Connect with us

e-Sports

Mundial 2017 | Team One perde suas duas primeiras partidas na Fase de Entrada do Campeonato Mundial de LoL

Avatar

Published

on

O primeiro dia de partida no Campeonato Mundial de League of Legends, na China em Wuhan, foram com muitas surpresas e decepções. De um lado os chineses conseguindo vencer duas vezes, sendo que uma delas com uma virada impressionante e a Cloud 9 que também, nada de novo sob o sol, conseguiu emplacar também duas vitórias. Já os brasileiros, perderam as duas partidas que jogaram hoje, com verdadeiros stomps, trazendo sérias preocupações com o futuro deles na competição.

Confira abaixo um resumo geral das partidas que aconteceram nesta madrugada do dia 23 de setembro:

Team WE 1 x 0 Lyon Gaming

Os chineses, por estarem em sua casa, talvez, estavam bastante confiantes nessa primeira partida do primeiro dia. Eles definitivamente levaram a torcida da Lyon Gaming à loucura nesse jogo.

A Lyon começou muito bem  com rotações, pegando quase todas as kills da partida e fazendo os objetivos do mapa. Uma estratégia bem limpa até o mid game. Foi quando a WE decidiu virar. A Lyon Gaming começou a cometer erros atrás de erros e os chineses se aproveitaram disso para virar o jogo de forma brilhante.

No fim, a Team WE levou a melhor em uma vitória de tirar o fôlego. Até o final, o placar estava 14 kills para a Lyon e apenas 7 para a WE. Com seu expertise, eles  alcançaram a primeira pontuação do dia.

 

Team One 0 x 1 Cloud 9

Estávamos com pé no chão diante dessa primeira partida. Sabemos que a Team One, um time que recém saiu do tier2 iria jogar com um time lendário no Campeonato Mundial. Seria difícil mesmo para conseguir emplacar uma vitória nessa partida, mas a esperança é a ultima que morre. Só que não.

Infelizmente, o jogo favoreceu todinho para a Cloud 9, como já era esperado. No início do jogo, a C9 realizou um gank em cima de Brucer gastando os flashs de Jensen e Contractz. O first blood foi na mid lane, 4LaN conseguiu responder e abater Jensen, mas mesmo assim a C9 ganhou a troca eliminando Vvvert.

Depois dos 20 minutos o jogo já estava bem definido para a Cloud 9, que conseguiu concluir todos os seus objetivos incluindo o barão. Logo após, partiram para o GG e garantiram a sua primeira vitória do dia.

Confira alguns detalhes:

 

Gambit e-SPORT 0 x 1 Lyon Gaming

Esse jogo foi bem rápido e tranqüilo. A Lyon Gaming, que havia sido prejudicada na sua primeira partida com uma virada pela WE, dessa vez não permitiu ser surpreendida duas vezes.

Mudou seu plano de rotas, focou nos objetivos, kills e em acabar com o jogo rapidamente sem mais delongas. A Gambit por sua vez, não fez grandes rotações no jogo, não conseguiu rebater as kills do inimigo e também não reagiu aos objetivos conquistados.

Resumo: Lyon Gaming levou a melhor e garantiu seu primeiro ponto no Campeonato nessa fase de entrada.

Confira alguns detalhes:

Dire Wolves 0 x 1 Cloud 9

O jogo começa com o first blood garantido pela Cloud 9 com um gank no mid. Contractz gasta todas as suas habilidades mas pega a primeira kill do jogo. O jogador não parou por ai: minutos depois, o jungle da C9 avançou de novo para outro gank só que agora na Top Lane, garantindo mais um abate. Já na Bot Lane, a Dire Wolves conseguiu adquirir vantagem por cima da Cloud 9 com Caitlyn e Karma.

O primeiro dragão do jogo fica para a Cloud 9, dragão das nuvens, conquistando o primeiro objetivo de jogo. Com o tempo, abriu vantagem para as outras rotas com diferença de quase 2k de gold em menos de 15 minutos de jogo. Sem falar do killing spree do jungle da C9 que estava jogando perfeitamente bem de Nidalee.

