Connect with us

Colunistas

O sucesso de Esquadrão Suicida pode remover a diferença no cinema entre a Marvel e a DC

Comprei a versão estendida de Batman vs Superman: A Origem da Justiça, grande filme, não podemos negar que esta versão torna-o quase um filme totalmente diferente do que o que vimos no cinema.

Se provavelmente a versão estendida de Batman vs Superman: A Origem da Justiça tivesse sido lançada com 3 horas nos cinemas, talvez tivéssemos críticas simpáticas ao segundo filme do Universo DC. Quase certo que o tom que seria designado ao filme de Esquadrão Suicida permaneceria o mesmo, talvez não tivéssemos refilmagens nas gravações de do mesmo, e por fim Jared Leto seria um Coringa com tempo de tela e sem cortes no filme. No fim, descobrimos que a Warner impediu Zack Snyder de lançar a versão estendida nos cinemas (quando filmes como o Senhor dos Anéis e O Hobbit possuem quase ou o mesmo tempo de  tela). Previram que o filme seria um sucesso mesmo com o retalho que fizeram na versão de cinema, com isso fizeram uma edição confusa, personagens elementais na trama foram diminuídos ou esquecidos, diálogos importantes simplesmente tirados e rasgados. O problema do filme Batman vs Superman: A Origem da Justiça não foi o Zack Snyder ou os roteiristas, mas sim a Warner que está trabalhando focando no dinheiro, claro que deve ser assim, mas ela paga um preço alto, retalha as próprias histórias que no fim seriam coesas.

Esquadrão Suicida teve refilmagens, para deixar o filme segundo David Ayer “com mais ação”, mas infelizmente vemos que ele não foi muito sincero nas suas declarações, vemos um filme que parece com um Guardiões da Galáxia da DC, com uma trama descompromissada, nada muito forte ou aparentemente complexo de se entender, foi um filme dos personagens e para fazer as pessoas mais felizes com eles. O que isso ocasionou? Jared Leto que filmou partes fortes e muito violentas foi praticamente tirado do filme, seu personagem deixou de ser o que aparentemente seria um dos antagonistas, para ser uma pessoa para fazer a introdução da Arlequina, deixando o ator no mínimo chateado. O filme teve uma pegada mais leve, e isto fora um problema para alguns.

Se Esquadrão Suicida der certo, provavelmente a Warner vai manter este tipo de história e roteiro, coisas meio que simples de serem resolvidas e bem clichês, David Ayer já diminuiu o seu filme ás seguintes palavras: “Agradeço aos fãs que viram e vão ver este divertido filme de verão”. O grande problema disso é que podemos dizer que, talvez a gente não veja diferença agora entre a Marvel e a DC. Porque entenda, se esta fórmula der certo, o roteiro dos próximos filmes devem manter a mesma direção: ENGRAÇADOS E DESCOMPROMISSADOS. 

Não que isso seja uma coisa ruim, mas corremos o risco de vermos duas Marvel’s no cinema, filmes de heróis com a mesma temática, pois a Warner falhou com os diretores e estes foram levados a serem queimados em praça pública. Devemos entender que Zack Snyder e David Ayer poderiam dizer que o filme que foi ao cinema não era deles, como fez o diretor de Quarteto Fantástico. Ambos os diretores estão dando a cara a tapa quando a grande culpada é a Warner. 

No fim, quem gostou de Batman vs Superman: A Origem da Justiça percebeu que Esquadrão Suicida não parece nenhum pouco com o que tínhamos no primeiro trailer, ele mudou, mas se todos os filmes da Warner forem de certa forma agregados a fórmula já batida, mas sempre com sucesso da Marvel? Poderemos ter todos os anos somente mais do mesmo, sem ousadia de ninguém. Podemos ver  no trailer da Liga da Justiça mais piadas que em todo o filme de Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

O que pode acontecer? A DC perder a sua identidade no cinema por conta de erros internos dela, mas sem reconhecer isso.

Revisado por: Bruna Vieira.

Continue Reading
8 Comments
  • Ragnpool

    Mt boa analise !

  • Marcus Pourroy

    Show

  • HugoSt Arkham

    Nessa hora, tenho saudade do Nolan!

  • kabeto rocha

    Concordo, a DC não tem que se parecer com Marvel. Com certeza ainda temos um filme incrível para ver que é a versão estendida do ES. A Warner Bros precisa ter mais paciência e entender onde quer chegar. Submeter estes diretores a essa exposição negativa só anula qualquer possibilidade deles darem continuidade ao trabalho já feito, ou seja, a redenção com eles e com o público target.
    Target no caso da DC… jovem adulto para cima, pois eles não tem staff de heróis do mesmo naipe da Marvel…bem mais teen.

  • Aliff

    A dc não tem que mudar o tom ,a Warner que mexe nos filmes e não leva a culpa , quem leva é os diretores isso é um absurdo .

  • Marcos André

    warner se une a globo gg

  • Washington Luís

    É só a Warner lançar duas versões: A versão para o cinema infantil, e logo depois lança a versão para os fãs, o que não pode acontecer é tudo terminar em disneylândia! Ninguém aguenta mais :P.

  • Daniel Rodrigues

    Quem achou que o problema de BvS foi não ser engraçado e resolveu mudar o Esquadrão Suicida é um retardado mental. BvS não é ruim porque sério, é ruim porque é um filme com uma embalagem magnífica e conteúdo pobre. Motivações pobres, vilões e heróis muitíssimo reduzidos ao que eles são nos quadrinhos, Superman besta, inexpressivo, bundão e fraco; Lex totalmente descaracterizado parecendo um retardado mental, Batman um psicopata sádico burro e manipulável, apocalypse que não é mais que um orc que solta fogos que nada tem a ver com o Apocalypse de A Morte de Superman. Além disso, o desperdício de arcos relevantes e coesos como TDK e A morte de Superman. E por cima disso tudo, cronologia zoada.

Basta usar o cupom CDLLOJADCCOMICS

O CDL é hospedado pela DreamHost

Copyright © 2018 Cabana do Leitor.