Connect with us
Avatar

Published

on

Nessa quarta feira (05) chegou ao Fortnite a atualização do patch 13.40, batizado de Direção e Diversão (Joy Ride no original). O patch prometia trazer novos veículos, além de novas dinâmicas para jogo.

Sendo introduzidos nessa terceira temporada, os carros primeiramente foram adicionados ao jogo mas sem a possibilidade de conduzi-los, sendo essa uma habilidade que foi liberada com essa atualização, trazendo novas maneiras de se locomover pelo mapa, junto com novas estratégias.

A principal novidade do patch que podia ser conferida nos trailers era a adição de 4 carros distintos, cada um com suas próprias características ao jogo, que iremos listar a seguir:

Islander Prevalent:

O primeiro e mais comum carro é o Islander Prevalent. O jogador consegue encontrá-lo em diferentes cores e modelos, inclusive como carro de Táxi! Descrito no site da Epic Games como “O espírito da responsbilidade”, o simpático popular é o carro perfeito para levar um companheiro em segurança pelo mapa, até por ser mais fácil de dirigir em relação aos outros. Ele é facilmente encontrável em áreas urbanas e estradas do jogo, mas terá dificuldades para andar em terrenos desregulares.

OG Bear:

O segundo é a picape OG Bear. Encontrada principalmente em áreas não urbanas, ela faz o trampo de andar nos terrenos irregulares que o Prevalent não conseguia lidar com facilidade, sendo “Seu melhor amigo para todos os terrenos”, de acordo com a Epic. Além disso, possui uma resistência maior que o Prevalent, e permite que um companheiro fique na área de carga para disparar contra inimigos. Também pode ser utilizada para atropelar barreiras (e pessoas).

Whiplash:

Sendo feito “Para você voar sem sair do chão”, Whiplash é o carro perfeito para quem quer atingir altas velocidades a atravessar o mapa rapidamente. Esse carro de luxo não é tão facilmente encontrado e nem é fácil de dirigir, porém conta com a maior aceleração e um Nitro Boost pra quem é fã de Velozes e Furiosos. Alguns jogadores até já reportaram conseguir andar algum tempo sobre a água com ele ao atingir velocidade máxima (Porém ainda se recomenda que se utilize os Jet Skis).

Titano Mudflap:

Por fim, o último veículo de destaque é o caminhão Titano Mudflap, entre nele e “Domine a estrada”, simples assim. Como caminhões da vida real, esse veículo é lento, pesado e bruto. Você pode usar ele para passar por cima das construções dos outros jogadores destruindo tudo em seu caminho. A sua falta de velocidade dificulta que ele lide com ladeiras, então deve ser usado de forma estratégia pelos jogadores, defensivamente ou ofensivamente, vai da sua criatividade! Não é o veículo mais apropriado para locomoção, mas com certeza é o melhor para combate.

Mas a direção não é a única mecânica que os carros possuem, ao entrar neles os jogadores vão reparar que todos possuem um medidor de combustível que se esvazia com o tempo. Cada modelo tem um consumo próprio de combustível (Whiplash, por exemplo, consome grandes quantidades quando liga seu nitro turbo). Mas não é necessário largar o carro quando a gasolina estiver acabando, é possível encontrar diversos postos pelo mapa nos quais basta entrar com o carro e chegar perto de uma bomba de gasolina para reabastecer. Caso não haja um posto por perto, ainda existe a possibilidade de se encontrar galões de gasolina (Um novo item adicionado ao jogo) e levá-los manualmente até o veículo para reabastecê-lo, bastando ficar do lado dele enquanto o processo ocorre.

Outra mecânica adicionada aos carros é a possibilidade de ouvir músicas em estações de rádio enquanto dirige, contando até o momento com 4 estações: Party Royale, Radio Yonder, Beat Box e Power Play. É possível que com o tempo sejam adicionadas mais estações e mais músicas ao jogo.

O patch ainda trouxe algumas mudanças de menor destaque como ajuste de taxa de drop de alguns itens, adição de novos items a loja do jogo, adição de novas conquistas e desafios secretos.

Além disso, houve aumento na velocidade com que a tempestade se fecha dentro dos games, que combinado com a adição dos carros indica uma decisão da Epic Games de deixar o jogo mais acelerado.

Fortnite está disponível para PS4, Xbox One, Nintendo Switch, PC e dispositivos móveis.

Advertisement
Comments

Games

Cartão SSD externo para Xbox Series X e Series S vai custar R$2299 no Brasil

Apenas a expansão de memória irá custar quase o valor de um console

Avatar

Published

on

Estamos cada vez mais próximos da chegada oficial da nova geração de consoles da Microsoft, os valores nacionais foram anunciados e agora estamos recebendo as novas informações sobre os periféricos e acessórios.

Dentre esses acessórios, um que já estava na mira de muitos futuros compradores do Xbox Series S era o SSD externo para expandir a memória do console, já que inicialmente o Series S virá com apenas 500gb de armazenamento.

