Connect with us

Livros

J.K. Rowling chama de “idiotas” pessoas que não conseguem ver Hermione negra

Edi

Published

on

LOJA DC 4

J. K. Rowling sabia que “idiotas estavam SENDO idiotas” sobre Hermione ser negra na peça de teatro, mas ela ainda tem algumas palavras direcionadas para estas pessoas.

Quando as fotos de Harry Potter and the Cursed Child foram liberadas, foi tudo maravilhoso e glorioso – exceto, você sabe, para o racismo ridículo que direcionaram a atriz que protagonizará Hermione no teatro.

Embora Noma Dumezweni já havia sido anunciada como nossa nova Hermione Granger em Dezembro, claramente alguns ‘fãs’ não receberam bem a escolha, reagindo de forma terrível novamente ao simples fato da personagem ser negra na peça de teatro.

Quando Christopher Columbus escolheu o elenco para compor Harry Potter e a Pedra Filosofal, não escolheu atores que pareciam exatamente como seus personagens descritos nos livros. Os olhos de Daniel Radcliffe eram da cor errada, o cabelo de Emma Watson não era idêntico ao do livro, e Rupert Grint não estava alto e esguio – ainda surpreendentemente, nenhum desses traços exteriormente impediram suas performances. É quase como se os diretores de elenco estavam mais preocupados em encontrar atores que poderiam trazer Harry, Ron e Hermione para a vida do que encontrar cópias idênticas aos personagens do livro.

É desconcertante, francamente, ver as pessoas tão críticas quanto a cor da pele de uma pessoa em 2016. E, claramente, J. K. Rowling concorda.

Em uma longa entrevista com o The Observer (via The Guardian), ela  declarou:

“Eu tinha um bando de racistas me dizendo isso sobre ela, que ela deve ser uma mulher branca,” disse Rowling.Mas decidi não ficar muito agitada sobre isso e simplesmente afirmar firmemente que a Hermione pode ser uma mulher negra com minha bênção absoluta e entusiasmo.”

Rowling passou a rejeitar os cor específica e problemas de pele, afirmando que simplesmente

“Noma foi escolhida porque ela era a melhor atriz para o trabalho.”

Mas claro que, como dizem, vão para odiar. Ou, como diz Rowling

“com minha experiência de mídia social, eu pensei que idiotas são idiotas. Mas o que dizer? É assim que é o mundo.” E, infelizmente, ela está certa.

John Tiffany, diretor da peça Harry Potter and the Cursed Child  também falou sobre o assunto, dizendo:

“O que me chocou foi a forma de como as pessoas não conseguiam visualizar uma pessoa não-branca como o herói de uma história. É, portanto, brilhante que isto tenha acontecido.”

Todo e qualquer tipo de racismo deve ser combatido.

Revisado por: Bruna Vieira.

LOJA DC 4
Comments