Connect with us

e-Sports

Mundial 2017 | Misfits bate TSM enquanto Fenerbahçe e G2 causam grandes problemas

David

Published

on

LOJA DC 4
Resumo por: Felipe Andrade e David Silva

Na madrugada desse domingo (08) tivemos o começo do 4º dia da fase de grupos do Campeonato Mundial de League of Legends. O dia foi de grandes surpresas, com jogos emocionantes e inesperados.

Team World Elite 1-0 Flash Wolves

Montando um draft de desengage e diferente do jogo de ontem,  a Team WE forçou muitas lutas. Não se esquecendo dos objetivos, conseguiu first tower, dragões e buscou fazer o arauto – de maneira mal-sucedida –  e abriu uma vantagem de 3 mil de ouro que se estendeu por boa parte da partida. Com uma bela iniciação do Condi no mid a WE teve a luta que queria e conseguiu vantagem para o barão, que foi determinante para o fim da partida.

Flash Wolves amarga sua terceira derrota nesse Worlds e complica e muito a sua ida para os playoffs.

MVP: WE Mystic

Team SoloMid 0-1 Misfits

No confronto de LCS, a LCS EU se saiu melhor e acabou levando a vitória, deixando o grupo D aberto para os jogos de volta. Vencendo o confronto 2×2 na rota inferior, a Misfits abusou muito da fragilidade do início do jogo e saiu com muita vantagem, deixando seu atirador com até 2 níveis de vantagem sobre o rival, mesmo com duas ótimas chamadas de barão a TSM não conseguiu tantas vantagens de mapa, e, no fim, com um controle das rotas laterais melhor, a Misfits só liquidou com um ACE a última luta e botou fim ao confronto.

MVP: MSF Hans Sama

Gigabyte Marines 0-1 Team Immortals

O jogo começou em um invade falho da immortals, dando, logo no ínicio, uma vantagem para o time vietnamita. Entretanto, mesmo sofrendo grande pressão na jungle, a equipe americana conseguiu responder e, com um gank no bot  e uma grande diferença no farm, conseguiu recuperar o jogo e criar uma grande vantagem. Após a saída da lane phase, A GAM se perdeu e o time do NA dominou de maneira soberana quase. Ainda que com algumas jogadas em cima de erros americanos, a Marines não mostrou respostas eficientes e perdeu mais um jogo, complicando sua classificação.

MVP: IMT Xmithie

Fnatic 0-1 Longzhu Gaming

Era o jogo entre os dois extremos do mundial, o melhor e o pior time até agora. A Longzhu, favorita, fez uma escolha estranha, pickando Nasus no top. O favoritismo se mostrou desde o ínicio, com um invade bem feito. Entretanto, o jogo se resumiu a troca de campos da jungle, até que a equipe europeia mostrou não conseguir ganhar nem na sua própria jogada e perdendo o controle de maneira rápida. Com várias reversões, a coreana não permitiu reação nenhuma à FNATIC e conseguiu botar o nasus pra funcionar, sendo uma peça importante da vitória com seu split push, além do arauto dançando no fim da partida.

MVP:  LZ Khan

1907 Fenerbahçe Esport 0-1 Samsung Galaxy

Em 2 minutos de partida, com um roubo de red e first blood pela Samsung, o jogo parecia se encaminhar. Com seu Ezreal Jungle, a equipe coreana não deixou o top jogar e confirmou objetivos como o first brick e dois dragões. Entretanto, a Fenerbahçe não se mostrou fraca, conseguindo buscar o jogo nas tfs, e, mesmo perdendo os objetivos e enfrentando um Trundle bem forte, jogou quase que  de igual pra igual. A SSG, percebendo seus erros  durante a partida, voltou para o estilo que gosta: um jogo mais lento. Só que não foi o bastante e, em uma falta de visão, o barão foi conquistado pelos underdogs, que tomaram a frente e ditaram o jogo. Até que, sem conseguir finalizar o jogo, os novatos fizeram uma péssima TF e perderam seu nexus.

MVP: SSG Haru

Royal Never Give Up 1-0 G2 Esports

O jogo mais incerto da noite. O jungle da G2 se mostrou importante, ditando o ritmo do jogo , mostrando ganks “contrários”, característica interessante na LCS. Enquanto a RNG focava as kills, G2 focava os objetivos, conquistando first brick, dragão do fogo e arauto, impedindo ainda a troca de torres por parte dos chineses. O jogo seguiu com vários pickoffs e a G2 foi se estagnando,  perdendo toda sua vantagem em ouro. Em uma linda TF, a Royal pega 4 abates, perde 1 jogador e passa a dominar o jogo, levando o inibidor do meio e ainda uma torre, mas mesmo assim, os europeus conseguem pegar o barão, uma ótima resposta, que trouxe uma esperança, mas só rendeu um dragão ancião e uma T2. E, em uma péssima luta pelo barão, Uzi pega um quadra e junto com isso, a partida, que estava empatada até então.

MVP: RNG Uzi

E o dia do mundial foi assim, os minors jogando de igual pra igual e chegando a dominar a partida de regiões major, o que pode trazer uma nova luz sobre como vão ser os jogos de volta: Emocionantes.

Campeonato Mundial de League of Legends

A cobertura completa você acompanha no Cabana do Leitor.

LOJA DC 4
Comments