Connect with us

Anime

Michiko to Hatchin – O anime mais brasileiro que você vai conhecer

Já imaginou um anime originalmente japonês com inspiração e fidelidade no Brasil? Michiko to Hatchin é o anime que se encaixa nesse requisito com cenários e músicas que retratam o Brasil nos anos 60 a 70, e apresenta muita ação, drama e alguns toques de comédia.

LOJA DC 4

Michiko Malandro é uma mulher sensual, selvagem, independente e fugitiva de uma prisão de segurança máxima, que permaneceu presa por 11 anos, apesar de ter conseguido fugir outras três vezes. Ela é problemática e desafiadora, além de conter uma tatuagem misteriosa no abdômen.

Hana “Hatchin” Morenos é uma jovem órfã de 9 anos que vive sofrendo abusos de seus pais adotivos e de dois filhos destes, além de morar em um ambiente nada agradável. Ela possui a mesma tatuagem misteriosa, também no abdômen.

Breve sinopse:

Após fugir da prisão, Michiko acidentalmente cruza caminho com Hana. Michiko afirma conhecer seu pai, Hiroshi Moreno, seu ex-namorado e ex-integrante da organização criminosa Monstro Preto. Apesar de ter recebido a informação de que ele havia sido morto enquanto ela estava presa, Michiko parte em uma jornada com Hatchin em busca de Hiroshi, enquanto são perseguidas pela detetive Atsuko Jackson, que tem como determinação colocar Michiko de volta na cadeia.

O anime se passa em um país fictício chamado Diamandra, que tem incríveis semelhanças com o nosso país. Sayo Yamamoto, diretora do anime, juntamente dos produtores, vieram, em 2007, ao solo brasileiro visitar algumas cidades, entre elas Rio de Janeiro, Recife e Olinda. A cultura, as paisagens, a divisão geográfica tem grande semelhança com Brasil. O anime tem uma grande variação de cenários, como favelas, mangues, sertão e cidades grandes. A diversidade de etnia dos personagens é visível, como é totalmente característico daqui. A variação de trilha sonora do anime vai entre o samba, chorinho, música popular brasileira, samba rock, entre outros, e tem como responsável de grande parte da trilha a banda brasileira Kassin. Além dos aspectos nacionais ricos, o enredo também não deixa a desejar, com uma história brilhante, rica em cores e totalmente original.

Vale à pena se aventurar no mundo um tanto quanto brasileiro de Michiko to Hatchin.

Continue Reading
Click to comment

Conheça nossa comunidade no G+