Connect with us

cinema

Analista diz que Sony não precisa mais da Disney pra fazer o Homem-Aranha

Edi

Published

on

LOJA DC 4

Antes da última incursão da Sony no mundo do Homem-Aranha, “Venom”, chegou aos cinemas a um mês atrás, havia preocupações de que o estúdio pudesse ter um fracasso em suas mãos.

Os críticos não puderam publicar seus takes no filme até 2 de outubro, dois dias antes de “Venom” ser exibido para o público. Um período de tempo tão curto entre o embargo de revisão de um filme e seu lançamento é geralmente um sinal de problema, e isso foi: os críticos detonaram o filme, que finalmente marcou uma classificação crítica de 27% no agregador de revisão Rotten Tomatoes.

Se “Venom” fosse bombardeado, provavelmente significaria a derrota de seu universo “Homem-Aranha” daqui para frente. (Ainda é a maior propriedade cinematográfica da Sony.)

Felizmente para a Sony, “Venom” é um sucesso.

Primeiro vislumbre do novo Homem-Aranha do UCM

O filme, estrelado por Tom Hardy, arrecadou mais de US $ 500 milhões em todo o mundo com um orçamento de produção de US $ 100 milhões.

“Se tivesse fracassado, haveria uma chance de a Sony ter retornado definitivamente à mesa de negociações com a Disney”, disse Jeff Bock, analista sênior de bilheteria do Exhibitor Relations, à Business Insider. “Agora, isso está no ar.”

A Sony “assumiu um risco calculado com ‘Venom’ e agora será uma série”, disse Bock. “Parece que a Disney precisa do ‘Homem-Aranha’ da Sony mais do que a Sony precisa da Disney… Se eles consistentemente conseguirem entender o que o público deseja ver, a Disney terá que comprar a Sony para recuperar o ‘Homem-Aranha’.”

Homem-Aranha: Longe de Casa esta em produção.

Edi on FacebookEdi on InstagramEdi on Twitter
Edi
Produtor, escritor nas horas vagas, administrador, editor e fundador do site CDL.
Comments