Connect with us

Livros

Resenha | Depois Daquela Montanha obra de Charles Martin

LOJA DC 4

No mês passado, o filme Depois daquela Montanha lançou nos cinemas de todo o país. Adaptado da obra de Charles Martin pela Twentieth Century Fox. Hoje venho falar sobre o livro que foi distribuído no Brasil pela Editora Arqueiro.

Primeiramente, quando o livro chegou fiquei louca para lê-lo e tive que passá-lo na frente de outros. Já estava interessada no filme antes e deixei para assisti-lo depois de ler o livro. Talvez se tivesse assistido antes, não teria me decepcionado tanto com a adaptação, mas isso é um texto para outra hora. Vamos ao que interessa.

 

Depois daquela Montanha é narrado em primeira pessoa pelo Dr. Ben Payne, um cirurgião que está retornando de um Congresso no Colorado e não vê a hora de voltar para casa. No aeroporto, ele conhece Ashley, uma jornalista que está a dois dias de se casar, mas antes de conhecê-la, Ben acaba a admirando. Devido a tempestade de neve que se aproxima, o voo de ambos é cancelado e tem previsão para partir no dia seguinte. Como Ben não vê a hora de ir para casa, ele vai em busca de voos particulares e acaba fretando o avião de Groover que mesmo com a ameaça de uma tempestade gigantesca, decide levá-lo. Então Ben se lembra de Ashley e de seu casamento, volta para onde a viu pela última vez e a encontra esperando um táxi que irá levá-la ao hotel da companhia aérea, mas Ben oferece outra opção, um voo particular e que em duas horas chegarão.

E assim eles embarcam nessa viagem deixando Salt Lake City antes que a tempestade os impeça. Acabam conhecendo  Groover melhor, o piloto do avião que trazia consigo o seu cão como companhia. Como é um voo particular e eles voariam baixo, não precisaram pedir permissão para decolarem e nem apresentar um plano de voo ao centro de comando do aeroporto. Ou seja, ninguém sabia que eles haviam partido e nem para onde tinham ido. Como sempre, coisa que começa errado tende a piorar, não é? E dessa vez não foi diferente.

Groover, o piloto, gostava de conversar bastante, ele era um senhor aposentado muito simpático e enquanto os guiava cada vez mais para longe de Salt Lake, mais ele falava e tossia. Como Ben era médico, acabou percebendo os sinais em Groover. A tosse era um sinal de que o piloto podia vir a ter um problema cardíaco. Quando sobrevoavam a montanha totalmente tomada pela neve, a tosse de Groover foi aumentando gradativamente, até que, de repente, ele sobre um ataque cardíaco, pousando inesperadamente na montanha bem no meio do nada, sem expectativa alguma de socorro, alimento ou cuidados médicos, pois o estado que Ashley se encontra após o acidente é catastrófico.

Como disse antes, o livro é narrado em primeira pessoa pelo Dr. Ben Payne e sua narrativa é precisa e muito bem detalhada. Somos abduzidos as suas preocupações o tempo inteiro. Nos deparamos com momentos em que ele se pergunta onde encontrará forças para conseguir salvar a si, a Ashley e ao cão, já que Groover morreu antes mesmo de o avião despedaçar-se na montanha. Com poucos recursos, Ben precisou improvisar a todo momento. No meio da neve e com pouca guarnição, nós nos pegamos tentando descobrir qual será o próximo passo.

Ashley é uma personagem alegre, que diferentemente de Ben, é totalmente positiva. Ela não gosta de pensar de forma negativa, embora às vezes, a personalidade dela tenha me incomodado, porque do jeito que ela estava sofrendo de dor, não dá para estar sempre 100% de bom humor, mas vejo o quanto ela foi necessária para o Dr. Ben, pois ela era o contraste necessário dele naquele momento, que não media as palavras para lhe dar notícias negativas. Se não fosse os pensamentos positivos de Ashley, talvez Ben não tivesse se esforçado tanto.

A narrativa é tão bem construída e detalhada que nós visualizamos tudo como se tivesse vendo a um filme e fiquei com uma expectativa muito grande quanto a adaptação, que falarei sobre ele em um próximo post.

Gostei muito do livro, o final me surpreendeu, me senti vivendo cada momento junto com Ben e a Ashley. No instante que aconteceu o acidente do avião, achei que me depararia com uma história parecida com o filme Vivos, um clássico da década de 90 que fez muito sucesso.

É um livro de sobrevivência e com muitos aprendizados, pois em Depois Daquela Montanha percebemos o quanto precisamos estar informados se quisermos sobreviver a uma queda de avião no meio do nada. 

Disponível em: AMAZON | SARAIVA

Escritora e devoradora de livros seja ficção, comédia, fantasia e muitos outros gêneros, o importante é a história prender sua atenção.

Comments