntas já foram feitas diversas vezes em diferentes momentos históricos. Muitas pessoas acreditam em alienígenas. Inclusive há uma ciência dedicada a desvendar os mistérios além da Terra. Há teorias que até apontam que os antigos egípcios foram visitados por seres extraterrestres. Contribuindo para este tema, O Enigma de Outro Mundo ainda suscita outra questão: já não estariam os aliens entre nós?

Apesar desta interrogação já ter se desenhada na cabeça de muitas pessoas, o livro apresenta a tentativa humana de identificar os extraterrestres, presumindo que eles consigam se passar por um humano, assim se camuflando entre nós.

O Enigma de Outro Mundo é uma história criada por John W. Campbell que inspirou o filme homônimo em 1982 e várias outras obras cinematográficas com nomes diferentes. Agora a obra foi traduzida e impressa pela primeira vez através da editora Diário Macabro. O excelente projeto gráfico é evidente logo na capa dura, com ilustração bem feita e ótima organização. A diagramação não deixa a desejar.

O livro possui 164 páginas e conta a história de um grupo de pesquisadores na Antártica que se depara com uma cabeça alienígena enterrada no gelo. Ela possui a capacidade de se transformar em qualquer ser vivo. A volume ainda traz extras contendo curiosidades sobre o contexto do romance, bem como algumas ilustrações dos personagens da história.

A narrativa apresenta uma investigação científica sobre o reconhecimento de espécimes extraterrestres. Por esse motivo, a linguagem dele é técnica, ainda mais porque os personagens principais são físicos, biólogos e meteorologistas. 

Apesar de ser um pouco arrastada as partes em que eles estão conversando sobre os métodos que deveriam ou não adotar para investigar A Coisa (como é chamada a cabeça alienígena na história), é possível compreender a escolha de Campbell. A maneira científica que o livro é narrado ambientaliza o leitor, construindo uma atmosfera coerente e paralela à realidade. Há momentos, inclusive, que você acaba se convencendo que toda a história seria possível.

A despeito do tema inicial, O Enigma de Outro Mundo pretende ir muito mais fundo do que superficialmente demonstra. Ao trazer a questão sobre a dificuldade de identificar quem é alien ou não – já que os extraterrestres podem se multiplicar e se transformar em qualquer um – Campbell, na verdade, está propondo uma investigação do próprio ser humano.

O que faz de nós humanos?

Esta é a pergunta principal que várias teorias tentaram responder. Mesmo sem uma resposta absoluta, o livro nos convida a viajar para dentro de nós mesmo e nos questionarmos sobre a humanidade que nos caracteriza. Em uma das partes mais interessantes da história, o autor chega a caracterizar as células alienígenas como “egoístas” por possuir o princípio de se preservar a qualquer custo. Não seria isso muito parecido com nosso instinto de sobrevivência?

O Enigma de Outro Mundo é uma fonte de teorias. E seu fim propõe que nós, seres humanos, poderíamos ter sido uma raça desenvolvida por vidas extraterrestres. Se isso é verdade ou não, não sabemos, mas é válido para subsidiar argumentações. Afinal, especular sobre vida fora da Terra pode ser a resposta para nossa existência.

“Para além das estrelas, está a resposta. De um lugar além das estrelas, de um planeta mais quente que circula ao redor de um sol mais brilhante e mais azul, eles vieram”

O Enigma de Outro Mundo é um livro curtinho obrigatório a todos os interessados em ETs e aos fãs de ficção-científica.

Continue Reading

Resenha

Resenha | Wild Cards – O Começo

Contos fazem alusão aos X-men e à Liga da Justiça, bem como outros super-heróis.

Gustavo Carvalho Cardoso

Published

on

Wild Cards – O Começo foi lançado em 23 de novembro de 2010 pela Companhia das Letras e organizado por George R.R. Martin em parceria com inúmeros autores. O autor é um roteirista e escritor de ficção-científica, terror e fantasia. Sua maior criação foi a fantasia época “As Crônicas de Gelo e Fogo”.

“Jetboy é o grande herói da nação.”

A história de Wild Cards gira em torno de um ataque com um vírus biológico alienígena que altera o DNA dos afetados, transformando-os em super-heróis, os chamados Áses. Mas o vírus pode transformar em aberrações antropomórficas, os Curingas.

”Tachyon parecia um homem normal, um homem normal que saiu de uma nave alienígena”

O livro se compromete em mostrar os dramas de um Estados Unidos pós Segunda Guerra Mundial, em um universo onde a vida no espaço é existente e carrega consigo uma ameaça à nossa sobrevivência: um teste viral que promete dizimar os humanos dois anos após Hitler ser derrotado.

