Connect with us

Livros

Resenha | Como Amor, Simon da autora Becky Albertalli

LOJA DC 4

Sabe aquele livro amorzinho que você fica louca torcendo para que tudo dê certo com os personagens ou que ele não acabe? Pois bem, essa é a situação do livro Com Amor, Simon da autora americana Becky Albertalli. Ontem falamos aqui um pouco sobre a autora e hoje vamos falar sobre esse livro bem querido pelos leitores.

Simon é um adolescente de 16 anos e é gay. Para ele isso não é um problema, ele lida muito bem, a única dificuldade de sair ou não do armário, mas é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo está indo às mil maravilhas quando Simon conhece pela internet um menino da escola que também é gay e passam a trocar e-mails para se conhecerem melhor, mas sem revelar as verdadeiras identidade. Tudo muda quando Martin, o nerd bobão da escola, descobre essa troca de e-mails e começa a chantageá-lo em tronca de silêncio.

“Nem sei por onde começar a responder. Um hétero que mal me conhece está me aconselhando a sair do armário. Sou praticamente obrigado a revirar os olhos.”

Esse é um dos livros que você lê com a mente aberta e o coração limpinho pronto para se encher de emoção. Simon é um menino inteligente e amigo, companheiro para todas as horas. É impossível não gostar desse personagem tão bem desenvolvido por Becky. Durante toda leitura é fácil sentir que ele realmente existe, que as situações descritas no livro, não necessariamente apenas as relacionadas a Simon, estão presentes nos nossos dilemas da vida.

É um livro que além de falar sobre amor de todas as formas, nos apresenta uma história muito mais profunda e abrangente que isso. Ele trata de assuntos da família, como os pais reagem quando descobrem que seu filho, ou filha, são homossexuais. Fala muito sobre amizade, o papel do amigo, como nos sentimos quando uma das pessoas que mais confiamos parece estar escondendo algo da gente. Coisas que realmente passamos durante toda nossa vida. Mas principalmente é uma história que questiona, porque só os homossexuais tem que “Sair do armário”?

“É mesmo muito irritante que hétero (e branco, diga-se de passagem) seja o normal e que as pessoas que precisam pensar sobre sua identidade sejam só aquelas que não se encaixam nesse molde.”

Além de Simon temos vários personagens que queremos materializá-los para cuidarmos. É o caso de Blue por exemplo. Mesmo sem sabermos quem é nos apaixonamos por ele por ser uma pessoa simples, inteligente, amorosa e carinhosa. Nos apaixonamos por quem ele é. Outros dois personagens que é pura diversão é o casal Nick e Abby, mesmo Abby sendo bem irritante as vezes, ela é aquele tipo de amiga que sempre vai estar lá para brigar por você. Claro, não posso esquecer de falar da Leah, que modéstia parte foi uma das que quero adotar para cuidar. Ela é na dela e um pouco oposta de todos ali, ela tem um mal humor necessário para que traga as pessoas para realidade.

Como Amor, Simon, ou como muitos conhecem Simon vs, A Agenda do Homo Sipiens, é uma história que trata com naturalidade e bom humor questões que ainda hoje são tratadas como tabu, e explora a difícil tarefa que é amadurecer e enfrentar os dilemas que a vida nos apresenta, adolescente ou não.

A história de Simon é uma das provas de que o amor não distingue sexo, religião, nem nada do tipo, ele apenas acontece independentemente de tudo isso.

Com Amor, Simon

0.00
Com Amor, Simon
9.2

História

9.0 /10

Escrita

9.0 /10

Conclusão

9.5 /10

Apaixonada por histórias de época e com o sonho de viver em cada página que lê. Uma jornalista fascinada no mundo da literatura.

Comments