Connect with us

Tempo

Pânico na Band é banido da CCXP indefinidamente por comportamento machista e preconceituoso

Nesta tarde a organização do evento CCXP publicou uma nota de repúdio relativa à cobertura por parte do programa Pânico na Band. Segundo a mensagem, a reportagem realizada pelo grupo de e veiculada pela Band foi “incapaz de lidar com o diferente, trazendo para dentro da CCXP seus preconceitos de gênero e seu franco desrespeito, entrevistando cosplayers com grosseria – chegando a lamber uma visitante”.

07180004444853-t1200x480

Hoje o maior evento do Brasil na categoria cultura pop, baniu o Pânico na Band da CCXP 2015 e de todas as atividades produzidas por eles a partir de hoje. Os responsáveis também afirmaram que o objetivo da nota não é discutir os limites do humor, mas sim evitar ações extremamente desagradáveis e desconfortáveis para participantes e organizadores, como assédios morais e sexuais, machismo escancarado, homofobia e outros tipos de preconceito dos piores possíveis. Confira a nota oficial:

Ridículo

Lucas Maciel e Aline Mineiro do Pânico, supostamente fantasiados como “nerds”, abordaram pessoas de maneira intrusiva e praticaram todo tipo de assédio moral com os entrevistados, tirando sarro de suas vestimentas e até invadindo o espaço pessoal dos indivíduos.

Em um momento, ao abordar duas cosplayers, mãe e filha, Lucas Maciel disse que “com uma mãe dessas, mamava até os 30”. Ainda com as mesmas participantes, visivelmente incomodadas, o “repórter” afirmou “tá as duas aqui e a pia de louça tá cheia lá em casa, né? (sic)”. A cosplayer Myo Tsubasa, vestida como a personagem Estelar, de Jovens Titãs, pedia apenas para que não tocassem em sua pele, completamente pintada de laranja. Maciel mesmo com o pedido lambeu o ombro da garota, que se mostrou indignada e revoltada com o abuso do apresentador.

Fonte: Tecmundo e Folha 

Continue Reading
2 Comments
  • Dida

    Bem feito,pois quem se caracteriza com fantasia de qualquer personagem já é tachado pelos outros como nerd,Maluco para as pessoas que não são do meio ,ai a pessoa vai para o evento que é deles e que eles podem fazer o que querem fazer se fantasiar e encontrar seus ídolos ai vem o Pânico na Band e faz um palhaçada desta lamentável ! Logo hoje que se prega que devemos respeitar o diferente e mais do que isso é o excesso que em muitas matérias,não vou deixar de ver o Pânico mais acho que tudo pela audiência não vale temos que ter limites e respeito que é bom e todos gostamos.

  • Dida

    Mais quero também dizer que gostei muito do Brasil ter conseguido sediar um evento como a Comic con,que a gente sempre viu pela TV nos E.U.A e muita gente como eu que consumiu cultura Pop poder participar de um evento deste este e espero no próximo ir com a minha esposa ver este evento que só tem a crescer .Se for a próxima no Rio de Janeiro seria ótimo!!

Basta usar o cupom CDLLOJADCCOMICS

O CDL é hospedado pela DreamHost

Copyright © 2018 Cabana do Leitor.