Connect with us

cinema

Anima Mundi 2018 | Prévia das animações traz temas tristes, divertidos e cativantes

Avatar

Published

on

O Cabana do Leitor foi convidado a assistir a previa de algumas animações que estarão presentes na 26ª edição do Anima Mundi, que acontece este ano. A impressão que ficou são de animações bem tristes, que vão de criticas sociais ao criacionismo.

Alguns dos temas que foram escolhidos para a exibição para a imprensa foram de conteúdos diversos, porém um dos mais queridos ficou para uma produção Brasileira.

Vamos a lista do filmes exibidos para a imprensa, na ordem, e com a minha opinião sobre cada um deles.

Guaxuma, de Nara Normande – Brasil, França

GUAXUMA_pere2_2D

Guaxuma foi o primeiro curta exibido e de forma bem e começamos bem, pois a produção Brasil/França impressiona pela beleza da própria animação e pelo sentimento que tenta transmitir ao expectador sobre a historia narrada.

Aqui vemos a historia de duas amigas, enquanto uma tenta lidar com a dor da perda da outra, através do tempo vemos como a dor atravessa todos os momentos da sua vida, e parece não ter fim. E como o vazio muitas vezes não consegue ser preenchido.

Fins de Semana (Weekends), de Trevor Jimenez – Estados Unidos

weekends_still_f

Talvez uma das animações mais tocantes seja Fins de Semana, cuja historia foca no menino que tem passar os finais de semana com o pai enquanto passa o resto da semana com a mãe. Porém ambos passam a revaloriza-lo a medida que encontram outras pessoas para viverem as suas vidas em novos relacionamentos.

Enquanto o menino muitas vezes não sabe o que esta acontecendo, sua vida é particularmente alterada por escolhas de convívio que os país, separados, fazem. Mesmo sem haver um narrador (diferente de Guaxuma que é contada pela perspectiva de uma das meninas da historia em narração), Fins de Semana te prende pelo olhar perdido muitas vezes do protagonista frente as escolhas dos adultos ao seu redor, que parecem no fim, não se importar com ele.

Comportamento Animal (Animal Behaviour), de Alison Snowden e David Fine – Canadá

animalbehaviour

Uma das animações mais engraçadas apresentadas a imprensa foi Comportamento Animal. Na historia, um grupo de animais domésticos e selvagens procuram um psicologo (um Cachorro) para tentar se libertarem de seus comportamentos típicos. Como o Porco que só vive comendo e do Pássaro que matou seu irmão para comer…

Apesar da historia ser mais para o lado cômico não deixa de ser impressionante o final, que brinca com a natureza de cada um.

Livre do Medo (Freedom From Fear), de John Morena – Estados Unidos

download

O curta que possui menos de 2 minutos, mostra uma série de objetos sendo jogados ao esgoto… Como armas, balas e munições de diversos calibres.

O curta fala sobre o desarmamento e a cultura das armas.

A Mulher Canhão (La Femme Canon), de David Toutevoix e Albertine Zullo – Canadá, Suiça, França

1033353-nfb-co-production-claude-barras-screen-lorcarno

O curta fala sobre como valorizamos as coisas depois que perdemos, uma coisa que esqueci de dizer é que o Anima Mundi traz muitas questões que para crianças talvez, muitos país não gostem de mostrar.

Aqui, a Mulher Canhão tem uma vida desgastada por uma relação abusiva do marido com ela, que só pensava no lucro e não no seu bem estar.  O final é bem interessante e vale apenas ser assistido.

Felicidade (Happiness), de Steve Cutts – Reino Unido

02-Steve-Cutts-Happiness

A maior critica social da exibição previa para a imprensa vai para Felicidade, que mostra o capitalismo na sua essência, mostrando os ciclos de pobreza física e espiritual dos indivíduos presos ao sistema globalizado atual. Aonde pequenas doses de alegria nos são dadas através de pequenas doses de alegria sintéticas para nos fazer esquecer da vida presa que temos.