Depois de conseguir outro dragão, desta vez da Montanha, Cloud 9 foca em derrubar torres, e com facilidade garante a quarta tower no jogo.  Com isso, a Dire Wolves não reage, não consegue fazer mais nada no game. Sem posicionamento e foco nos objetivos, após outro dragão das nuvens conquistado pela C9, o time avança para o vale tudo e parte para o GG em seguida, garantindo a sua segunda vitória nesse primeiro dia de Mundial.

 

Gambit e-SPORT 0 x 1 Team WE

Já no inicio do jogo, Gambit com o jogador Kira conseguiu a primeira kill contra a WE no mid. Blasting também fatura uma kill na bot lane com a dupla de Varus e Malzarar. Mas, Condid responde com um abate a favor da WE em cima do Kira no mid com gank.

O inicio de jogo foi uma disputa um tanto acirrada, com idas e vindas de kills e objetivos que ambos conseguiram equilibrar muito bem. Mas no fim, nas team fights a Team WE teve um  melhor posicionamento.  Nos objetivos, os chineses estavam bem focados em adquirir dragões, torres, com um jogo bem deliberado. Em contrapartida, a Gambit tentou fazer barão como resposta e conseguiu mas não adiantou muito em relação ao jogo no geral.

O momento decisivo da partida foi quando a WE pegou mais um dragão da montanha e conseguiu roubar o barão da Gambit. Partiu para o GG sem nem pensar duas vezes.

Confira alguns detalhes:

 

Team One 0 x 1 Dire Wolves

Longe da campanha que apresentou no CBLOL, a Team One apareceu com uns picks completamente estranhos.  A agressividade contra o time da paiN nem se quer apareceu nos jogos de hoje. Novamente, após a derrota contra a C9, a Team One parecia estar se equivocando nas escolhas. Não deu outra.

O 4laN foi pego logo nos primeiros minutos ao tentar invadir a selva inimiga. Depois disso, tudo foi por água abaixo. Os objetivos não foram focados e eles pareciam completamente perdidos na partida. Sem grandes rotações e completamente recuados.

Agora, os brasileiros precisam necessariamente de duas vitórias para conseguir se manter no Campeonato.

Campeonato Mundial de League of Legends 2017

A cobertura completa você acompanha no Cabana do Leitor.

Editora de Games e E-Sport do site, jornalista, amante das causas minoritárias, participante ativa do movimento negro brasileiro e do feminismo. Para sugestões de pauta enviar para: anaschuchd@hotmail.com

Advertisement
Comments

e-Sports

REVIEW | Valorant – Análise completa de todas as skins e armas

O Cabana do Leitor teve acesso total a todos os itens de Valorant a convite da Riot Games.

João Gabriel

Published

on

A Riot Games, desenvolvedora do mundialmente famoso League of Legends, lançou há alguns meses seu primeiro jogo de FPS tático 5v5, Valorant. E, por ela ser conhecida pelo LoL desde outubro de 2009, sabemos que a base dos lucros são as skins dos seus campeões e muito mais.

Assim, com Valorant, algumas pessoas poderiam esperar que houvesse um mesmo sistema ou algo semelhante, porém, ao invés de ser nos personagens com skills é com as armas que eles portam. Durante as semanas ou os meses que se passam, a Riot anuncia o lançamento de um pacote de skins com algum título, por exemplo o desta vez foi a Edição ULTRA de Valorant: Ancifogo, que já está disponível para compra no momento que você lê este review. Ela consiste em uma skin de dragão basicamente e tem uma textura com as escamas dele por toda a arma e quando o tiro acerta o inimigo podemos ver o efeito do poder do dragão, ela em jogo, que eu pude testar, ficou bem bonita em algumas armas como Vandal, mas não todas, inclusive na Judge ela fica estranha.

