Connect with us

e-Sports

Jimmy Carter é expulso da Unity Telecom E-Sports depois de acusação de assédio sexual

Edi

Published

on

LOJA DC 4

A Unity Telecom E-Sports passa por restruturações depois de uma série de infelicidades envolvendo a equipe e agora Jimmy Carter foi expulso da organização depois de ser acusado de assedio sexual.

Jimmy Carter era u sócio da empresa Unity Telecom E-Sports, o site myCNB em reportagem diz que o ex-sócio da equipe prometia cargos e empregos a moças que viam até ele em troca de fotos sensuais.

Gabriel Marvila, diretor geral da Unity Telecom E-Sports fez um longo comunicado sobre o caso:

“Nós já sabíamos sobre o caso do Jimmy desde 2017, quando surgiram as primeiras acusações na Antiga ilha da macacada feminina.

Porém, após esses casos terríveis dos quais a organização repudia com todas as forças, ele prometeu mudar e se tornar uma pessoa melhor.

Vale lembrar que em 2017 a organização ainda não era reconhecida e não tinha esse investimento que foi concedido em 2018.

Ele prometeu que iria melhorar justamente porque queria repensar seus atos e também porque a organização estava crescendo e isso automaticamente afetaria a empresa.

Contudo, no mês passado soubemos do primeiro relato e que a situação não havia sido alterada. Ele continuava sendo a mesma pessoa. E agora com isso que veio à tona dos jogadores, acabamos descobrindo muitos outros casos o que nos leva a pensar que não podemos dar mais chances para ele se redimir. Isso está manchando a imagem da organização e nos prejudicando.

Iremos afastá-lo de tudo. Porém isso tem uma certa burocracia, porque querendo ou não ele é sócio e tem direito na empresa.

Vamos estudar como vamos fazer isso da melhor forma possível e claro, vamos assumir as consequências disso de cabeça erguida e ajudando e auxiliando todas as vítimas a relatarem conosco para que possamos tomar uma providência clara e coesa.

Sabemos da importância do feminismo na sociedade machista que vivemos e principalmente no ramo de eSport acontece muito isso, infelizmente.

Queremos que as mulheres do meio sejam respeitadas devidamente por serem quem são e não serem mais comprometidas com situações constrangedoras como essa de oferecer um monte de coisas em troca de “nudes” e dentre outros.”

A Unity Telecom E-Sports passa por uma restruturação depois de momentos de terror vividos neste ano pelo esforçada empresa. A sede foi assaltada este ano, aonde levaram uma parte dos equipamentos e depois disso ex-jogadores acusaram a empresa de não fornecer condições básicas para eles, como até mesmo falta de comida.

LOJA DC 4
Comments