Ratos se espremem em uma sociedade composta por ratos que se matam, se mordem por uma espaço no metro a uma compra em uma loja, para no fim apenas tentar ter um pouco de felicidade temporária em um mundo cada vez mais consumista e escravagista. Esse foi um dos curtas que mais gostei.

Rolê (Ride), de Paul Bush – Portugal, Reino Unido

699162405_780x439

A produção mostra milhares de fotos de motos de uma só vez que passam diante dos seus olhos em tomadas únicas… Bom é difícil de explicar. Mas o curta é um louvor as motos de diversos modelos.

Posso estar errado, mas talvez se tenha usado mais de 10 mil fotos nesse curta para mostrar cada moto.

Leve o Coelho (Take Rabbit), de Peter Peake – Reino Unido

670345984_780x439

Quer algo triste de verdade… Veja o curta Leve o Coelho. Tentando mostrar como os seres humanos são complicados e até mesmo a tentativa de ajuda por resultar em fracasso, Leve o Coelho é um dos curtas mais tristes exibidos. Afinal, a natureza humana é meio triste mesmo.

Um homem é meio que Uber entre um ponto a outro separados por um lago e ele precisa atravessar uma Coelha e seu ex marido, uma Raposa, o homem ouve a historia de ambos durante o trajeto, mas não se mete, pois o mundo realmente “já é um lugar complicado”.

A Origem do Som (The Origin of Sound), de Paul Driessen – Bélgica, Holanda

toos-1_16729

Não existe historia, apesar do titulo. A Origem do Som foi o curta mais estranho exibido para os jornalistas. Sem qualquer fundamento aparente o curta flerta com ideias idiotas, momentos repentinos e um final que ao menos procura dar algum sentido ao que estamos vendo.

(OO), de Seoro Oh – Coreia do Sul

ed95f793a17b0776a9d7a3e4985be57e

O mais divertido, e alegre curta exibido ficou para o final. O curta OO tenta mostrar como é chato estar gripado, as sessões que temos ao ter os narizes bloqueados por secreções que impedem da gente respirar e ainda ficam saindo dos nossos narizes sem parar.

Mostrando as diferentes situações, OO é um deleite de como é engraçada a ate a nossa desgraça ao ter o nariz entupido.

Festival Anima Mundi acontece no Rio de Janeiro de 21 a 29 de julho e, em São Paulo, de 1 a 5 de agosto.

 

Advertisement
Comments

cinema

Contrato impede que Ray Fisher denuncie com mais detalhes Joss Whedon

O astro da Liga da Justiça, Ray Fisher, se abriu sobre suas recentes acusações de Joss Whedon.

Avatar

Published

on

By

O ator que interpretou Cyborg no filme da Liga da Justiça, Ray Fisher, deu mais detalhes sobre a situação atual dele sobre as acusações.

Durante uma live no Instagram, Fisher, respondeu a um seguidor porque ele não deu mais detalhes sobre as acusações de abuso que Joss Whedon supostamente praticou no set da Liga da Justiça, a informação é do site Heroic Hollywood.

“Ainda estou sob contrato de não divulgação. Então, eu tenho que ter muito cuidado com o que digo e como digo. Caso contrário, eu poderia ser processado e cair no esquecimento… Portanto, para as pessoas que procuravam mais detalhes, lamento não poder dar a você no momento. Apenas certifique-se de que todos os seus patos estejam em uma fileira, para que você possa seguir em frente e lidar com a situação de maneira apropriada, para não ficar fora da responsabilidade profissional, legalmente responsável por qualquer coisa que possa ser litigiosa ou o que quer que seja. Isso vai levar algum tempo… E eu poderei seguir em frente no mundo”

Até agora apenas Fisher se manifestou sobre estes abusos supostamente cometidos, um rumor antigo dava conta que a diretora de Mulher-Maravilha, Patty Jenkins, não queria mais que Gal Gadot trabalhasse com a personagem nos filmes que o diretor poderia se envolver no futuro da DC, Joss Whedon também foi muito criticado quando o seu roteiro de Mulher-Maravilha vazou, ao qual foi classificado como e machista.

