Connect with us

cinema

Warcraft – “Comparar Warcraft com Senhor dos Anéis é desnecessário”

João Paulo

Published

on

LOJA DC 4

Acho curioso ver como já está chovendo críticas e mais críticas no filme que AINDA não foi lançado de Warcraft, como a possibilidade de fracassar é imensa, que o filme é muito clichê, que não possuí o teor e a profundidade de séries como Senhor dos Anéis, Guerra dos Tronos, Star wars, etc… Enfim, uma infinidade de argumentos apontados pelos mais diversos críticos e aqui, meu argumento, não como fã da franquia, mas como – um termo usado na comunidade estrangeira do jogo trata: “loremaster” – ou simplesmente, um historiador de Warcraft.

Começarei analisando uma crítica que fala ser “impossível compreender a história sem antes ter-se iniciado na mitologia de Warcraft”, de certa forma é verdade, Warcraft é uma franquia com uma imensa carga histórica, 20 anos de jogos, livros, HQs, Mangás e outras diversas coisas relacionadas à história foram lançadas ao longo desse tempo, mas o filme trata-se do primeiro Warcraft, da primeira história onde tudo se iniciou, mesmo apontando para nós diversos personagens que não estiveram presentes, há a necessidade de se aprofundar para criar o filme, pois o conteúdo disponível em Warcraft: Orcs & Humans era insuficiente para trazer um filme de qualidade. Pelo detalhe do filme ser “o início” da franquia, um leigo pode muito bem ir aos cinemas e entender, deixar sua curiosidade fluir e, se for de seu interesse, conhecer mais a fundo cada um que ali marcou seu passo.

warcraft

Esse comentário já anula outra crítica que fala que “Warcraft não possuí a profundidade de diversas outras franquias similares”. Warcraft possuí sim o peso necessário para ser considerado um “pai” de muitos outros jogos que se seguiram no estilo, logicamente, não tirando o devido crédito a Tolkien por ser praticamente o criador da mitologia dos jogos de RPG, quando o mesmo uniu todas as mitologias possíveis na criação das sagas da Terra Média e afins. Comparar Warcraft a Senhor dos Anéis é completamente desnecessário, pois se tratam de sagas com teor diferente e muitas dessas críticas acabam sendo inconsistentes.

Existe sim, um cuidado a ser notado na produção do filme de Warcraft, pois trazer conteúdo demais para um filme de duas horas, pode não ser o suficiente para se trabalhar tudo que está se oferecendo, abrindo lacunas e falhas que possam desagradar um todo. Talvez se o filme conseguir alcançar um marco, tenhamos a continuação e provavelmente o impulso necessário para o lançamento de novos filmes de jogos que, se seguirem a qualidade, tenhamos uma “era de ouro” para filmes de jogos, assim como os filmes baseados em HQs.

Este artigo é uma opinião do autor, sendo livre para manifestar seu ponto de vista, não tendo relação nenhuma com o CDL.

Revisado por: Bruna Vieira.

LOJA DC 4

Amante de Astronomia, fã de RPGs e RPGs de mesa, louco pelas sagas de Warcraft e Final Fantasy e um aficionado por jogos de estratégia. Adoro um bom livro e AINDA não comecei a acompanhar as Crônicas de Fogo e Gelo.

Comments