Connect with us

Tempo

Tudo, ou quase isso, que você precisa saber sobre o Homem de Ferro – PARTE 1

LOJA DC 4

Tony Stark apareceu pela primeira vez na edição 39 de Tales of Suspense em 1963 e foi criado por Stan Lee, Larry Lieber, Don Heck e Jack Kirby. O personagem foi baseado na vida do rico e bem sucedido playboy Howard Hughes que foi um aviador, engenheiro aeronáutico, industrial, produtor de cinema, diretor cinematográfico e um dos homens mais ricos do mundo. Ficou famoso ao quebrar o recorde mundial de velocidade em um avião e também por construir aviões, produzir o filme Hell’s Angels e por se tornar dono de uma das maiores empresas aéreas norte-americana, a TWA,
Na década de 1960, quando o Homem de Ferro foi criado, a ameaça do comunismo da URSS era enorme, junto da Guerra Fria. Isso fez com que o Homem de Ferro lutasse contra comunistas e capangas do Bloco Oriental para enviar a mensagem de que grandes coisas poderiam ser alcançadas através de trabalho duro e redenção, mostrando assim que o capitalismo era superior ao comunismo. Ou seja, podemos muito bem dizer que o Homem de Ferro simbolizava a meritocracia do capitalismo.

Iron_Man_is_Born

E tendo em vista isso, como não falar um pouco mais de seus vilões?

Criado em 1964, Eugene Gene Sing Chen Khan, também conhecido como Mandarim. É o maior inimigo do Homem de Ferro. Seus poderes são de natureza mágica. Sua maior arma são os dez anéis. Assim como o Dínamo Escarlate e muitos outros, ele representa o maior inimigo americano da época, o comunismo.

Em 1949 Mao Tsé-Tung cria a República Popular da China. Com um ato revolucionário comunista. O Estados Unidos capitalista estava ameaçado com o fantasma vermelho. E consequentemente com isso, a cultura pop absorveu toda essa paranoia da guerra fria. Assim, Stan Lee e Don Heck criaram o maior nêmesis do vingador dourado. Um vilão baseado na figura do líder chinês que imperava na época. Anos se passaram e de ditador lunático, Mandarim passou a uma espécie de rei do crime asiático. Seus anéis deixaram de ser mágicos para se tornar tecnologia alienígena. Mas a forte simbologia do personagem não perdeu força.

mandas1

Anton Vankon, também conhecido como Dínamo Escarlate, foi criado por Stan Lee e Don Heck na Tales of Suspence numero 46 de 1963. O primeiro de muitos a usar o manto de Dínamo Escarlate. Sendo inimigo recorrente de Tony Stark, sua origem é soviética. Em suas primeiras participações ele tinha como objetivo derrotar seu semelhante americano e assim provar que a tecnologia soviética era superior. Esse vilão simbolizava o maior inimigo dos Estados Unidos durante a guerra fria, a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. Caso isso não ficasse explícito o suficiente, a cor vermelha simbolizava o movimento inciado por Marx e Engels.

9d64175ea4b94b88e6350e66dd5989a1

Fin Fanf Foom, embora outrora acreditava-se que ele fosse um nativo do vale do dragão adormecido na China, é um alienígena tendo vindo do planeta Kakaranathara no sistema Maklu da grande Nuvem Magelânica. Foom e vários outros membros de sua raça originalmente abandonaram seu pacífico planeta no intuito de conquistar outros planetas. Os dragões alienígenas pousaram em terra na antiga China e usaram sua transmutação de forma natural para imitar a forma humana, na intenção de se inserir e estudar a espécie humana antes de iniciar sua conquista.