Afastado do filme por conta do suicídio da sua filha, Zack e sua esposa Deborah Snyder – que também produziu o longa – não chegaram a finalizar totalmente o projeto.  Joss Wheldon, diretor de Vingadores e Vingadores: Era de Ultron, foi chamado pela Warner para refilmar boa parte da produção, mudando assim acontecimentos previstos no roteiro original do filme, assim como refazer cenas importantes da trama. Snyder revelou recentemente que jamais viu a versão que saiu para o cinema, sempre dando a entender que gostaria de exibir ao público a sua visão dos heróis.

Liga da Justiça recebeu críticas mistas da mídia especializada na época de seu lançamento, com destaque positivo às atuações de Gadot (Mulher-Maravilha) e Ezra Miller (Flash), as sequências de ação e os efeitos visuais, enquanto que o enredo, a narrativa, o ritmo, o vilão e o excessivo uso de efeitos especiais foram recebidos de forma negativa. 

Arrecadando mais de US$ 657 milhões mundialmente, sendo assim o décimo quarto longa-metragem de maior bilheteria daquele ano, ficou abaixo das expectativas do estúdio (com perdas estimadas entre US$ 50 e US$ 100 milhões) e é o título de menor receita do então universo estendido da DC Comics no cinema.

Liga da Justiça: Snyder Cut estreia em 2021 na HBO Max.

Continue Reading

cinema

#JuntosPeloCinema lança site e primeiro vídeo, enquanto as salas ainda estão fechadas

Profissionais se uniram para colaborar num projeto que apoia as empresas na preparação para o momento em que as salas de cinema vierem a reabrir.

Avatar

Published

on

By

Pela primeira vez no mercado brasileiro, exibidores, distribuidores, produtores, criativos e parceiros da indústria estão envolvidos em um projeto único com o intuito de preparar e implementar a retomada do cinema no Brasil, num movimento chamado #JuntosPeloCinema.

É uma ação inédita que, respeitando a individualidade de cada empresa e mantendo a livre concorrência, busca ações para manter acesa a magia do cinema. Colaborando desde final de março, o grupo de profissionais voluntários envolvidos no projeto tem como meta retomar o diálogo entre a experiência da sala de cinema e o público, de agora até o momento de reabertura das salas pelas autoridades, respeitando os protocolos aplicáveis de segurança e bem-estar já determinados ou em elaboração pelos governos locais.

A ideia nasceu dos profissionais que atuam no meio audiovisual visando auxiliar o segmento de mercado de exibição no Brasil a reencontrar seu público. As ações concretas são mediadas pela Flix Media, empresa especializada em comercialização de espaços publicitários no cinema. Conforme o time da Flix comunicava a ideia da campanha #JuntosPeloCinema, diferentes profissionais e mais players aderiam ao projeto. Neste momento, o que importa é uma coisa: relembrar a experiência incomparável da exibição nas salas de cinema. Esse esforço coletivo e pro bono de mais de 200 profissionais do mercado em prol do cinema é fundado no propósito de oferecer um ambiente de segurança e bem-estar para o público e de preservar milhares de empregos ligados à indústria cinematográfica, do set de filmagem à sala de exibição.

Como resultado, o movimento faz grandes entregas: uma campanha de comunicação que visa fortalecer o vínculo entre o cinema e o seu público. Um estudo sobre os protocolos de segurança e bem-estar desenvolvidos por governos e autoridades de saúde dá apoio, especialmente, aos pequenos e médios exibidores para que possam reabrir as salas com pleno atendimento às diretrizes de biossegurança que são determinadas pelos governos. E o Festival De Volta Para O Cinema, que dará as boas-vindas para o público quando as salas reabrirem.

