Connect with us

Livros

Resenha | Mindhunter, a história do caçador de serial killers

LOJA DC 4

Mindhunter é um livro do ano de 1995 que conta a trajetória do agente do FBI John Douglas, e como ele chegou ao título de caçador de serial killers.

“Passei a maior parte da minha carreira como agente especial do FBI tentando aperfeiçoar essa arma, e é disso que trata o livro. ”

O livro foi escrito por Mark Olshaker e pelo próprio John Douglas, que resolveu compartilhar todo o seu conhecimento e sua história no FBI. Para isso, logo nos primeiros capítulos, digamos os 6 primeiros, a maioria dos assuntos são focados na vida do agente. Por contextualizar bastante sua vida, o livro pode parecer um pouco parado no começo, mas entendemos que isso é necessário. Porém, quando os crimes mais obscuros e perversos são incluídos na narrativa, o ritmo de leitura muda completamente.

Douglas conta histórias dos mais loucos crimes que resolveu durante toda a sua vida no FBI, alguns até ficamos nos perguntando por que fizeram tal barbárie, como o caso de Wayne Williams, o assassino de crianças em Atlanta. O legal é que John consegue fazer com que o leitor passe a enxergar o lado do assassino, mas não como forma de inocentá-lo, e isso ele deixa bem claro em todos os momentos do livro. A ideia central não é mostrar o que foi feito, e sim o porquê de os assassinatos terem sido executados daquelas maneiras.

Quando as características de John como agente ganham forma, é um pouco assustador a facilidade que ele tem para solucionar os casos. Durante boa parte da sua carreira, ele conta que resolveu assassinatos a distância e muita das vezes ficava com raiva pelo fato de a polícia local ter demorado tanto para desvendar algo “simples”.

“… o fato de alguém agir como um maníaco não significa que ele não saiba exatamente o que está fazendo. ”

Quem gosta das histórias de FBI ou tem curiosidades para saber como é lá dentro, Mindhunter é um prato cheio. Logo no começo do livro, o autor garante que a ideia não é revelar segredos do FBI, porém em vários momentos descobrimos alguns podres internos, mas nada que comprometa.

Mindhunter é um dos lançamentos de outubro da editora Intrínseca, e está com uma capa incrivelmente perfeita com uma pegada de impressões digitais e sangue que transmite um ar de suspense para o livro. Porém, mais lindo é a contracapa, que aparece uma pessoa encapuzada refletindo em uma cidade, uma combinação maravilhosa com o contexto do livro.

O livro também serviu de inspiração para a nova série original da Netflix, que estreia hoje (13/10). Inicialmente a série terá dez episódios e contará além da trajetória de Holden Ford, personagem inspirado em John Douglas e claro, teremos alguns dos casos que estão no livro.

LOJA DC 4

Apaixonada por histórias de época e com o sonho de viver em cada página que lê. Uma jornalista fascinada no mundo da literatura.

Comments