Connect with us

Livros

Resenha | Entre Cabras e Ovelhas uma obra de Joanna Cannon

LOJA DC 4

Primeiramente, preciso ressaltar a qualidade deste livro. Percebi, no instante que o exemplar chegou em minha casa, o cuidado que a Editora Morro Branco teve para com o livro, desde a diagramação até a revisão final. Senti que a essência da autora, Joanna Cannon, não se perdeu nem um pouco durante a tradução. Foi agradabilíssimo perceber que tiveram todo esse cuidado. Com todos os seus livros, preciso ressaltar.

Entre Cabras e Ovelhas tem uma narrativa diferente. Ora é narrado pelo ponto de vista de Grace e ora é a visão em terceira pessoa, dos vizinhos, onde nos deparamos com o passado e presente deles.

Joanna não nos confunde em sua narrativa. Achei, no começo, que iria ficar confusa, com passado e presente dos personagens, e ainda envolver a narrativa em primeira pessoa de Grace durante a história.

“É estranho como o passado muitas vezes invade o presente como um intruso perigoso e indesejado. Porém, sempre que o passado era convidado a entrar, sempre que sua presença era solicitada, ele parecia se desvanecer no ar e nos fazer duvidar de que houvesse mesmo existido”.

Tudo começa com a Sra. Creasy desaparecida há alguns dias no verão de 1976. Percebemos que os vizinhos de Grace, que tem apenas 10 anos, estão um pouco angustiados e agindo de forma estranha e Grace e sua melhor  amiga, Tilly, percebem que o sumiço da Senhora Creasy é a causa de todo o desconforto. Elas acham que o problema todo é porque Deus está sumido da vila e se elas o encontrar, a sra. Creasy vai voltar e as pessoas voltarão ao normal. Então elas vão a procura de Deus e batem de porta em porta procurando por ele e, então, nós conhecemos a personalidade dos moradores e alguns fatos que aconteceram em 1967 e também no presente, onde algo muito intenso abala a todos da vila.

“— Somos todos ovelhas — respondi — E ovelhas precisam de um pastor para mantê-las a salvo. Foi o que disse o pároco.”

Mesmo a busca de Grace e Tilly sendo no presente, a trama gira em torno do que aconteceu em 1967 e vamos nos perguntando se o passado tem a ver com o desaparecimento da senhora Creasy, e ficamos intrigados querendo saber por que ela desapareceu. Mas claro que as respostas vão acontecendo no decorrer da história e vamos descobrindo toda a verdade.

“Embora soubesse, por experiência própria, que se algo de ruim vai acontecer, acontecerá independentemente do quanto se tente evitar. Coisas ruins nos encontram. Elas nos procuram. Pouco importa se tentamos ignorá-las, nos esconder ou andar na direção oposta. Elas acabam por nos descobrir eventualmente. É sempre uma questão de tempo”.

Eu gostaria de ressaltar um personagem muito importante no livro, além de Grace, Tilly e a Sra. Creasy, me refiro ao senhor Walter Bishop. Ele é um personagem incrivelmente interessante e, embora não apareça seu ponto de vista ao longo da trama, nós vemos a importância dele em toda a história. Claro, ele é a razão de muitas coisas, mas na verdade não é. Enfim, só lendo para descobrir qual é a sua importância em toda a história.

“As escolhas que fez são agora parte dela. Costuraram-se à pessoa em que se transformou e, quando ela se detém para ver quem é, descobre que o tecido com o qual foi modelada começava a sufocá-la”.

Entre Cabras e Ovelhas é uma obra que merece ser lida. Digo obra, pois é muito bem escrito e muito bem detalhado. Nós somos levados a uma trama muito atual, com julgamento antecipado e muita injustiça, que é o que acontece com senhor Walter Bishop, alvo de todos da vila. Um mal entendido que se torna uma terrível história, onde todos são envolvidos e acabam guardando este segredo, que pode ter sido descoberto pela Sra. Creasy. Confesso que a atitude de muitos deles me irritou muito. Eu queria entrar no livro e resolver tudo, fazer justiça na verdade, mas acho que é essa a intenção da autora em relação a história.

Embora a história seja muito boa, há uma coisa que me incomodou um pouco; foi a narrativa de Grace, uma criança de 10 anos, parecer muito madura para sua idade, mas isso não acontece em todos os momentos, é claro.

O final deixou um pouco a desejar. Por um momento, achei que as coisas seriam esclarecidas sobre o passado, mas não foi feito isso; entretanto, não vejo isso como um ponto negativo, a autora parece que fez questão de deixar isso subentendido. Só me deixou frustrada, por não saber o que acontece com as pessoas da vila após a volta da Sra. Creasy.

Compre aqui: Saraiva | Livraria da Travessa

Escritora e devoradora de livros seja ficção, comédia, fantasia e muitos outros gêneros, o importante é a história prender sua atenção.

Comments