Mas, vamos começar pelas skins que não possuem detalhes muito chamativos e somente alguma pintura ou desenho, como a Marshall Galeria, uma sniper média, inferior a Operator e que tem um custo menor. Seu desenho contém bastante flores na parte do gatilho, mira e a traseira da arma. Também temos a sua skin Couture, uma que possui apenas as cores preta (uma das minhas favoritas) e branca, bem bonita. Passamos para a versão Avalanche, que tem uma temática de cor viva, um azul com branco forte, que se mexe bastante, bonita também.

Valorant: Ancifogo

A Stinger, uma das submetralhadoras mais baratas do jogo, e que possui skins lindas como a Aristocrata com um tom dourado, preto e prateado. A Couture, com os mesmos detalhes anteriormente citados e também a classe Soberania, uma das que foi lançada no começo de junho e belíssima também, uma das classes que eu adoraria ter para mais de duas armas pois são lindas mesmo, o visual te prende bastante, mas neste jogo o foco é o inimigo.

Falemos agora da Bulldog, que possui um espaço grande para o encaixe da mão, e que possui as classes Corrida, carregando as cores vermelho, branco e preto em vários lugares. Ela também tem a classe Aristocrata e Couture e possui uma nova, a Convexo, com um verde, preto e branco, e inclusive acho mais bonita que a Couture, pelo fato de ter mais cores, as vezes um jogador gosta bastante disso.

Spectre, uma das armas que mais pina quando não se mata o inimigo de primeira com um belo headshot, junto com a Stinger. Ela possui as classes Luxo, com um azul vibrante, duas listras brancas passando entre a mira e onde se segura na arma e um branco com pouco destaque. A classe Sublime do jogo é uma das minhas favoritas, pois há quatro tipos de skin dela e uma delas tem um detalhe do lobo atrás da mira e que quando matamos um inimigo surte o efeito do lobo onde ele morre e ainda conseguimos ouvir o uivo, um dos modos dos lobos se comunicarem. Além disto, o detalhe da munição sendo colocada é bem bonito e o seu dourado é lindíssimo, uma das partes que eu gosto muito em arma é um tom dourado. Possui as cores azul, branco, dourado. A classe Prasmático é encontrada aqui também, um tom único de skin, um roxo por toda a arma.

Há também a classe Kingdom, onde eu enxergo uma pegada ”hightech” no silenciador, e no restante de toda a arma, um prateado bonito junto com um preto e pequenas partes amarelas. A Spectre também possui as classes Convexo e Avalanche.

Guardian, uma incrível arma que funciona tanto para longo alcance quanto para perto, uma bala na cabeça é fatal. Ela tem as classes Galeria, que nesta não possui nenhuma flor, mas há um desenho diferente de verde com cinza. Para a arma, temos também as classes já conhecidas Sublime, que nela também fica muito lindo, e a Soberania que é outra maravilhosa.

Avalanche: Valorant

Chegamos em uma das armas mais caras do jogo, a Operator, a sniper melhorada e que tem as classes Luxo, Prismático e Convexo. Tanto ela quanto a Marshall são Fuzis de Precisão.

Exitem duas Escopetas no jogo, a Bucky e a Judge, armas que fazem um grande estrago de muito perto e possui a Kingdom (a Judge não tem ela) que não tem os mesmos detalhes que a Stinger e o branco não se tem em muitas partes e a Galeria, que muda aqui mais uma vez, pois seu desenho tem uma cor verde com um preto bem suave e algumas letras. A Judge por sua vez fica muito linda na classe Luxo e a Corrida, e ela possui a Dot Exe e também a Convexa.

Voltemos para os Fuzis, onde temos duas poderosíssimas: Phantom e Vandal. A Galeria na primeira é diferente mais uma vez pois tem o desenho de um coelho branco e uma grande parte vermelha em outro formato. Ela também possui a Corrida, bem colorida, a Prismática que tem um reflexo bem bonito no meio da arma, a Kingdom que se encaixa melhor aqui do que na Spectre e a Avalanche, que também é muito bonita nesta, e eu adoraria ter ela em umas duas armas ou mais. A Vandal, uma das armas que grande parte das skins se encaixa muito bem, ainda mais a Aristocrata, a Luxo que fica muito bonita e eu sempre gostei dela desde o beta, uma Dot Exe, que assim como o nome tem um estética estranha. Avalanche e Sublime também são classes que temos aqui.

