Connect with us

e-Sports

Documentário contará como pessoas superaram depressão jogando LOL

Ana Paula Schuch Dias

Published

on

LOJA DC 4

“O Jogo Virou” retratará sobre pessoas que foram

impostas a circunstâncias ruins em sua vida e que

deram a volta por cima com a comunidade de League

of Legends

 

  • Por Ana Paula Schuch Dias

 

Com o nome ” O jogo Virou”, Fernando Montanha pretende mostrar para todas as pessoas que são ligadas ao mundo dos games, como um jogo pode mudar vidas, ajudando muitas pessoas a saírem da depressão. O objetivo desse documentário é inspirar players, incentivar a superar os seus problemas, mostrar  que também existe outras pessoas nas mesmas circunstâncias ou até mesmo pior, e que mesmo assim foram capazes de superar e vencer as dificuldades.

Para o documentário, Montanha escolheu personagens que já venceram os seus problemas para poder contar como que foi a jornada até a superação. No primeiro episódio do documentário (que em breve vai sair), mostrará a história do Paulo “Kotoko”: player que perdeu os braços e ainda assim consegue jogar League of Legends. Ele fala da adaptação dele e como a comunidade o ajudou.

Montanha afirma que a fama foi muito depressa (devido a Internet que viraliza tudo muito rápido), e que ele não imaginava tamanha proporção. Por ele ter gratidão, teve essa vontade de expressar em um documentário como ele se sentiu em relação a tudo que estava vivenciando.

”Eu sempre fui muito grato de tudo o que foi proporcionado para mim graças ao League of Legends, eu jamais iria imaginar que um dia iria ser conhecido por tantas pessoas. Quando eu tive a noção de que já tinha me tornado um influenciador, eu me senti na responsabilidade de trazer um conteúdo sério, um conteúdo saudável que ajudasse as pessoas. Eu quero que o meu público saiba que eles podem contar comigo.” Explica com exclusividade para o CDL.

Fernando ficou famoso com a ”comp do Montanha” em um vídeo em que ele dava dicas de como ser o melhor time de LOL, inspirado no paiN gaming.

No documentário, a trilha sonora é dirigida pelo projeto Zaun, bastante conhecido no YouTube por fazer RAP de qualidade com campeões de LOL. É possível acompanhar o trabalho deles aqui.

”Eu conheci o projeto Zaun no ano passado na universidade da PUC quando eu gravava um material comercial, e eles se apresentaram para mim, mostrando o trabalho deles que ainda estava no inicio. Desde então mantemos contatos e já tínhamos trabalhado uma vez juntos para a realização de uma paródia para o meu canal. Desde que me tornei amigo do pessoal do Projeto Zaun, eu percebi que eles compactuavam com muitos pensamentos meus, de retribuir mais para a comunidade e de desconstrução.” Conta Montanha.

Ainda hoje, há muito preconceito dos pais em relação aos filhos jogarem vídeo game tanto como distração como profissionalmente. Essas barreiras vem sendo quebradas com a Televisão, que cada dia que passa apoia mais o mundo dos games e faz com que as pessoas abram a mente e percebam que este é um ramo não só promissor, mas que realmente salva vidas.

”Meu recado para os pais e responsáveis, é que eles abram mais a mente e o coração. Por que o E-sport se tornou muito mais do que brincadeira, hoje ele tem diversas oportunidades para as pessoas que são apaixonadas por ele. Mas que sim, continuem fazendo forte vigilância. Pois os estudos são importantes, e que não deixem seus filhos perderem o foco.” Finaliza Montanha.
Segue o vídeo teaser explicando o que vai rolar no documentário:

 

*Todo investimento do projeto foi retirado da Dtona Store.

Revisado por: Bruna Vieira

LOJA DC 4
Comments