Na primeira fase da campanha – ainda com as salas sem atividades de exibição -, mais de 300 veículos de mídia abrem espaço em suas programações para divulgar um vídeo que reforça os laços do público com o cinema, também um video e site foram lançados.

Na segunda fase, um pouco antes da data de reabertura das salas ao público – que é determinada pelas autoridades -, se inicia a comunicação sobre os novos procedimentos que acompanham toda a jornada do espectador dentro do cinema. Serão oferecidos aos exibidores materiais que explicam os protocolos elaborados pelos governos locais – eles variam de cidade para cidade ou de estado para estado. Para esta etapa, tem sido fundamental a participação de entidades do setor como a Federação Nacional das Empresas Exibidoras de Cinema (Feneec), os sindicatos estaduais, seus associados e a Associação Brasileira de Multiplex (Abraplex). Eles acompanham a divulgação das diretrizes das autoridades competentes e estão orientando a aplicação dos protocolos.

E quando as salas de cinemas abrirem? O movimento #JuntosPeloCinema ainda irá ajudar a esclarecer as possíveis dúvidas dos espectadores, comunicará os filmes em cartaz ou a estrear e oferecerá um conteúdo muito especial: o Festival De Volta para o Cinema, idealizado pelo crítico, curador e apresentador Érico Borgo em parceria com distribuidores e exibidores, um projeto único na história do nosso cinema.
O Festival está programado para estrear junto com a reabertura das salas. Distribuidores nacionais e estrangeiros conseguiram os direitos e as cópias digitais de filmes que emocionaram os brasileiros. São clássicos, sucessos de bilheteria e crítica que integrarão com as estreias a programação de filmes nas duas primeiras semanas após a abertura. Uma pesquisa de opinião realizada pelo movimento apontou o interesse do moviegoer em rever filmes que marcaram a história do cinema.

Entre os parceiros que estão abrindo espaço para a divulgação dos materiais estão AdoroCinema, Adsmovil, AXN, Buzzfeed, Canal Brasil, Canal Like, Cineclick, Cinepop, Elemídia, Eletromídia, Facebook, Flix Media, Folha de S.Paulo, FSign, Gameloft, Globo através da Globo Filmes, Google, Ingresso.com, JCDecaux, Megapix, MPV7, O Globo, Omelete, OTIMA, Portal Hugo Gloss, Preshow, PrimePass, Rádio JB FM, Rádio Metropolitana, Rede Mix de Rádio, RedeTV!, SBT, Seedtag, Sony Channel, Spotify, Tastemade, Telecine, TV BANDEIRANTES, UOL, Veja Rio, Veja São Paulo, Velox Tickets, Viacom/CBS, Waze, Webedia. Apoio Institucional: Academia Brasileira de Cinema, Ancine, Ministério do Turismo e RioFilme.
Depoimentos:

“#Juntospelocinema. Um movimento de união de todo mercado, inédito, colaborativo e fundamental para garantir a volta da magia do cinema às nossas vidas, de maneira organizada e segura. Acreditamos na experiência irreplicável e transformadora que vivemos nos cinemas, nos unimos em torno disto.”
Adriana Cacace, diretora geral da Flix Media Latam

“Cada ida ao cinema é um evento. A sala escura, a tela grande, o som fazendo estremecer a cadeira… No cinema, você não só assiste ao filme, você o vivencia. O movimento #JuntosPeloCinema quer garantir que essa experiência única retorne com conforto e segurança para a vida do público.”
André Sala, diretor geral da Sony Pictures Brasil e VP sênior de distribuição na América Latina

“No escurinho do cinema,
O coração dispara, quando pega na mão.
Quase explode, no primeiro beijo,
No escurinho do cinema.
Lágrimas rolam, emoção desenfreada.
Doces lembranças,
Do fundo do coração.
Volta cinema.”

