Connect with us

Livros

5 fantasias para você adquirir o hábito da leitura

Avatar

Published

on

Eu tenho certeza que você conhece pelo menos uma pessoa que seja viciado em leitura, certo? E que talvez você queria ter pelo menos um pouquinho desses gosto pelos livros, como ele; certo again? Pensando nisso, e sabendo o quão difícil pode ser a introdução à literatura para algumas pessoas, criamos uma lista de livros com uma escrita simples com enredos nada complexos para que você seja mais um apaixonado pelo mundo da fantasia literária.
Harry-Potter-e-a-Pedra-Filosofal - Cabana do Leitor
1º – Harry Potter e a Pedra Filosofal.

Ok, pode parecer clichê, ou forçação de barra por ser um livro mundialmente amado, mas já pararam para pensar no porque desse sucesso monstruoso? O primeiro livro da saga (e o restante também, porque não?), abre nossa mente para o desconhecido e conhecido…. Sim, desconhecido pelo modo como a bruxaria nos é revelada, como algo inusitado, encantador e claro, divertido. E conhecido por já termos várias histórias com magos e criaturas mágicas desse universo. A junção não poderia ser mais perfeita, você não aguenta ler só o primeiro, você precisa ler todos os outros, você precisa de mais detalhes sobre o novo que você imaginava já conhecer! Não é à toa, que o livro é o motivo declaradíssimo de centenas de milhares de jovens terem adquirido o hábito da leitura, e não pararam mais. Vá por mim, não é só palavra de uma grifinória; mas também de uma ex-abdicada à leitura! Esse livro mudou minha vida e rotina para sempre, tenho certeza que também mudará a sua!

(Até a Lisa concorda comigo!)

Eragon - Cabana do Leitor2º – Eragon
Então você me pergunta: “É o mesmo Eragon daquele filme péssimo?”, sim, é! A questão é que Eragon é um bestseller, e que a adaptação pro cinema foi totalmente mal projetada (apesar de eu precisar deixar claro aqui que gosto do filme, não sei porque, mas gosto!), e que o livro, contém uma gama maior de personagens, eventos e cenários interessantes. Apesar disso, a escrita tem um estilo básico, o que é o céu para os leitores iniciantes. Confesso que pra quem já adquiriu o hábito (e pra quem está acostumado ao estilo das Crônicas de Fogo e Gelo, como eu), acaba ficando massiva a leitura. E mesmo eu tendo dito que o livro contém uma gama maior de personagens que o filme, eles acabam se resumindo em apenas três. Isso facilita muito acompanhar o desenrolar da história. E se você acabar por pensar que deve ser “chato”, meu amigo, temos dragões, orcs e elfos… Não tem como ficar chato!

 

 

A História sem Fim - Cabana do Leitor 3º – A História sem Fim
Se acalme, pois ela tem um fim sim (que piada foi essa produção?). Pois bem, como no anterior dessa lista, A história sem fim também se passa de forma simplista e tranquila. O bom de ler esse livro, é que mesmo que você já tenha assistido mil vezes o filme na Sessão da Tarde, você ainda tem muito à descobrir! O filme acaba quase na metade do livro, ou seja, você ainda tem metade da história para descobrir. Pode ser um pouco longo, mas a forma como o autor dá leveza aos fatos, deixa a leitura fluir sem dificuldades. Lembrando que aqui também temos dragões e um monte de criaturas que com certeza serão novas para você! Seja pelo fim verdadeiro ou pela criatividade do autor que alternou o mundo real com o de fantasia, vale a pena incluí-lo em sua lista!

Charlie e Fábrica de Chocolate - Cabana do Leitor 4º – A fantástica Fábrica de Chocolate
Apesar dessa capa estar nomeada como Charlie e Fábrica de Chocolate, o nome original é outro. Tenho um exemplar de 1954 em mãos para provar isso. O porque dessa mudança de nome nessa edição, eu realmente não sei. Mas vamos ao que interessa: a história.Você pode pensar que não passa de um livro bobo e muito viajado, mas o legal desse livro, é que diferentemente do filme, ele ensina grandes lições de caráter e moralidade para jovens e crianças. Também utilizando uma forma muito leve de escrever, o autor mescla a realidade de crianças mimadas, com a fantasia e a excentricidade de seres e máquinas esquisitas e por vezes até futurísticas. O livro é curtinho, não sei como rendeu filme, por isso, a leitura é válida demais!

Alice no País das maravilhas - Cabana do Leitor 5º – Alice no País das Maravilhas
Mais um que você deve estar pensando ser clichê demais, e realmente é; mas que é fato inegável que, assim como Harry Potter, Alice também arrastou milhares de jovens para as livrarias e bibliotecas. O livro é uma fonte inesgotável de surpresas, e que mesmo parecendo perder totalmente o sentido às vezes, nos passa vários questionamentos sobre nossa sociedade e a forma como lidamos com outras pessoas. Mas não pense que o livro é cheio de lições de vida ou coisas do tipo, a leitura é leve e infantilizada, e por ser um livro curto, nos permite retroceder e digerir tranquilamente todos os detalhes. É uma caça ao tesouro maravilhosa! Mesmo sendo bem parecido com a versão da Disney (1951), o livro encanta de forma diferente. Nos faz refletir e imaginar, decifrar pequenos enigmas que possam passar despercebidos. Sem dúvida, também deve entrar como um livro imperdível para iniciantes, depois de lê-lo, você vai estar pronto pra todo tipo de universo fantasioso!

Já aproveito pra deixar esse filme maravilhoso de 1903. O primeiro filme de Alice.

