Connect with us

Colunistas

Pós MSI: Será que o Brasil vai receber outros eventos internacionais da Riot Games?

  • Por Gabriel Reis Anjos

Recentemente nosso país foi palco do Mid-Season Invitational (MSI), competição internacional que reúne as melhores equipes de cada região, e duas equipes das regiões wildcard.

A competição passou por São Paulo onde foi realizada a primeira fase, ou seja, a fase de entrada e, logo em seguida, seguiu para o Rio de Janeiro onde aconteceu de fato a competição, com o duelo entre as melhores.Durante todo o evento foi bem perceptível que a comunidade brasileira estava bem animada com a vinda tanto dos jogadores profissionais quanto dos casters, que vieram de suas regiões para a cobertura do evento.

Assim que os jogadores profissionais se instalaram em nossas filas ranqueadas, ficou bem claro o quanto o brasileiro é bem receptivo, e por mais que haja um desentendimento aqui, outro ali, é inegável que todos eles foram bem tratados em solo brasileiro. O mesmo aconteceu com os casters, todos eles pareceram se sentir em casa com a boa recepção brasileira. Além da hospitalidade imensa, ficou bem claro que o ambiente brasileiro agradou a todos eles.

Observando isso, começou a ser questionado se a Riot poderia trazer outros campeonatos de grande porte para a nossa região, e o que eu posso dizer a vocês é que não duvido disso, mesmo com alguns contrapontos a serem citados; como, por exemplo, a invasão de um fã para comemorar a vitória ao lado dos jogadores da SK Telecom T1 no fim da quarta partida da final, ou a má localização do evento citada por muitos e o baixo público durante os dias da semana/dia das mães. São todos problemas que podem ser resolvidos de forma tranquila para que nosso país receba um evento maior a nível mundial.

Esquecendo esses imprevistos, temos um grande fator que impressionou todos mundo a fora: a torcida brasileira. Mesmo com a representante do Brasil eliminada da competição, os torcedores escolhiam seus times para torcer e faziam isso de forma memorável.

Isso foi visto em vários momentos, mas em especial devemos citar o quanto a torcida gritou pelo time da G2 na final do campeonato. Foi motivo para virar tópico no reddit, no qual um usuário citou o quanto a torcida brasileira agia de forma insana, mesmo não tendo um time brasileiro na competição:

“É insano. Nenhuma equipe brasileira lá e mesmo assim, é mais grande do que eu pensava. É emocionante ver eles gritando G2 em linguagem br (GDois) e tem um monte de hype o tempo todo para ambas as equipes. Vamos ser honestos, havia um monte de gente esperando merda. Mas eles estão entregando um belo show.”

Logo após esse comentário, um dos casters da Riot que atua pela LCS respondeu o usuário:

“Eu acho que o público francês, e cada região que recebe eventos internacionais tem uma nova marca para tentar bater e vencer! Obrigado Brasil, você tem sido incrível! Estou tão abençoado que eu tenho que voltar aqui depois para assistir o CBLoL, para ver novamente toda essa paixão. Muito obrigado por serem tão incríveis. A paixão de vocês me faz querer voltar!!

Além dos comentários no reddit, tivemos também aqueles que se despediram do país com um jeitinho bem brasileiro, se podemos dizer assim. A Sjokz, que também atua na LCS, postou uma foto em seu Instagram, se despedindo do país:

Na legenda, ela comenta o quão incrível foi a experiência do Mid-Season Invitational no Brasil, e o quanto o povo brasileiro é bem receptivo. Ela também faz um agradecimento a todos que conheceu tanto em São Paulo quanto no Rio e, por último porém não menos importante, fala o quanto o brasileiro sabe fazer festa. No final da legenda, em português, ela escreveu: “eu te amo muito”.

Além da Sjokz, o Peanut, considerado por muitos o melhor jogador da competição, postou uma foto em seu twitter na qual ele se encontra de braços abertos na frente do Cristo Redentor usando um casaco do Clube de Regatas do Flamengo. Na legenda, ele escreveu em português: “Te vejo de novo Brasil”.

Com todas essas demonstrações de satisfação expressa por nossos visitantes, fica difícil não especular sobre uma outra possível competição internacional no nosso país.Porém, como citado, o que for divulgado e não for oficial da Riot Games é tudo especulação.

Nosso país demonstrou que está apto a receber uma competição de porte maior, mas com toda certeza devemos ser realistas e perceber que nem tudo estava como deveria. Como dito no começo do artigo, ocorreram alguns fatos que não vão ficar para trás, como a invasão do fã, recorrente da falta de segurança adequada, e a má localização do evento no Rio de Janeiro. Os outros problemas como lugares vazios durante a semana e o dia das mães, não acho que interfira muito em uma decisão, visto que é normal que em dia de semana, as pessoas trabalhem e não possam presenciar eventos com tanta facilidade, e também que o dia das mães para muitos é importante passar em família.

Outro ponto marcante do evento foi a entrega das medalhas, que contou com a presença do jogador Ronaldo, e muito se  questionou o porquê dos jogadores da SKT T1 se sentirem tão emocionados ao verem o jogador colocando medalhas em seus pescoços.

Na minha opinião isso aconteceu pois o Ronaldo é um jogador bem conhecido na Coreia do Sul, pelo “simples” fato dele ter ganhado uma copa do mundo pelo Brasil naquela região no ano de 2002. Jogadores como Bang e Faker comentaram sobre a presença dele na premiação e sobre como aquilo foi marcante para eles. Foi de fato muito importante a presença do Ronaldo naquele momento de premiação, mas isso é assunto para outro artigo.

Continue Reading
2 Comments
  • Vinny Barbosa

    Muito bom, levantou tudo de positivo (faltou falar dos cosplays XD). Achei o evento demais, porém teve aquele rapazinho que invadiu e tal, acho que com certeza a Riot fará eventos internacionais no Brasil, mas agora com mais atenção. Mundial 2018 no Maracanã, tô certo!

    • Deus queira!! hahah. Realmente, não citei os cosplays, mas pretendo fazer um artigo mais pra frente sobre a importância dos mesmos nesses eventos! <3

Basta usar o cupom CDLLOJADCCOMICS

O CDL é hospedado pela DreamHost

Copyright © 2018 Cabana do Leitor.