O valor do SSD de 1TB apareceu no site oficial da Xbox no Brasil pelo valor de R$2.299, segundo a Microsoft, esse é o preço sugerido, contudo pode variar de acordo com o revendedor.

Considerando o custo desse armazenamento externo, comprar o Xbox Series S com a expansão de memória pode sair quase o mesmo preço do Xbox Series X, que custará R$ 4.999 e virá 1 TB de SSD interno.

Este cartão SSD da nova geração da Xbox é produzido em parceria com a Seagate e terá a mesma velocidade que o armazenamento interno do console. Os jogos criados para o Xbox Series X e Series S só terão loading mais rápido e a função Quick Resume se estiverem no armazenamento interno ou em um desses SSD.

Xbox Series X e Series S serão lançados 10 de Novembro

Continue Reading

e-Sports

Worlds 2020 | INTZ começa bem mas termina o dia com duas derrotas

INTZ começa bem as partidas, mas sofre duas derrotas no primeiro dia e se complica no grupo.

Avatar

Published

on

E finalmente começou. Depois de todos os anúncios e treinamentos, chegou a hora da verdade para o LoL Global, e tivemos o início do Mundial e sua fase de entrada.

Na torcida pela equipe Brasileira pela difícil fase de entrada, pudemos conferir qual foi a evolução dos jogadores durante seu período no super server chinês. E para cobrir a fase de entrada, aqui no Cabana vamos produzir dois tipos de matéria: Uma focada nos nossos intrépidos, e outra sobre os jogos das outras equipes.

A vida da INTZ não foi fácil neste primeiro dia, enfrentando a MAD Lions, equipe cotada como a mais forte do grupo, logo na abertura do campeonato, e a Legacy Esports pouco tempo depois. Posto isso, confira como foram as duas partidas da equipe brasileira nesse primeiro dia de mundial:

5:00H – INTZ X MAD Lions: Vitória da MAD Lions

MVP da partida: Carzzy – Jhin (5/0/8)

A primeira partida do evento começou como se esperava: Bastante morna e com equipes se estudando, se diferenciando na mid lane, onde ambos jogadores usavam atiradores e a porradaria comia solta, mas com vantagem para Humanoid e seu Lucian, que obrigavam Envy e sua Tristana voltar para a base recuperar vida com frequência.
A primeira grande jogada e chance de abate ocorreu para os Brasileiros, com Shini respondendo counter gank de ShadoW na top lane. Os dois jogadores brasileiros viraram na Evelynn do adversário, com Tay utilizando a Ult de seu Urgot para tentar garantir a kill. Para finalizar o campeão adversário, Tay utilizou o incendiar, que ele não possuía. Em um erro claro de nervosismo, o top laner brasileiro usou um TP colado na trinket da frente, gastando seu feitiço e desperdiçando a oportunidade de abater o adversário e garantir o first blood.
Como quem não faz, toma, no gank seguinte na lane do topo a MAD Lions garantiu o First Blood para Orome.
O jogo se desenhava com a MAD Lions garantindo pequenas vantagens pelo mapa enquanto a INTZ não deixava a distância disparar demais, apostando no crescimento da Ashe de MicaO, de Envy e Tay, e buscando garantir dragões.
Bom salientar que Tay não se abalou com o erro inicial, e sempre que ocorriam skirmshs pelo mapa, o jogador conseguia garantir kills com sua ult.
A equipe brasileira estava bem no jogo, até cometer sucessivos erros de posicionamento (nenhum dele por micaO) que garantiram abates e o barão para o adversário. Apesar que vale destacar que, com três jogadores, a INTZ tentou contestar o bônus, garantiu abates e quase conseguiu o roubo.
Com o bônus, a MAD Lions abriu a rota do meio e garantiu muito ouro de vantagem no jogo. A INTZ mostrava que brasileiro não desiste nunca, e com uma  bela armadilha no meio do mapa garantiu um triple kill para Tay. Se o top brasileiro começou o jogo nervoso, ele passou a ser grande pilar de uma possível reação da equipe, chegando a ficar 9/1 na partida.
Quando o bônus do barão renasceu, a MAD Lions lutou, conseguiu 4 abates e o bônus. Com a vantagem, a equipe ainda demorou pra conseguir utilizá-la no mapa, mas, aproveitando um erro de combo do Alistar de Redbert, conseguiu mais dois abates e levou a partida.
Apesar da derrota, os intrépidos fizeram uma boa apresentação, e demonstraram ter forças pra jogar o campeonato em alto nível.