Caio Silva, Diretor da Abraplex

“A Paramount Pictures acredita na experiência do cinema e orgulha-se em fazer parte desta iniciativa de todo o mercado para uma retomada de atividades segura e responsável. O cinema faz parte da nossa vida, tem um papel importante na nossa cultura e assim como nós vai se adaptar aos novos tempos, cumprindo o seu papel de trazer informação, emoção e esperança para seus espectadores.”
Cesar Silva, VP & Diretor Geral da Paramount Pictures Brasil

“O cinema sempre fez parte da minha vida – e no âmbito profissional foi graças a essa paixão que consegui muito do que conquistei. Fazer parte desse movimento único na história, o #JuntosPeloCinema, e auxiliar no retorno do público a essa experiência sem igual através do Festival De Volta Para o Cinema é uma honra que carregarei para sempre.”
Érico Borgo, crítico, curador e apresentador

“Acreditamos que a experiência do cinema é única e insuperável. Estamos vivendo um período único na História, mas acreditamos que o papel social dessa experiência será ainda mais relevante. Como empresa atuante principalmente na produção nacional, nossos projetos são desenvolvidos por centenas de mãos trabalhadoras e dedicadas em transmitir nossa cultura para as grandes telas do mundo inteiro. Essa campanha mostra a força e união do nosso setor e é um enorme orgulho fazer parte dela.”
Gabriel Gurman, CEO da Galeria Distribuidora

“Na Warner Bros. Pictures, nós acreditamos no poder das histórias, e não há lugar melhor para contá-las do que nos cinemas. Estamos muito orgulhosos em participar do projeto #JuntosPeloCinema, para que a magia do cinema finalmente retorne e continue a encantar todos os brasileiros, como fazemos há quase 100 anos.”
Hernán Viviano, Diretor Geral da Warner Bros. Pictures Brasil

“O Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas do Estado do Rio de Janeiro está empenhado em unir e fortalecer o mercado, de modo a concretizar um projeto de reabertura das salas que seja sólido, seguro e promissor. A experiência dentro de um cinema é única graças à tela grande e à magia proporcionada por filmes criados especialmente para este momento. Ele é e sempre será o local onde os sonhos se tornam realidade.” Gilberto Leal, Presidente do Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas do Estado do Rio de Janeiro

“A Paris Filmes estará sempre ao lado do cinema, com a qualidade da imagem nas telas grandes e o som imersivo e se orgulha em fazer parte desta iniciativa da união de todo o mercado cinematográfico em parceria com outros grandes profissionais, para uma retomada com segurança, a fim de receber muito bem nossos espectadores, e voltar a encantar, divertir e emocionar a todos com a experiência única do cinema”. Jorge Assumpção, diretor da Divisão de Cinema da Paris Filmes

“Acreditamos desde o início na iniciativa. Apenas em uma sala de cinema se vive a experiência do cinema, é hora de começarmos a voltar com muita segurança e a Campanha e o Festival terão um papel importante nessa retomada.” Juliano Russo, diretor de Marketing, Comercial e A&B da Cinépolis

“A UCI Cinemas tem seus clientes como foco principal e, em primeiro lugar, preza por sua saúde. Em todo o país, estamos trabalhando para garantir a reabertura das nossas salas de cinema e voltar a proporcionar ao público a experiência única que é assistir aos filmes e as grandes estreias na tela gigante, com a maior segurança possível.” Monica Portella, diretora de marketing UCI Cinemas.

“O Kinoplex acredita no cinema há mais de cem anos e estamos seguros de que a união de nossa indústria, que constrói tantas histórias e ilumina a vida do seu público, vai nos permitir ultrapassar mais esse desafio. Com muita segurança e responsabilidade, estaremos prontos para receber nosso público, que de frente à tela gigante poderá viajar por universos repletos de aventura, magia e emoção, algo que só o cinema pode proporcionar.” Patrícia Cotta, Gerente Nacional de Marketing da Kinoplex

