Connect with us

Game Of Thrones

Game of Thrones – Recap (5×10 – Mother’s Mercy) + Teorias para a 6 temporada

LOJA DC 4

Chega ao fim a patrulha de Jon Snow… ou não?

A guerra no Norte chegou à Muralha em todos os fronts possíveis. Após o duro combate com o exército de selvagens liderado por Mance Rayder, os patrulheiros do Castelo Negro criaram sua própria guerra interna após a opção de Jon Snow por resgatar os remanescentes do Povo Livre, em Hardhome, e trazê-los ao lado ocidental. A traição, liderada por Sor Alliser Thorne, faz com que diversos de seus irmãos juramentados tomem turnos para esfaqueá-lo de maneira covarde nos pátios do castelo. Até o garoto Olly, a quem Jon escolheu para ser seu escudeiro e aprendiz, toma parte da emboscada, movido pelo ódio que sente pelo povo que assassinou sua família.

Jon-Snow-Game-of-Thrones

A dúvida sobre a morte de Jon deve-se às diversas teorias sobre a função de Melisandre nessa parte da trama. Quando Stannis, movido pela sua ambição, permitiu que a Mulher Vermelha queimasse sua própria filha viva de maneira brutal afim de usar de seus feitiços para auxiliar na conquista de Winterfell, muitos de seus subordinados abandonaram o acampamento onde preparavam-se para a batalha, temendo que seu comandante houvesse perdido a razão. E, convenhamos, foi o que de fato aconteceu. Mesmo após essa perda numérica significativa, Stannis marchou para Winterfell e perdeu o combate com o exército dos Boltons de maneira arrasadora. O golpe que o matou, porém, foi desferido por Brienne, após encontra-lo gravemente ferido ao fim da batalha. A cavaleira conseguiu vingar seu rei Renly.

Em King’s Landing, Cersei submeteu-se à total e completa humilhação para conseguir a absolvição pelos crimes cometidos, aos olhos do Alto Pardal. A caminhada da vergonha que tomou pelas ruas da cidade até a Fortaleza Vermelha foi um dos pontos altos do episódio. Todos esperavam ansiosamente pelo momento em que a rainha-mãe começaria a pagar pelo mal que fez à tantos e tantos personagens queridos do grande público. A parte intrigante desse momento fica por conta de quem a recebeu. Gregor Clegane, a Montanha Que Cavalga, está de volta. Após passar por mudanças físicas radicais feitas pelo Meister Qyburn e sua magia negra, o personagem volta como cavaleiro juramentado da Guarda do Rei, vestindo a famosa armadura dourada.

Outra vingança ocorrida nesse episódio (particularmente adorada por este que vos escreve) foi a de Arya, que tirou a vida do primeiro nome de sua lista, Sor Meryn Trant. Ela mostrou habilidade e inteligência na estratégia para eliminá-lo, usando de seu fetiche por crianças e agressões contra as indefesas meninas para conseguir chegar até ele. No entanto, quando a menina Stark volta à Casa do Preto e Branco, Arya tem o contato direto com as leis do Many-Faced God. O suposto Jaquen H‘agar paga com a própria vida pelo uso deliberado que sua jovem aprendiz fez das habilidades ensinadas por ele e promovidas por seu Deus. Outro efeito foi a perda de sua visão como castigo divino, resta apenas saber se temporária ou definitivamente.

Essa temporada ficou abaixo das expectativas, quando fazemos um balanço geral. Apesar disso, os últimos 3 episódios foram repletos de surpresas e cenas marcantes. Os desenvolvimentos da trama para a próxima temporada é bem complexo e com muitas lacunas a serem preenchidas, devido aos acontecimentos pouco conclusivos que ocorreram à muitos dos principais personagens. A parte ruim é que teremos que esperar um ano inteiro para descobrirmos as respostas para todas as dúvidas que carregamos.

LOJA DC 4