24 anos, fotógrafa, Grifinória, apaixonada por livros principalmente de fantasia; de Harry Potter, Alice no País das Maravilhas à Crônicas de Gelo e Fogo.

Advertisement
Comments

HQs

Resenha | O Corvo

O trabalho soa como uma parceria de Leander Moura com o eterno Edgar Allan Poe.

Paulo H. S. Pirasol

Published

on

capa da resenha o corvo

Edgar Allan Poe, nascido em Boston em 1809, tornou-se um dos maiores nomes da literatura gótica. Seu poema O corvo foi publicado pela primeira vez em 1845, no New York Evening Mirror. O poema ganhou traduções de grandes nomes da literatura, como Baudelaire, Fernando Pessoa e Machado de Assis. A versão de Leander Moura, antes publicada de forma independente, ganha força com sua segunda versão em 2019, deluxe, pela Diário Macabro.

O Corvo capa

Leander Moura é quadrinista, ilustrador e licenciado em artes visuais pela UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), já pintou a capa do livro O Rei de Amarelo de Robert. W. Chambers, illustrou o livro O Mundo Sombrio – histórias do mito de Cthulhu por Robert E. Howard, entre outros. A edição de O Corvo conta com uma série de ilustrações de outros poemas e contos do autor.

A preocupação do artista está em estetizar o horror que o poema causa ao leitor com sua história. O corvo conta sobre um homem perturbado com a visita do bicho no meio da noite, cuja ação é se comunicar com ele, afligindo-o psicologicamente a respeito de um trauma relacionado à morte de uma mulher, Lenore.

O homem vive em um local onde a morte é a primeira referência, ainda assim ele tem dificuldades para lembrar da tragédia que ocorrera à Lenore, um sentimento que fora ofuscado devido a um grau de afetividade com a personagem falecida. A chegada do Corvo assusta tanto o homem quanto seus fantasmas, lhe fazendo lembrar da atual dor de sua alma.

o corvo outra página

A arte da HQ consegue fazer jus à delicadeza do terror psicológico criando uma estética orquestral da obra. Sendo honesta em todos os detalhes visuais, não trazendo nada que não tenha significado, tudo é tão competente quanto a composição do tema. O preto e branco deu um polimento para medir o obscuro em contraste do destaque detalhado de expressões características dos movimentos e intenções dos personagem. O trabalho soa como uma parceria de Leander Moura com o eterno Edgar Allan Poe, em que o autor do poema transmite em suas palavras um conto que recebe ainda mais sentido com o ritmo de tempo estabelecido pelos quadros de Leander Moura.

o corvo página

“E o corvo aí fica; ei-lo trepado no branco mármore lavrado da antiga palas; ei-lo imutável, ferrenho.”

Após um fim reflexivo da obra, há um extra mostrando o processo criativo da primeira versão, que havia sido publicada de forma independente no início de 2019, além das artes dos demais trabalhos.

É uma expressão visualmente belíssima da clássica perturbação de O Corvo.

Continue Reading

Livros

Feira Internacional do Livro de Sharjah tem edição híbrida em 2020

O evento terá sua programação cultural de forma digital e sua exposição de livro física.

Paulo H. S. Pirasol

Published

on

capa feira do livro Sharjah

Entre os dias 4 e 14 de novembro, a terceira maior feira do livro do mundo, situada dentro dos Emirados Árabes Unidos, abre suas portas com temática O mundo lê a partir de Sharjah.

O evento acontecerá de forma totalmente digital, enquanto as editoras terão uma exposição física no Expo Center Sharjah, segundo os organizadores — para que os leitores possam continuar a desfrutar da experiência pessoal de vasculhar e comprar livros e explorar a leitura. A feira aderirá a todos os protocolos globais de saúde e segurança.

“Acreditamos que as atividades culturais não devem parar mesmo em circunstâncias desafiadoras, e enriquecer a vida das pessoas por meio da leitura, alfabetização e conhecimento é um fator chave para o desenvolvimento social e prosperidade”.

Presidente da sharjah book authority, ahmed bin rakkad al ameri

O tema deste ano se compromete a seguir o legado cultural proposto pelo Sheik de Sharjah, Dr. Sultan bin Muhammad Al Qaisimi, que seria “construir um presente brilhante e um futuro promissor para as novas gerações, promovendo conhecimento e ampliando horizontes por meio da leitura”.

Os detalhes da programação ainda não foram atualizados pelo site oficial.

Continue Reading

Livros

Editora Aleph convida leitores a fazerem doações em prol do Pantanal

Em troca doadores ganharão wallpaper + e-book de “Os despossuídos”.

Mylla Martins de Lima

Published

on

No dia 9 de Outubro (sexta), a editora Aleph, conhecida por seus livros com foco em clássicos da ficção científica, divulgou em uma de suas redes sociais a campanha para combater as queimadas no Pantanal.

Por meio do seu perfil no Instagram (@editoraaleph), a editora lançou uma nota incentivando seus leitores a colaborarem com algumas instituições, citando como exemplo a Comitiva Esperança, ICAS Instituto de Conservação de Animais Silvestres e a WWF Brasil. Apesar dos nomes mencionados, outras entidades que atuam na região também são válidas.

Como forma de agradecimento, os colaboradores podem enviar o comprovante da ajuda e receber gratuitamente o e-book de Os despossuídos ,além de um wallpaper com a ilustração de Marcela Cantuária, artista plástica responsável por produzir as capas dos livros de Ursula K. Le Guin. Basta enviar a foto do comprovante para o e-mail [email protected] .

Mais que receber algo em troca, que tal ajudar o planeta?

Continue Reading

Parceiros Editorias