Connect with us

Colunistas

SEMANA ESPECIAL: DIA INTERNACIONAL DA MULHER L PERSONAGENS MARCANTES PARTE 5

LOJA DC 4

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, fizemos uma semana especial falando sobre algumas, entre muitas, personagens femininas mostrando o quanto elas são fortes e cheias de qualidades. Beatrice PriorMia Saunders entram na nossa lista para completar esse time cheio de personalidade.

Beatrice Prior (Trilogia Divergente)

Beatrice Prior é uma jovem que vivem em uma cidade/mundo dividido em 5 facções: Audácia, Abnegação, Erudição, Amizade e Franqueza. Beatrice (Tris) nasceu e cresceu na Abnegação ao lado de seus pais e seu irmão, e aos 16 anos tem a difícil decisão de escolher qual será a sua facção a partir daquele momento.

Tudo seria mais fácil se Tris não tivesse um desejo enorme de entrar para Audácia. Ah se o seu problema fosse só esse! Durante o teste de aptidão para descobrir em qual se encaixa, Tris descobre que pertence a todas as facções, fazendo dela uma ameaça para o sistema.

Durante todo o processo de iniciação na Audácia, Tris acaba sofrendo bullying por ser pequena, “fraquinha” e mesmo assim ela consegue mostrar porque ela pertence àquele lugar. Além disso, no meio de tanta luta, ela consegue tempo para fazer grandes amigos e se apaixonar.

Como descrever a nossa Divergente? Não existe descrição melhor que chamá-la de Guerreira.

Beatrice Prior é jovem, perde a mãe cedo, é traída por uma das pessoas que mais confiava, é perseguida, ameaçada e tantas outras coisas e mesmo assim não desiste, busca a verdade, ajuda os amigos, é leal e busca o melhor não para somente para si mas para todos da cidade. Mesmo com falhas, não tem como não achar essa mulher uma guerreira.

 

 

Mia Saunders (A garota do calendário)

Mia Saunders é uma jovem que sonha em ser atriz e achar seu amor verdadeiro mas, como toda garota, passa por desilusões amorosas; o que ela não esperava é ter que mudar radicalmente de vida por conta de um dos seus “príncipes encantados”. Mia tem a vida de seu pai em suas mãos e precisa arrumar um milhão de dólares em um ano para pagar toda a dívida do pai com um agiota. A única saída para juntar todo esse dinheiro rápido é se tornando acompanhante de luxo na agência da tia.

Por que considerar Mia Saunders uma personagem marcante? Porque quem largaria seus sonhos para entrar em um trabalho que é, de certa forma, perigoso e principalmente preconceituoso?

Além disso ela encontra oportunidades de juntar o dinheiro de forma mais rápida, ou melhor ainda, de ficar com o seu possível amor verdadeiro e seguir sua vida tranquilamente, mas não, ela se ve na obrigação de salvar a família com o esforço dela, o sacrifício dela. Acho legal a determinação da Mia para salvar o pai, independente do que precisa fazer; a família em primeiro lugar, os comentários… quem liga para eles?

Apaixonada por histórias de época e com o sonho de viver em cada página que lê. Uma jornalista fascinada no mundo da literatura.

Comments