A história lembra muito um roteiro de histórias em quadrinhos, parodiando super-heróis conhecidos e criando uma lógica por trás de cada poder apresentado, tornando o universo apresentado mais tangível e consolidando a premissa inicial do livro.

O livro é fragmentado em contos contendo narrativas e personagens principais diferentes, fazendo o leitor percorrer cenários e situações distintas. Ele mostra os humanos se adaptando aos poderes e aprendendo a lidar consigo mesmos, abrindo portas a uma nova crise. Como conviver com seres que podem praticamente serem deuses?

É apenas uma das perguntas que o livro traz e uma das crises que gira em torno dos personagens. Trazendo referências diretas aos X-men, à Liga da Justiça e a muitos outros quadrinhos, a narrativa coloca uma curiosidade em cada página e os leitores ficam loucos para saber qual vai ser o próximo personagem a ser central na história.

Assim como em X-men, a ameaça presente nesse universo não só os Áses ou os Curingas, mas sim os próprios humanos com medo dos afetados pelo vírus. Munidos de preconceito e de misoginia, eles se sobrepõe aos Wild Cards, aplicando leis rígidas e praticamente escravizando aqueles que sofreram com a mutação. Estes sendo obrigados a servir no exército sob o pretexto de estarem honrando a nação. A verdade, porém, é que estão sendo presos por baixo dos panos.

A crítica social que o livro propõe casou muito bem com a premissa do livro, assim como as muitas referências aos universos conhecidos dos quadrinhos. A política na história foi empregada de forma impecável como uma real vilã aos interesses dos personagens. Em muitos trechos, as leis mais descriminam e matam do que auxiliam aqueles que já estão sendo caçados diariamente.

O drama e a motivação de cada personagem afetam de forma ativa o mundo à sua volta, de forma que um conto, mesmo que com relatos distintos dos outros, complementa o universo, consolidando as lendas que ali permeiam.

A única coisa que quebra um pouco o ritmo do livro são algumas poucas histórias que se arrastam sem necessidade, demorando muito para expor o personagem. Porém, não afeta em nada a qualidade da obra, vai de leitor para leitor.

Wild Cards possui um drama bastante solidificado e uma trama política baseada na da vida real, é uma obra que fortifica o cenário de heróis e vilões. É quase uma distopia alegórica.

O livro é indicado para aqueles que são fãs de quadrinhos e gostariam de ver uma história um pouco mais realista.

Continue Reading

Livros

Carnaval Fantástico | Fantasias literárias para você se divertir

Una a paixão pela literatura com a festa nos bloquinhos.

Mylla Martins de Lima

Published

on

O carnaval é uma das festas mais famosas do Brasil e o mais divertido de tudo é a escolha da fantasia. Viver um dia na pele o seu personagem preferido é fantástico, seja ele um herói dos quadrinhos, um vilão de conto de fadas ou garotas mágicas de um mangá de ação. Nas linhas abaixo você vai poder conferir algumas dicas de fantasias pra lá de criativas.

Resultado de imagem para bloco carnaval

1. Sailor Moon

Se a ideia é se divertir em grupo, as defensoras representantes cósmicas são uma ótima opção. A série de mangás Sailor Moon foi originalmente publicada no Japão pela editora Kodansha em 1992, com final da série em 1997. Contudo, ainda faz muito sucesso no meio geek e tem seus mangás trazidos para o Brasil pela editora JBC.

2. Malévola

A grande vilã da Disney também é bem representada no evento, com direito a glitter e paetê. A personagem original da Bela Adormecida ultimamente vem ganhando os holofotes, tendo dois livros adaptados dos filmes e outro da série de vilões publicados pela Universo dos Livros.

3. Khal Drogo e Daenerys

E tem espaço para todo mundo, inclusive para casais. Khal Drogo e a maravilhosa Khaleesi são um exemplo de criatividade. Originalmente lançado em 1996 por George R. R. Martin e vindo para o Brasil em 2010 pela editora Leya, As crônicas de Gelo e Fogo é uma das séries literárias mais queridas dos últimos anos.

Hoje seus direitos estão reservados à editora SUMA.

4. Mulher Maravilha

Um clássico carnavalesco e símbolo do poder feminino não poderia faltar na lista das melhores opções na hora de escolher sua fantasia. A heroína mais icônica de todos os tempos surgiu de histórias em quadrinho publicadas na Era de Ouro, em 1941, pela editora estadunidense DC Comics.

5. O conto da Aia

O sucesso literário e televisivo é uma opção tanto para amigos, quanto para casais ou mesmo carnavalescos solitários. O livro publicado pela editora Rocco é um romance distópico situado na Nova Inglaterra totalitária e fundamentalista cristã em um futuro bem próximo.

Continue Reading

Parceiros Editorias