besouro azul

Besouro Azul | DC Comics e Warner escolhem diretor do filme

O roteiro é do escritor mexicano Gareth Dunnet-Alcocer, que escreveu o remake “Scarface” da Universal.

O diretor de “Charm City Kings“, Angel Manuel Soto, vai dirigir “Besouro Azul“. O primeiro filme de super-herói da DC Films e da Warner Bros. estrelado por um personagem latino, informa o site The Wrap.

O roteiro é do escritor mexicano Gareth Dunnet-Alcocer, que escreveu o remake “Scarface” da Universal.

Na DC Comics, Besouro Azul é o álter ego de super-herói usado por três heróis diferentes, mas o filme se concentrará no adolescente mexicano-americano Jaime Reyes, o terceiro personagem a assumir o manto do Besouro Azul.

Besouro Azul foi criado por Charles Wojtkowski para a Fox Comics em 1939 como o álter ego de Dan Garrett, um policial que usa vitaminas experimentais para desenvolver super poderes. Depois que a Fox Comics fechou em 1950, Charlton Comics obteve os direitos do Besouro Azul e reimaginou Garrett como um arqueólogo que recebe seus poderes de uma tecnologia egípcia antiga. Em 1966 Charlton introduziu o personagem Ted Kord, um atleta e inventor criado pelo lendário escritor de quadrinhos Steve Ditko, como uma nova versão do herói.

Charlton fechou no início da década de 1980 e seus personagens foram comprados pela DC Comics, que os introduziu no universo principal da DC após o evento crossover “Crise nas Infinitas Terras”. Ted Kord permaneceu como Besouro Azul durante a transição e notavelmente serviu como inspiração de Alan Moore para o personagem Nite Owl em “Watchmen”.

Criado por Keith Giffen, John Rogers e Cully Hamner em 2006, Jaime Reyes foi introduzido durante o crossover “Crise Infinita” antes do lançamento de um novo “Besouro Azul” em maio de 2006.

O filme do Besouro Azul não tem data de estreia nos cinemas.

Total
1
Shares
Related Posts
Total
1
Share