Connect with us

cinema

Paixão Obsessiva “Para quem vai sem expectativas o filme pode ser interssante”

LOJA DC 4

Um Thriller dramático sem muitas pretensões, que cumpre muito bem seu papel para quem o assiste sem grandes expectativas.

Paixão Obsessiva é dirigido por Denise di Novi e estrelado por Katherine Heigl e Rosario Dawson, nos papéis de Tessa e Julia. O filme começa pelo seu final e se desenvolve num passado próximo, onde Julia após superar seu antigo relacionamento agressivo, se muda para uma pequena cidade para morar com o seu noivo Dave (Geoff Stults); ao chegar lá, Julia se depara com Tessa, ex mulher controladora, que não superou o fim do seu casamento com Dave, e a filha deles a pequena Lily. Com o desenrolar do filme vemos Tessa colocar cada vez mais as suas garras de fora.

A atuação de destaque do filme é de Heigl. Apesar de não ter muita experiência em interpretar psicopatas com transtorno obsessivo compulsivo, se sai muito bem com Tessa. O papel que é mistura a loira do banheiro com um socialite americana serviu como um luva; Katherine consegue ser fria e ‘creapy’ na medida certa, trazendo toda a atenção para si, carregando boa parte do filme nas costas. Apesar de não ser uma vilã cativante, pela qual você torce ela com certeza é a melhor personagem no filme, que consegue em certas cenas até dar um certo arrepio na espinha.

Rosario Dawson e Geoff Stults até estão bem no filme, mas não se destacam sendo ofuscados pelo frieza de Heigl. A pequena Isabella Kai, que interpreta Lily fica com a segunda melhor atuação; Lily ao contracenar com Tessa consegue ficar assustada e fria, e com os outros personagens, consegue se comportar (quase) como uma criança normal; essa capacidade de mergulhar nas cenas e demonstrar aquilo que elas precisam, fazem com que a interpretação de Isabella seja um destaque, ainda mais pela sua pouca idade.

Em termos de trilha sonora, as músicas são perfeitamente encaixadas nos momentos do longa, com direito a sons que tentam melhorar o clima de tensão. E falando de fotografia, as cenas tem uma paleta de cores interessante, mas o destaque fica pela paisagem das locações escolhidas. Um dos maiores destaques do filme fica nos figurinos, que representam e ajudam a compor cada um dos personagens. No caso de Tessa, o branco e cores mais pálidas, somadas a um figurino perfeitamente engomado e cabelos escorridos, externam a personalidade desequilibrada da personagem.

Paixão Obsessiva não é uma obra prima cinematográfica, mas também não é um péssimo filme; o longa pode ser colocado como um thriller mediano repleto de drama, que tenta ser um suspense de tirar o fôlego, mas só consegue dar uns arrepios na espinha; possui atuações de razoáveis a boas, e cumpre seu papel de entreter sem compromisso de um filme cult. Para quem vai sem expectativas, Paixão Obsessiva pode ser um filme interessante.

Paixão Obsessiva esta em exibição nos cinemas.

LOJA DC 4

Atual Editora-Chefe de Cinema. Estudante de Publicidade e Propaganda, apaixonada por viagens, pole dance, fotografia e doguinhos <3

Comments