Connect with us

Games

‘League of Legends’ Riot Games constrói sua própria rede de internet nos EUA

Problemas com ping e perda de pacote não são pesadelos apenas de jogadores online, mas também de desenvolvedores como a Riot Games, que decidiu construir sua própria rede para melhorar a qualidade de League of Legends nos EUA.

LOJA DC 4

Sem o apoio das principais operadoras de internet dos EUA como a AT&T e a Comcast, a Riot Games alugou cabos de fibra óptica escura – cabos colocados embaixo da terra a mais por empresas de Internet, mas que não são utilizados -, para criar “uma das redes mais rápidas do continente” e melhorar a experiência dos jogadores.

Além dessa rede própria, a Riot Games também mudou seu datacenter para Chicago, aumentando o número de jogadores com 80ms de ping de 50% para 80% da noite para o dia, conforme visto no gráfico abaixo.

RIOT GAMES

Com as soluções da Riot Games, mais de 80% dos jogadores jogam com um ping melhor
Com as implementações da Riot Games, mais de 80% dos jogadores jogam com um ping melhor.

As duas soluções da empresa foram detalhadas em seu blog de Engenharia, que explica como foi o processo.

Aqui no Brasil, a Riot já fez algo parecido, quando a empresa decidiu trazer os servidores exclusivos para jogadores brasileiros de Miami para dentro do país. Na época, o ping dos jogadores – principalmente dos que moram em capitais e possuem uma melhor conexão de internet – foi da casa dos 120ms para os 30ms.

Cabe ressaltar que como a internet no Brasil é de péssima qualidade, onde as prestações de serviços são péssimas, a Riot poderia salvar a internet do Brasil com alguma medida, o grande problema se torna a ANATEL que além de tornar quase impossível que outras empresas entrem no setor, ainda apoia o limite de dados que estão querendo impor por aqui. Salve-se quem puder invocadores.

Revisado por: Bruna Vieira.

Conheça nossa comunidade no G+