Connect with us

HQs

Bienal Rio: Prefeitura do Rio manda fiscais para lacrar obras LGBT

Fiscais da prefeitura do Rio de Janeiro estão lacrando diversas obras na Bienal do Rio de Janeiro.

Edi

Published

on

Fiscais da prefeitura do Rio de Janeiro, comendada pelo prefeito e bispo da Igreja Universal, Marcelo Crivella, estão lacrando diversas obras na Bienal do Rio de Janeiro.

Segundo alguns perfis no Twitter, com fotos, os fiscais estão andando pelos stands das editoras e livrarias da Bienal para censurar obras que tenham temática LGBT.

Todas os encadernados da Marvel publicado pela editora Devir, ‘Vingadores: A cruzada das crianças‘ se esgotaram rapidamente depois do prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella fazer “censura” ao material.

A HQ estava na mira do prefeito, bispo da Igreja Universal, pois continha dois homens se beijando. O prefeito pediu que os quadrinhos fossem vendidos dentro um “plástico preto” alertando que o material continha “conteúdo sexual”.

Ontem o prefeito Marcelo Crivella ordenou que a Bienal retirasse o livro sobre o pretexto de “Não é correto que elas tenham acesso precoce a assuntos que não estão de acordo com suas idades”, afirmou.

A Bienal do Rio então se posicionou sobre o ocorrido.

A Bienal Internacional do Livro Rio, consagrada como o maior evento literário do país, dá voz a todos os públicos, sem distinção, como uma democracia deve ser. Este é um festival plural, onde todos são bem-vindos e estão representados. Inclusive, no próximo fim de semana, a Bienal do Livro terá três painéis para debater a literatura Trans e LGBTQA+.

A direção do festival entende que, caso um visitante adquira uma obra que não o agrade, ele tem todo o direito de solicitar a troca do produto, como prevê o Código de Defesa do Consumidor.

Sinopse do encadernado Vingadores: Cruzada das Crianças – Wiccano, dos Jovens Vingadores, perde o controle sobre seus poderes de alteração da realidade durante uma missão, fazendo todos à sua volta se lembrar da Feiticeira Escarlate e a maneira trágica como sua carreira terminou. A possibilidade de ele e seu irmão Célere serem filhos legítimos de Wanda Maximoff leva os jovens heróis a iniciar uma busca pela feiticeira mutante, mas também os coloca ao lado de Magneto e em confronto direto com os Vingadores e o Doutor Destino.

Roteiro de Allan Heinberg e arte de Jim Cheung.

A Bienal do Livro acontece até domingo no Rio Centro.

Comments