Metralhadoras, que temos a Ares e a Odin, ambas com grandes munições e que serve para abrir espaço para quem não quer que o inimigo tenha chance alguma quando mirar. Na primeira temos a Corrida, Aristocrata e Prasmática. Já a Odin, até o momento do jogo só possui uma classe que é a Dot Exe, e só ela, Vandal e a Judge possuem esta.

Agora vem as Armas Leves, aquelas para iniciar a rodada quando não se tem muitos créditos e precisa economizar. Aqui temos a Classic, a arma grátis, que possui as classes Galeria que aqui tem um desenho fraco, a Sublime, a Kingdom que você pode conseguir sem gastar nada somente cumprindo o contrato de Agente, a Avalanche, a Recurso Final, que eu acho sem vida e feia, e a Pistolinha, como é descrita no jogo, e que é mais bonita que a Galeria. Existe a Shortly, uma mini escopeta que consegue um dano absurdo se acertar um tiro ou dois, dependendo da vida do inimigo. E ela possui somente uma skin, Veneno de Cobra, que você consegue cumprindo o contrato de Agente da Viper.

Temos a Frenzy, uma metralhadora de mão, mais de 10 balas. A skin do jogo que SÓ ELA TEM é a Cospe Fogo, que é lindíssima. Temos também a Corrida que se encaixa muito bem nela, a Couture, a outra classe novata Ragnarocker que também é bem bonita e quase se iguala a Cospe Fogo.

A Ghost, arma leve, é uma pistola com silenciador e uma das minhas preferidas para começar rounds ou para usar quando a munição acaba e é preciso matar o inimigo enquanto ele recarrega ou a sua própria munição acaba e você não quer depender da espera. A Luxo cai muito bem nela, assim como a Soberania. Outras skins dela são a Silenciosa, a Soberania, temos a Vingativa – do contrato da Agente Reyna -, a Prismática, Dot Exe, aparecendo pouco mas aqui está ela, a Silencialmas – que você consegue com o contrato do Agente Omen -, e por último temos a Sheriff, uma arma que lembra velho oeste, e que se pegar na cabeça é headshot certeiro. Temos as classes de skin Aristocrata, que cai muito bem nela, a Convexa que também é muito bonita aqui, e algumas novas como a Protektor, Pacificadora, e a Fim de Jogo que fica lindíssima aqui também.

As facas, a Confronto Sublime e a Soberania são as mais belas aqui. A Luxo também consegue este título, enquanto a Prismático e a Kingdom são as médias.

Bom, essa foi a análise de skins do jogo, e ainda devem vir muitas pela frente, espero que gostem do jogo e claro, das belas skins que possuem dentro dele.

Valorant é um jogo para PC desenvolvido pela Riot Games.

Continue Reading

e-Sports

CBLOL 20 | KaBuM atropela equipe da paiN em 21 a 1

Prodigy que vem tendo uma boa fase no split, dominando as lutas e conseguindo a vitória, e a equipe do Santos que foi atropelada pelos meninos da FURIA.

Alexia Menezes

Published

on

tutz

A décima segunda rodada da segunda etapa do CBLoL 2020 ferveu neste domingo (12). Com a Prodigy que vem tendo uma boa fase no split, dominando as lutas e conseguindo a vitória, e a equipe do Santos que foi atropelada pelos meninos da FURIA.

Prodigy Esports 1-0 INTZ

O primeiro jogo veio pra mostrar como a PRG está em sua melhor fase do campeonato. Mesmo com um começo complicado para a Prodigy, o jogo se mostrou tranquilo na fase de lutas, onde dominaram bem os intrépidos. Yampi com seu Lee Sin deu show e foi o MVP da partida, que levou a vitória para seu time em menos de 35 minutos.