images

Nem só de inimigos comunistas o Ferroso viveu, tendo em vista sua preocupação com a tecnologia empregada em suas armaduras, e o roubo dessas informações que poderiam ser usadas para usos malévolos, temos aqui Obadiah Stane, ou melhor dizendo, Monge de Ferro. Obadiah Stane sempre foi um garoto cruel, sempre estudando as fraquezas de seus adversários e sobre como derrotá-los. Stane sempre gostou de xadrez, baseando sua vida nas regras do jogo. Isto moldaria o seu futuro caráter. Anos depois, formou sua própria empresa de tecnologia, que depois fez sociedade com as Indústrias Stark. Após conflitos, os dois rompem sua sociedade, mas Stane, inconformado com o acontecimento, rouba a tecnologia usada na armadura de Stark e constrói sua própria armadura, que usaria para cometer crimes sob a alcunha de Monge de Ferro. Vale lembrar que Obadiah foi muito bem adaptado na película Homem de Ferro de 2008 pela Marvel Studios.

download (1)

Como nem todo mundo sabe, nosso amigo Ferroso ficou conhecido, principalmente pelos leitores da Marvel Comics, por causa de seus dilemas e problemas pessoais, mas vocês caros leitores, conhecem algumas das principais histórias de Tony? Não?! Então senta aí que lá vem leitura!

 

Principais arcos:

 DEMÔNIO NA GARRAFA

Até 1979, Tony Stark não era um herói muito popular. Ele tinha seu público, mas não se equiparava aos figurões como Homem-Aranha e os X-men. Foi graças a esse arco que o Homem de ferro se tornou relevante.

David Micheline e Bob Layton haviam acabado de assumir o título do Homem de Ferro. Ambos decidiram introduzir um inimigo novo ao Stark, um inimigo que nem a mais poderosa das armaduras conseguira combater, o Alcoolismo. Afinal, em todos os números Tony aparecia degustando um Martíni, ou um copo de uísque. Algo que começou como um charme do personagem, algo para aliviar a rotina de super herói, empresário, bilionário, gênio, playboy, filantropo… acabou o levando ao fundo do poço.

M40anos070

 

GUERRA DAS ARMADURAS

Após nove anos no comando da revista do Homem de Ferro, a dupla David Micheline e Bob Layton, escreveram outro clássico: A Guerra das Armaduras. O enredo dessa história foca num Tony Stark preocupado com o uso que suas invenções estão tendo. Não só pelos vilões, como por órgãos como a S.H.I.E.L.D, levando Tony a caçar e destruir todas as armaduras criadas por ele. Esse história mostra Tony refletindo sobre seu papel na comunidade e se o Homem de Ferro e suas armaduras trazem mais benefícios ou malefícios a sociedade. Temos também um conflito de ideais entre o Vingador dourado e o Capitão América, algo que seria reutilizado anos depois no arco Guerra Civil de 2006.

538bafc76d4e8

 

EXTREMIS

Em 2005 o grande escritor Warren Ellis, aliado ao excelente Adri Agnov nas ilustrações, tinham como objetivo trazer ao invencível Homem de Ferro uma roupagem condizente para os dias atuais. Eles não só trouxeram a origem do Homem de Ferro da guerra do Vietnã para o Afeganistão, como colocaram um novo obstáculo intransponível para o Stark.

Stark chegou a conclusão que para derrotar uma nova ameaça terrorista, suas armaduras não eram o suficiente. Que ele precisava ser o Homem de Ferro por dentro e por fora. Aí entra a nanotecnologia conhecida como Extremis que dá nome a história. O excelente roteiro de Ellis e as maravilhosas pinturas digitais de Agnov, deram a esse arco a origem definitiva do homem de ferro.

hf-extremis-panini

Gostaram? Espero que sim! Fiquem ligados para a parte 2, onde iremos trazer as principais armaduras do Ferroso!

– Texto e pesquisas feitos sob ajuda de Bruno Borges, amigo, degustador de cerveja, colecionador e leitor assíduo de quadrinhos em geral.

Revisado por: Bruna Vieira.

LOJA DC 4

Prazer, Diego. Sou, apreciador de uma boa cerveja, eletricista em horário comercial e salvo o mundo como Calvo Vigilante depois das 20hrs. Vamos desbravar a nona arte juntos?

Comments