Connect with us

HQs

Thor: Ragnarok – O filme deve marcar o fim dos deuses nórdicos

Não se sabe muito sobre Thor: Ragnarok, mas o que sabemos são de coisas já lançadas da Marvel e a mitologia nórdica tem uma grande história para contar sobre o assunto.

Quando Thor fora dado como morto, Tony Stark tirou um dos seus cabelos, que ele tinha acumulado desde a primeira reunião dos Vingadores, e ajudou Reed Richards e Hank Pym a clonar o Asgardiano por DNA. Isto resultou na criação de um novo clone cyborg de Thor. O clone foi colocado em ação durante a Guerra Civil, enviado para a batalha contra os heróis anti-registro. Estes foram facilmente derrubados pelo clone, mas Hércules ajudou os heróis a escaparem. A batalha ficou fora de controle quando o clone assassinou Dr. Bill FosterReed Richards desativou o cyborg com um código vocal e, posteriormente, operou o seu cérebro para evitar que isso acontecesse novamente.

Ele enfrentou Hércules e Tempestade, que derrotaram o clone batendo o seu próprio martelo em seu crânio, alegando que era um insulto a Odin,e gritando “Tu não és Thor “.

papel-de-parede-thor-mundo-sombrio-35127

Depois de uma série de eventos, o verdadeiro Thor reaparece, assumindo o seu posto em Asgard, o Thor Clonado que fora trazido de volta por Hank, retorna a Asgard para lutar contra o  verdadeiro Thor. 

Porém, a mitologia Nórdica possui uma versão muito mais interessante para o evento conhecido como Ragnarok, que na ideia mitológica é o fim dos deuses nórdicos e do universo. Na mitologia, Odin lidera um exército contra Loki e vários monstros.

Logo de cara, Loki está preso (familiar?), junto de outros monstros, condenado de forma eterna. Na mitologia Nórdica, dois lobos – Skoll e Hati – perseguem o sol e a lua, mas nunca conseguem devorar os astros. Mas quando o evento (entenda que na Marvel Ragnarok é um clone do Thor, aqui é um evento) Ragnorok esta prestes a começar, o sol e a lua são alcançados pelos lobos, provocando várias oscilações no universo, uma delas é a soltura de Loki e dos monstros.

Os asgardianos, então se juntam aos mortos de Valhalla (Mad Max) e também aos espíritos naturais, chamados de Vanas indo em direção a batalha final, contra Loki e seu exército. E temos o evento que marcará o fim de tudo.

Durante a batalha, Fenrir, lobo que é filho de Loki e pai de Skoll e Hati, mata Odin, mas foi Vidar, um dos filhos de Odin menos poderoso que Thor, mata Fenrir, o partindo em dois.

thor-ragnarok-1920x1080-concept-art-hd-1588

Thor então luta contra Jormungand, uma serpente filha de Loki. Thor consegue matá-la mas antes de morrer, ela acaba mordendo Thor envenenando-o, o que acaba resultando na morte dele. Mesmo depois disso, algumas vertentes dizem que jamais Thor, mesmo depois de morto, ficou separado da sua arma.

Marvel

Em seu Ragnarok, a Marvel pelo menos fez uma coisa linda: como na mitologia, Loki desencadeia o fim dos deuses.

Todos os deuses morrem, menos Loki (que acaba decapitado) e de Thor, possuidor de todos os poderes de Odin. Mas Thor descobre que ele é apenas uma marionete de seres que ele intitula como “aqueles que vivem nas sombras”, que alimentam-se do ciclo contínuo de morte e renascimento dos deuses nórdicos, que sempre no fim de todo Ragnarok, novos deuses renascem dando início a um ciclo de vida totalmente novo. Determinado a não permitir que isso continue, Thor acaba matando todos os deuses nórdicos, impedindo que estes seres possam se alimentar novamente.

Seu martelo reaparece nos EUA, sendo encontrado pelo governo, pelo Doutor e pelo Quarteto Fantástico.

 Revisado por: Bruna Vieira.

Continue Reading
Click to comment

Basta usar o cupom CDLLOJADCCOMICS

O CDL é hospedado pela DreamHost

Copyright © 2018 Cabana do Leitor.