“O amor pelo cinema juntou pela primeira vez os protagonistas da distribuição, da exibição e de conteúdo, brilhantemente conectados pela Flix Media e agências que doaram seu tempo e talento para a concepção e planejamento do movimento e campanha para reabertura dos cinemas da melhor forma possível. Evoluímos como indústria, como profissionais e reafirmamos que o cinema é uma experiência única, inigualável e Universal!” Patricia Kamitsuji, Diretora Geral da Universal Pictures no Brasil

“Tão inédito quanto o momento que passamos, é o movimento de união e convergência dos agentes do setor, visando à retomada de suas atividades. O cinema é uma arte que encanta, emociona, diverte e educa há mais de cem anos, sendo imprescindível e insubstituível como prática social e de cidadania.” Paulo Celso Lui, Presidente do Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas no Estado de São Paulo

“É em momentos tão difíceis como o que estamos vivenciando que percebemos a força e a união do nosso setor para a superação dos grandes obstáculos. Estamos ansiosos para voltarmos a proporcionar a magia do cinema aos nossos espectadores, e estamos trabalhando para que isto ocorra com a maior brevidade possível. As pessoas estão querendo muito retornar aos pequenos prazeres da vida, à confraternização com os amigos, o barzinho de chope, o jogo do time do seu coração e aquele cineminha com uma gostosa pipoca. Curtir a vida como antes – Breve em um cinema perto de você.” Ricardo Difini Leite, Presidente da FENEEC (Federação Nacional das Empresas Exibidoras)

“Nós da Cinesystem, temos o maior orgulho de participar ativamente deste projeto de retomada, que será um marco no segmento de cinemas. Estamos vendo a sinergia, a riqueza de ideias e o trabalho altamente qualificado vindo de diversos profissionais do setor, de uma forma única e emocionante. Em breve, a magia do cinema vai voltar em grande estilo e o consumidor vai vivenciar a Experiência que só o cinema proporciona.” Sherlon Adley, Diretor Comercial & Marketing da Cinesystem

“Dá um enorme orgulho trabalhar ao lado de tantos colegas de indústria com um objetivo em comum, em um movimento único no mundo. Nem mesmo os melhores roteiristas poderiam escrever uma saída tão grandiosa para uma crise com tantos superlativos. O Festival De Volta Para o Cinema é o maior festival de cinema do mundo e coroa o trabalho de centenas de profissionais que amam o cinema. Assim como todo fã lembra da primeira vez que foi ao cinema, seguramente a primeira sessão da retomada será uma recordação pra toda vida.” Vinícius Pagin, diretor de Programação da Cinemark

Continue Reading

cinema

Shazam! fica em primeiro lugar nas bilheterias do Brasil

O filme da DC que arrecadou uma grana satisfatória para a Warner no ano passado parece não ter perdido a majestade no Brasil.

Avatar

Published

on

By

O filme da DC que arrecadou uma grana satisfatória para a Warner no ano passado parece não ter perdido a majestade no Brasil.

Com o isolamento social e a quarentena milhares de pessoas tem ido ao cinema Drive- In e também com a abertura de algumas redes de cinema em algumas regiões do pais. O filme da DC Comics sucesso no ano passado Shazam!, arrecadou no meio disso tudo 18 mil reais no último final de semana (contando com a quinta-feira), a informação é do site Omelete.

Angry Birds: O Filme, lançamento de 2016 ficou um pouco atrás com R$ 15 mil . Em terceiro temos Yesterday, um dos filmes mais relevantes do ano passado, da Universal, arrecadando 14 mil.

Em Shazam! Billy Batson tem apenas 14 anos de idade, mas recebeu de um antigo mago o dom de se transformar em um super-herói adulto chamado Shazam. Ao gritar a palavra SHAZAM!, o adolescente se transforma nessa sua poderosa versão adulta para se divertir e testar suas habilidades. Contudo, ele precisa aprender a controlar seus poderes para enfrentar o malvado Dr. Thaddeus Sivana.

Shazam! esta disponível na plataforma HBO GO.

Continue Reading

Parceiros Editorias