Connect with us

cinema

Disney ESTAVA em negociações para compra de PARTE da FOX, incluindo FOX Estúdio

A 21st Century Fox mantinha negociações para vender a maior parte da empresa para a Walt Disney Co.,se tornando assim uma empresa de mídia fortemente focada em notícias e esportes, de acordo com pessoas familiarizadas com a situação.

LOJA DC 4

As conversações ocorreram nas últimas semanas e não há certeza de que eles irão levar a um acordo. Os dois lados não estão falando atualmente neste momento. Para a Fox, a vontade de se envolver em negociações de vendas com a Disney decorre de uma crescente crença entre a alta administração que a escala na mídia é de importância imediata e não há um caminho para ganhar essa escala no entretenimento através da aquisição. A empresa acredita que um grupo de propriedades mais focado em torno de notícias e esportes poderia competir de forma mais efetiva no mercado atual.

O cenário da mídia mudou consideravelmente nos últimos anos com gigantes como Facebook, Google (Alphabet), Amazon e Netflix mudando a forma como as pessoas consomem mídia e dominam a distribuição digital de conteúdo de vídeo digital.

Para a Disney, a oportunidade de assumir o controle de outro estúdio de cinema e ativos significativos de produção de TV, uma vez que prepara uma oferta de transmissão de entretenimento direto ao consumidor, é atraente, assim como a exposição significativa da Fox aos mercados internacionais, como o Reino Unido, a Alemanha e a Itália – ambos através de suas redes e 39% de propriedade da Sky. A Disney anunciou recentemente que tirará todos os seus filmes da plataforma Netflix e estabelecerá duas ofertas diretas para o consumidor: uma para esportes e uma, incluindo suas principais franquias, como “Star Wars” e Marvel.

A Disney não compraria toda a Fox, de acordo com as pessoas com conhecimento das negociações.

A empresa não podia possuir duas redes de transmissão e, portanto, não compraria a rede de transmissão da Fox. Não compraria os ativos de programação esportiva da Fox na crença de que poderiam combiná-los com a ESPN e não compraria o canal Fox News ou Business. A Disney também não compraria afiliados de radiodifusão locais da Fox, de acordo com pessoas familiarizadas com as negociações.

Além do estúdio de cinema, produção de TV e ativos internacionais como Star e Sky, a Disney também adicionaria redes de entretenimento como a FX e a National Geographic.

Fonte: CNBC

Conheça nossa comunidade no G+