Connect with us

Fandom

Animais Fantásticos: Os Crimes de J. K. Rowling

Mariana Moreira

Published

on

Com a estréia da sequencia de Animais Fantásticos, Os Crimes de Grindelwald fomos surpreendidos com um fanservice que gerou mais duvidas que celebrações na realidade.

A presença de uma jovem professora de sobrenome Mcgonagall seria sem duvidas um fanservice de aquecer até o meu coração gelado se não fosse o fato de Minerva ter nascido em 1935 e a historia se passar em 1927.  Tá, pode ser um parente….

Vamos a biografia provida pela própria autora J.K sobre ela: Minerva é mestiça, seu pai era um pastor presbiteriano Robert MCGONAGALL e sua mãe uma bruxa Isobel ROSS. Minerva leva esse nome em homenagem a avó de sua mãe MINERVA ROSS.  A família de Robert é totalmente trouxa, sendo o primeiro contato dele com a magia através da sua filha. Ou seja, não existia mais ninguém da família antes dela. A menos que Minerva seja tão habilidosa a ponto de usar um vira tempo no plano espiritual antes de reencarnar eu acho que esse é mais um para as coleções de furos da J.K.

Não seria a primeira e nem única vez que a autora estabeleceu algo e depois voltou a trás como se nunca tivesse dito. Coisas como a idade de Dumbledore, a pele de Hermione, o heroísmo de Snape….

O que incomoda bastante em furos como esse é a total falta de necessidade dele, fazendo referencia ao meme: Ta vendo essa barra?? Não force ela!  Animais fantásticos já apresenta conexões suficientes com a trama de Harry Potter, obviamente qualquer spinoff no mesmo universo terá ligações naturais, para que se contradizer apenas para dar mais uma ? É uma personagem extremamente querida ? Sim. Porém sua presença no filme não interfere na trama, não há algo que somente ela poderia fazer naquele universo, nada justifica a contradição apenas para uma menção, apenas para pegar a memória afetiva do potterhead.

Não importa qual justificativa a autora dê agora, a reflexão está no ar, vale mesmo esse malabarismo todo só pra plantar mais uma referencia  em um oceano delas ??

Fanservices são sempre bem vindos desde que feitos de forma fluida, sem ferir o canônico.

Continue Reading
Comments