Connect with us

cinema

Porque Guardiões da Galáxia não é modinha e Esquadrão Suicida é?

Ta aí, uma pergunta que não quer calar, essa semana voltou a martelar a palavra “modinha”, mas o que exatamente quer dizer isso? Moda passageira, algo que todos usam, mas logo passa, ou seja, roupas, músicas etc…. Que em pouco tempo desaparece. Acredito que seja o termo mais adequado, mas porque seria modinha ficar encantado com algo que surgiu á pouco tempo?

LOJA DC 4

Será que se eu ver um anime do Naruto, eu sou considerado “modinha” porque nunca li os mangás? Será que sou modinha se eu gostar de uma única música do My Chemical Romance e não conhecer sua carreira? Modinha hoje em dia serve para desqualificar gostos ou vontades de alguém, serve para dizer somente que você não pode ser considerado fã. Mas por incrível que pareça isso está presente em um mundo de descoberta, que toda hora sai coisa nova e que depende da renovação dos fãs que surgem ao longo dos anos, o mundo nerd precisa dos tais “modinhas”.

Suicide-Squad-Trailer-Joker-Toys

Imagine que Star Wars não pudesse mais coletar fãs, imagine a seguinte frase “Star Wars está proibido para menores de 35 anos…” Imagine que os fãs mais veteranos (se é que isso existe) não pudessem mais questionar e os mais velhos dissessem “Cala a boca garoto, você era só um esperma quando eu curtia o Esquadrão Suicida.” Porém, por que não dizer o mesmo dos Guardiões da Galáxia? Uma coisa para ficar na memória: “modinha” só pode ser classificado em cima daquilo que geralmente não gostamos e está angariando muitos fãs.

Talvez a gente possa um dia  lembrar á estas pessoas que o fã não é aquele que necessariamente mais conhecem uma banda, HQs ou filmes (ateus conhecem mais de religião do que religiosos e nem por isso acreditam em qualquer divindade), mas sim os que mais admiram e gostam. Portanto, seja um modinha, goste mesmo e aprenda admirar aquilo que você acabou de conhecer pois de fãs idiotas o mundo está cheio.

Revisado por Bruna Vieira.

Conheça nossa comunidade no G+