7:00H – Legacy Sports X INTZ: Vitória da Legacy Sports

MVP da partida: Tally – Sett (2/2/9)

O jogo começou com Shini e seu Volibear forçando bastante, invadindo e forçando jogadas pra cima da Nidalee de Babip. Diferente da partida anterior, nesta a equipe brasileira mostrou um bom começo de partida, se saindo melhor nas rotas e nas primeiras rotações por objetivos. Com essa rotação, a INTZ garantiu o primeiro dragão rapidamente, mas em sequência teve Shini abatido em rotação de 4 jogadores da equipe da Legacy, deixando o first blood com os adversários.
A Legacy buscou fazer o que faz de melhor, e rotacionou mais de uma vez para a top lane para conseguir abates em cima de Tay, dando o ouro para a Camille de Topoon e garantir os arautos. O primeiro bônus foi usado para garantir a primeira torre da bot lane, que caía rapidamente devido a tristana de Raes. Para a equipe da INTZ, restou garantir os dragões e tentar responder as rotações.
A INTZ usava e abusava das ults do Bardo de RedBert para tentar pick offs, mas apesar de acertar suas ults, a Legacy rotacionava bem e usava suas ferramentas para realizar o desengage e defender seus jogadores.
Apesar do placar apontar mais de 4 mil de vantagem para a Legacy, a INTZ começou a lutar muito bem a partir dos 20 min, mostrando que estava viva na partida.
Perto dos 30 min de jogo a INTZ fez uma troca perigosa, garantiu a alma da montanha pelo custo do inibidor do topo, que deu espaço para Legacy garantir o barão. Na saída do bônus, a INTZ lutou muito bem, conseguindo eliminar e tirar o bônus de três jogadores do time adversário.
O placar apontava mais de 6 mil de ouro de vantagem para a Legacy, mas a INTZ lutava MUITO melhor, e começava a limpar os adversários nas lutas sem perder membros. Até o momento que a Legacy conseguiu eliminar micaO rapidamente em uma luta sem Tay, limpando o time da INTZ e em sequência garantir o Dragão Ancião e Barão.
A INTZ tentou se segurar de forma heróica, mas com o double buff não teve jeito e a Legacy levou a partida.

Infelizmente no primeiro dia não deu para os meninos da INTZ. De saldo positivo, a equipe não jogou mal em nenhuma das duas partidas, de saldo negativo, diversos erros pequenos custaram ambos os jogos. Agora cabe aos intrépidos tentar buscar a classificação nos jogos contra a Papara Supermassive e contra a Team Liquid nos próximos dias de fase de entrada. E para nós, restar torcer.

A INTZ agora enfrenta a Supermassive às 6 horas do dia 26, e a Team Liquid às 7 horas do dia 28.

Continue Reading

Games

SNK anuncia Samurai Shodown para Xbox Series X/S

Reboot de 2019 deverá ser lançado também para os novos consoles da Microsoft.

Avatar

Published

on

Lançado em 2019, para Nintendo Switch, PC, Playstation 4 e Xbox One, e sendo um reboot de sua série, Samurai Shodown chega agora a nova geração de consoles como um exclusivo dos Xbox Series.

Lançado inicialmente em 1993, a série de luta se destacou por trazer elementos novos pra época em sua gameplay. Cada personagem possuía sua própria arma de combate, que poderia ser derrubada pelo adversário dependendo do que ocorresse na partida, sendo necessário pegá-la novamente no chão para voltar a ter acesso a todo o leque de habilidades do lutador. Além disso, no fundo dos estágios de luta, as vezes passava um NPC correndo e jogando itens que podiam tanto causar dano como recuperar a vida, tumultuando o combate. Por fim, o jogo ainda seguia na onda de Mortal Kombat, lançado um ano antes, onde era possível executar seu oponente partindo-o ao meio dependendo de como se finalizava a luta.

O Reboot de 2019 trouxe em si gráficos muito bonitos e bastante parecidos com The King of Fighter XIV, usando personagens 3D em uma luta 2D. O destaque aqui também fica pelo uso da técnica do Cel Shading, que faz com que gráficos em 3D fiquem semelhantes a desenhos de mangás. Ao mesmo tempo em que tínhamos gráficos renovados, a gameplay se mantinha fiel àquela adorada pelos fãs da saga.

“Previsto para chegar em breve ao mercado, o Xbox Series X|S é o mais inovador e avançado console de nova geração da Microsoft, e eu não poderia estar mais animado em fazer parte de sua presença massiva entre a comunidade de jogadores”, diz Yasuyuki Oda, produtor do jogo. O que podemos imaginar é que o game seja trabalhado para apresentar gráficos ainda melhores nos Xbox Series, mas sem apresentar mudanças na sua jogabilidade e/ou opções dentro de jogo.

Apesar de ter sido anunciado de forma exclusiva para o Xbox Series, considerando a presença do jogo em diversas plataformas na geração anterior, é possível que após algum tempo a exclusividade seja quebrada e ele passe a ser multiplataforma também na nova geração de consoles.

Os consoles Xbox Series X e Xbox Series S serão lançados em 10 de Novembro de 2020.

Continue Reading

Parceiros Editorias