Connect with us

Colunistas

O verdadeiro diretor do Universo DC é o presidente da Warner

*Este é um artigo de opinião pessoal do autor da postagem, não representa a opinião do Cabana do Leitor.

Esqueçam Snygod, ou Geoff mito… Esqueçam estes nomes, quem esta levando o Universo DC rumo ao desconhecido (não sei aonde isso vai dar) é o presidente da Warner Kevin Tsujihara. 

Ontem o WSJ destacou que foi o presidente da Warner Kevin Tsujihara que então determinou que o tempo de duração da Liga da Justiça deveria ser de 2 horas, é o filme de heróis mais curto do ano, é um dos mais curtos dos últimos anos, ignorando de que filme bom não depende do tempo de execução do mesmo, mas como este entretém e envolve o público em sua historia, o executivo simplesmente joga as cartas dentro do estúdio.

Alan F. Horn que era o presidente da Warner de 1999 a 2011 (hoje na mesma função que Kevin ocupa mas na Disney)  entendia diferente, grandes filmes que foram produzidos na WB na sua gestão tiveram grande desempenho de público e critica e não tinham problemas com tempo de execução, na verdade se formos pegar um exemplo de uma franquia como Piratas do Caribe: No Fim do Mundo tem 2h e 49m e o filme arrecadou quase 1B, não preciso nem dizer que o orçamento do filme foi de 300 milhões também assim como foi dito sobre o orçamento da Liga.

Aqui não é uma questão de manda quem pode obedece quem tem juízo, é justamente uma pratica que vem acabando com os filmes da DC, a própria mão da cúpula da Warner, muita gente implica com o Geoff Jhons ou com o Snyder, mas não percebem que o problema esta encima. Depois que Kevin Tsujihara assumiu o comando da WB, o estúdio não é mais o mesmo, não tem mais aquele show de franquias fortes, não exibe mais tanta exuberância, antes a logo da WB em qualquer filme era sinônimo de qualidade, hoje você não consegue saber se o filme é assinado pelo diretor ou pelo presidente do conselho da WB. Meu problema não é o tempo de execução do filme, o meu problema é que um executivo que somente deveria investir nas obras, se tornar o editor chefe dos filmes que ele deveria apenas lançar e não editar.

Batman vs Superman e Esquadrão Suicida são dois filmes que deram muito errado por conta da mão do presidente da Warner. Nunca saberemos se os 30 minutos adicionais do filme dariam a critica uma nova percepção sobre o filme, e jamais saberemos como seria a versão do Esquadrão Suicida do Ayer… Mulher-Maravilha é um ponto fora da curva, mas mesmo assim notamos uma mudança de roteiro, nada de historia complicadas… Aqui temos um roteiro simples.

Quem sai perdendo são os fãs, sejam da Marvel e da DC pois o que poderia ser um pouco diferente da Marvel Estúdios, tenta beber cada vez mais da mesma fonte e no fim só teremos mais do mesmo.

Continue Reading
12 Comments
  • Uxas

    Calma lá neh,o Horn apostou em muitas bombas tbm ou tá se esquecendo de Lanterna Verde,Mulher gato e suckerpunch?esse cara terminou a gestão dele quase falindo o estúdio

    • waccana

      Lançar alguns filmes fracos faz parte, acontece… Mas o que acontece é que tínhamos filmes autorais na Warner, diferente da gestão atual, e sem falar nas franquias, se não fosse a JK hoje por exemplo e a DC a Warner estaria praticamente fechando as portas.

      • Uxas

        A Warner sempre foi um estúdio da Liberdade,essa sempre foi a marca deles e isso não mudou,A Warner gastou 200 milhões em Mad Max que mal deu lucro,gastou dinheiro em Blade Runner que não deu lucro.
        A Questão de Liga da Justiça é simples se tu investe 300 milhões de doláres em algo que não quer em hipotese alguma que fracasse até pq isso causará prejuizo ao seu bolso.
        A Duração não influencia em qualidade se o filme for bem feito e bem montada pode ter até a duração de um videoclipe.

  • KKKKKKKKKKKKKK MDS!
    Meter o pau num filme que nem lançou já praticamente afirmando que o filme será um fracasso só pq não vai ter 10h de duração.

  • BRICK : O Morto-Vivo Feliz

    Cada vez que leio o nome do Kevin Tsujihara(do senhor competência), fico com mais raiva.

    Pegue qualquer meme criticado o Tsujihara que ilustra minha frustração e raiva.

  • Eduardo Faria Guimarães

    “Nunca saberemos se os 30 minutos adicionais do filme dariam a critica uma nova percepção sobre o filme”

    Nesse caso deu sim Edilson,ficou claro quando a Versão Estendida foi divulgada que alguns críticos se desculparam ao apedrejarem Zack Snyder,Esquadrão Suicida quando teve suas exibições testes foi bastante aclamado,indicando que teríamos um ótimo filmes pelas mãos de David Ayer.

    • Uxas

      Tu viu a versão estendida de SS?As cenas adicionais não salvam nada.
      A versão estendida de Bvs melhora a compreensão,mas os diversos problemas que foram criticados continuam lá,tem que ser muito ingenuo de achar que ela seria melhor aceita se fosse lançada no cinema

      • JcR サンダー

        O Eduardo se referiu das versões das exibições testes, o que foi totalmente diferente da versão estendida que saiu no BD

        • Uxas

          Diferente?A única coisa de diferente nas exibições testes é que elas continham aquelas cena do Coringa dando um tapa na cara da arlequina e retiraram justamente pq isso foi mal recebido pelo público.
          De resto não havia nada diferente no máximo coisas do primeiro roteiro que nem foram filmadas.

          • David Moura de Oliveira

            A tonalidade do filme seria diferente. É só comparar o trailer 1 com os trailers após as refilmagens.

          • Uxas

            Comparar tom de trailer não tem sentido,o próprio trailer de Era de Ultron era sombrio.
            Isso não significa que seja o mesmo tom do filme,era só pra gerar atenção do publico

          • David Moura de Oliveira

            Houve diferentes versões do filme! Mudança de ordem de cenas e cenas deletadas. Isso pode fazer uma grande diferença, dependendo de como as coisas se encaixam. E parece que a trilha não seria pop como foi. Mudaram as coisas de última hora. Parece que teríamos um filme mais sério.

Basta usar o cupom CDLLOJADCCOMICS

O CDL é hospedado pela DreamHost

Copyright © 2018 Cabana do Leitor.