KABUM E-SPORTS 1-0 paiN Gaming

O segundo jogo foi outro atropelo, mas desta vez sem nenhuma dificuldade. Em um jogo clean para os ninjas alaranjados, encaixaram a vitória em cima da paiN Gaming que não conseguiram se manter por muito tempo. Com lutas duvidosas da parte da PNG, o jogo terminou com um placar de 21 a 1 para a equipe da KaBuM, aos 26 minutos.

Flamengo Esports 1-0 Vivo Keyd

Já o terceiro jogo do dia foi mais controlado, a Keyd começou com boas trocas e levou os objetivos, mas acabou errando e sendo punida pelo Rubro-Negro, que lutou pelo território e visão de mapa. Com virada, o Flamengo encaixou um quase ACE e um barão, que levou a vitória para a equipe em menos de 35 minutos.

FURIA 1-0 Santos HotForex

O último jogo deste domingo começou teve cara de FURIA do começo ao fim. Mesmo com os peixes levando o first blood, as panteras consolidaram sua vitória em cada luta e objetivo feito. Com quadra kill nas mãos da Orianna do Anyyy, o nexus do Santos foi para o chão em menos de 35 minutos, com um placar de 27 a 7.

A próxima rodada irá acontecer no próximo sábado (18) e começa as 13h. Você pode acompanhar a cobertura do 2º Split do CBLoL 2020 aqui, no Cabana e em nossas redes sociais.

Continue Reading

e-Sports

CBLOL 20 | Keyd bate paiN e Santos sofre com mudanças na line-up

O dia começou com resultados que destruíram apostas nos times do topo da tabela.

Alexia Menezes

Published

on

LOGO CBLOL 20

A décima primeira rodada do 2º split do CBLoL 2020 aconteceu neste sábado (11). O dia começou com resultados que destruíram apostas nos times do topo da tabela, com a Keyd que estava na lanterna vencendo o jogo contra a paiN Gaming e o Flamengo que teve sua quarta derrota seguida contra a equipe da PRG.

INTZ 1-0 Santos HotForex

O primeiro jogo que contou com mudanças e substituições para os meninos da vila custou caro. Com o Hyoga, caçador títular da equipe, fora por motivos pessoais, Aryze entrou em seu lugar. JackPot deu seu lugar para o jogador e jogou na rota do meio, e Rainbow jogou como caçador. Essas alterações, levaram a uma derrota avassaladora, os intrépidos não deram chance para os peixes e levaram a vitória em 30 minutos.

Prodigy Esports 1-0 Flamengo

O segundo jogo veio para consolidar a boa fase da PRG. Mesmo com um jogo complicado que durou mais de 40 minutos, o Rubro-Negro não conseguiu segurar o rush na base do fNb e dyNquedo, que foi o MVP da partida com seu Twisted Fate, e levou a quarta derrota seguida para casa.

KABUM E-SPORTS 1-0 FURIA

O terceiro jogo do dia foi acelerado, os ninjas encaixaram um jogo rápido e avassalador para cima das panteras, tendo destaque para o caçador da equipe da KaBuM, Revolta. A equipe da FURIA teve seu nexus derrubado em menos de 27 minutos.

Vivo Keyd 1-0 paiN Gaming

O último jogo levou a derrota mais inesperada do dia. Os guerreiros, que vinham de uma fase ruim na segunda fase do campeonato, bateram a paiN, que estava em um dos seus melhores momentos. Mesmo com um jogo complicado e cheio de altos e baixos, a KeyD soube punir os erros da equipe inimiga e voltou a pontuar, levando a vitória em menos de 40 minutos.

https://twitter.com/lolesportsbr/status/1282044305998307329

A próxima rodada irá acontecer no domingo (12) e começa as 13h. Você pode acompanhar a cobertura do 2º Split do CBLoL 2020 aqui, no Cabana e em nossas redes sociais.

Continue Reading

Parceiros Editorias