Connect with us

Livros

Resenha de “Geek Love: O Manual do Amor Nerd”

LOJA DC 4

“Melhor ser honesto a respeito de suas falhas e tentar melhorá-las, e encontrar alguém que goste de você, com verrugas e tudo.”

Confesso que dei um mini-show quando vi o livro. Ganhei ele e liberei em todas as minhas redes sociais que havia um livro novo na estante. Namorei muito a capa, as ilustrações lindas e super fofas nas páginas e na manhã seguinte sentei para ler o que o Eric tinha pra mim. 

Comecei soltando risinhos. Achei fofo, engraçadinho a forma como ele usava as referências nerds, mas parei quando percebi que era um livro de auto-ajuda. Deixando claro que nao tenho nada contra livros de auto-ajuda.

Ele até aborda o assunto “Estou sozinha cheia de gatos” muito bem. Achei e ele também, uma a forma divertida de ajudar a quem não tem jeito nenhum com o sexo oposto. Ele deixa claroque seus conselhos são para os meninos e meninas, mas vi muitas meninas reclamando que isso não acontece.

Que tal aprender se colocar no lugar do amigo? Vocês são leitoras e fazem isso muito bem! Parem de reclamar! 

GeekLove_capa3.inddO livro é divertido e olha… Existem tantos tipos de nerds que eu nem me considero mais. Brincadeira. Muito prazer, me chamo “O nerd da tv e do cinema” . Tenho sete pontinhos na carteira nerd. Podem conversar comigo, ok?

Achei incrível quando ele mitou com a Clementine do filme Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças: “Muitos caras pensam que eu sou um conceito, que eu os completo ou que vou torná-los vivos, mas eu sou apenas uma menina fodida em busca da própria paz de espírito. Não me responsabilize pela sua.” Desculpa. Fiz spoiler de um livro/filme de alguns anos atrás.   

São sete capítulos recheados de piadinhas não tão internas assim, dicas que todos nós já sabemos, porém, ficaram bem mais divertidos e referências super bacanas. 

O livro não é só para os nerds, apesar de ser voltado para eles. Ele apenas aborda um assunto delicado para alguns de uma forma divertida. Eu li o livro em dois dias. Ele é gostoso de ler e é aconchegante também.  Então, colegas “não nerds”, se curte ler, vale super esse livro. Não é aquele massacre, não precisa de um dicionário do lado e cabe na bolsa. 

Comments