Connect with us

e-Sports

Team One: diretamente da segunda divisão para campeão do CBLoL 2017

LOJA DC 4

Team One vence a equipe da paiN gaming por 3×2 na final do Campeonato Brasileiro de League of Legends

O estádio do Mineirinho, localizado em Belo Horizonte, nesse último sábado (2) foi palco de um dos maiores eventos do cenário de e-SPORT do Brasil, o Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL 2017).Com um público de aproximadamente 10 mil pessoas, a disputa pelo troféu para garantir a vaga para o mundial na China foi um verdadeiro espetáculo para os amantes do game.

De um lado, a Team One, novata porém imprevisível, e de outro a tradicional paiN Gaming, com a maior torcida do cenário brasileiro. Como tudo na vida não são flores, apenas uma equipe tem a garantia de levar o prêmio de 70 mil para casa. Dessa vez, o time Team One venceu a equipe da paiN por 3×2  com direito a jogadas que ficarão registradas na história, como o roubo do barão do 4lan com a ultimate do Gragas no terceiro jogo.

Team One, ex-INTZ. Genesis, uma equipe que subiu esse ano do Circuito Desafiante para o Tier 1, a elite do League of Legends, foi reconhecido como o time que deveria ser mais temido nesse split do CBLOL. Confiantes, a One mostrou resultados surpreendentes, ganhando de times consagrados como o INTZ e da Red Canids. Segundo o jogador Matsukase em entrevista para o SPORTV, os novatos são o time mais imprevisível atualmente do cenário brasileiro. O time de fato mostrou que mesmo new na área, impõem respeito com muita atitude.

O paiN Gaming abriu o primeiro jogo com o first blood e a Team One com o dragão de gelo. Com algumas boas rotações no início do jogo, caiu a primeira torre do bot a favor da Team One, se recuperando após a primeira vantagem do inimigo. Mas no desenvolver da partida com péssimas escolhas, a equipe novata mostra que não estava intencionada a pegar abates mas sim levar torres. Enquanto isso o paiN Gaming estava garantindo suas kills no jogo. Ficando forte, paiN buscou por objetivos e encerrou com muita calma a partida marcando 1×0,  conquistando seu espaço, aos poucos, na melhor de cinco partidas.

Divulgação/ Riot Games

No segundo jogo, o First blood ficou para a Team One, que começou pressionando bem. Rotação perfeita, forte e eficaz. Um dos momentos mais importantes do jogo foi quando a equipe do 4lan e cia partiu para o barão com três torres caídas ao seu favor. A paiN tentou contestar e abateu um, tentou fazer o barão mas a Team One foi para a disputa. PaiN levou a melhor e conseguiu pegar uma kill também, buscando acertar no jogo. Mais uma tentativa de barão porém com um bait da paiN, tentam abater um jogador VVVert sozinho e no fim a One consegue levar a melhor. Aos trinta minutos de jogo a equipe consegue levar os inibidores e destrói o nexus. GG Team One, marcando 1×1.

No terceiro jogo, o lado parecia já muito favorável para a Team One. Não só parecia mas como também foi. Duas kills em menos de dois minutos de jogo em cima do Mylon. O paiN Gaming tenta virar com um dragão de gelo a favor deles, contudo, a essa altura o time de Brucer e cia já estavam planejando boas rotações e objetivos de jogo. O foco da Team One em ter todos os objetivos conquistados era maior que tudo.Com um erro absurdo cometido pela paiN na busca de pegar o barão, a equipe acabou gastando todas suas ultimates nos adversários garantindo apenas 2 abates. 4lan com sua ult + flash roubou o barão e fez história na final do CBLoL, garantindo 2×1 para a One.

O primeiro abate nesse quarto jogo fica para a Team One. Rotações belíssimas da equipe, conseguindo o dragão de fogo. Em 15 minutos de partida a paiN parece começar a reagir, double kill para o Kami. Novos abates para o paiN garante um empate nas kills. Team One garante o dragão de gelo, enquanto paiN tenta se garantir nos abates. No fim nada adiantou para o paiN Gaming porque a Team One conseguiu se posicionar melhor nas fights, conseguiu focar nos objetivos como barão, dragões e torres e definiu suas estratégias por esse caminho.

Divulgação/ Riot Games

Quando todos duvidaram, o que parecia impossível se tornou concreto com muita atitude e estilo nos jogos dessa galerinha que agarrou todas as possibilidades e mostrou que é possível realizar um sonho com metas e muita disciplina. Como diria o jogador 4lan, “sem limites”. Sem limites agora também em busca de conseguir bons resultados no mundial, onde todos seremos One, já que a equipe agora representará o Brasil na China.

Editora de Games e E-Sport do site, jornalista, amante das causas minoritárias, participante ativa do movimento negro brasileiro e do feminismo. Para sugestões de pauta enviar para: anaschuchd@hotmail.com

Comments