Connect with us

cinema

Viúva Negra, a vadia?

 

Recentemente Jeremy Renner voltou a afirmar que a personagem Viúva Negra é uma vadia pelo fato de ter se aproximado de alguns Vingadores(mais da metade da equipe) ao longo do desenvolvimento do Marvel Cinematic Universe. E isso causou um rebuliço por parte de fãs dos Vingadores , feministas ou simples punheteiros admiradores da Scarlett Johanson que viram isso como um ataque a atriz, o que  jamais foi.

Antes de mais nada, não se trata de um tópico machista mas de um tópico anti mimimi. Reclamar da Viúva pegadora é como reclamar do Steve Rogers ser o Virgem de 80 anos, o Homem Aranha que nunca entra nos Vingadores(sei que isso mudou já) ou do Hulk que não pode  ficar  excitado por ficar “duro” demais. É tudo zueira com determinado “calo” do personagem.

É um fato que a história desenvolvida  nos mostra e que podemos comentar já que não é o mote principal da história mas está lá e é até interessante que os atores(como o Evans e o Renner fizeram) se pronunciem a respeito como no caso da Viúva Negra pois assim vemos como eles no lado espectadores veem seus personagens. Então caso em algum momento pareça excesso de machismo, reafirmo que só estou escrevendo sobre um mimimi ridículo de fãs.

Por exemplo, se você ler e gostar de qualquer história do grupo Authority em que não seja mencionado sobre o relacionamento gay de dois personagens da série e na edição seguinte você descobre o tema de homossexualismo que tem na história, isso te fará gostar  menos dos personagens? Se a resposta for sim, então você é um baita hipócrita. Personagens principalmente nos dias atuais tendem a ser pessoas mais parecidas com a gente,com problemas, dúvidas, indignações e no caso da Viúva uma galinhagem danada. Brincadeira,rsrs.

O problema é que num mundo cheio de mimimi fica uma preocupação de heroínas serem ou continuar  a serem deixadas em segundo plano por tais comentários ( se esta parte do texto não faz sentido para quem lê é por que nem eu acredito nesta bizarrice ao escrever isto). Mas e aí, um Tony Stark pegador pode né? Um Tony que pegue 4 ou 5 gatas por filme. Pode sim e sabe por que? Por que os produtores sabem como mexer com a sua cabeça frágil e manipulável.

O Tony ser um cara mulherengo nos filmes atualmente passa bem e normal por que a história que nos é vendida é que mesmo sendo um cara pegador, ele tem a sua “verdadeira” paixão, Pepper Potts, e isso daí mostra que o cara tem sentimentos e a mulherada torce logo pro casal dar certo mesmo que o Tony não dispense nenhuma gata, afinal as mulheres tem a tendência de encontrar um cara que mesmo galinhão, as assuma como a escolhida definitiva . É como se, você ter uma pessoa de quem goste justifique suas ações. Como nos filmes não sabemos quem a Natasha ama ou mesmo gosta na verdade, achamos que ela tá aí solteira,guerreira e praieira. As pessoas são menos solidárias em julgar quem não tem interesse romântico pré determinado.

Os filmes dos Vingadores são até agora o único referencial para se conhecer mais de Romanoff. Nos demais ela aparece mas sempre sem muito destaque as suas origens, ao seu passado. E quanto menos você conhece a essência de um personagem mais fácil você criar uma pré concepção dele. E isso aconteceu com a agente Romanoff que cada vez mais vamos conhecendo um pouco e desfazendo idéias que tínhamos dela, afinal ela é humana e poderia a qualquer momento se apaixonar. Quem não teve uma amiga “popular” que um dia entrou na linha?

Ridícula essa indignação dos fãs. Nem a Scarlett pegou ar com isso por que o Jeremy ou qualquer outro sempre se referiu a personagem e não a atriz. Contra a  atriz seria sujeira, sacanagem mesmo ( ok, mas e aquelas fotos que ela tirou pro Lanterna  Deadpool Verde Ryan Reynolds uns anos atrás hein? abafa)mas não é este o caso.

Nos filmes se sabe tão pouco da Viúva que a impressão que se passa é esta, de que ela tá pulando de galho em galho, literalmente. No primeiro como espiã ela flerta com Stark, no Vingadores, ficamos achando que rola algo com o Gavião Arqueiro( tá, Age of Ultron deixou isso mais claro que era só amizade, ou não, ou alguém ainda quer saber o que rolou em Budapeste?) e no  Capitão América Soldado Invernal, o próprio Steve Rogers encara as investidas da Natasha por mais da metade do filme.

Mas o mais bizarro é ver pessoas se digladiando em fóruns, grupos do facebook, whatsapp e o que mais exista, para defender com unhas e dentes o amor por seus personagens. Puta que pariu, será que quem escreve não se toca que é tão ridículo quanto a sua avó na frente da TV discordando do último capítulo da novela? Ou gente que briga na feira por não gostar de determinado personagem de novela. Só mudam os tempos, pois o senso do ridículo vai se germinando dentre gerações. E vai chegando aos níveis das  camadas mais ignorantes.

Então dane-se a opinião do Renner, dos defensores da Viúva. Pense que antes da Viúva tá com o filme queimado você é que tá se queimando ao defender ela por devoção a um personagem que nas hqs é mais rodada que a cornucópia de Jogos Vorazes. Sério, a Viúva dos cinemas é uma santa na frente da sua versão original dos quadrinhos, ali sim, e  teremos uma matéria mostrando os envolvimentos amorosos da Viúva Negra no Universo Marvel dos quadrinhos.

 

 

Físico, nerd, quadrinheiro e dono do Enquadrinhados - enquadrinhados.blogspot.com.br Sua frase preferida é “Só pode haver um”. Qualquer dia desses ele perde a cabeça.

Continue Reading
1 Comment
  • Carlos

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

Basta usar o cupom CDLLOJADCCOMICS

O CDL é hospedado pela DreamHost

Copyright © 2018 Cabana do Leitor.