Connect with us

e-Sports

Black Dragons é vice-campeã mundial da Rainbow Six Pro League

Avatar

Published

on

Em casa, BD supera bicampeã Penta Sports na semifinal, mas acaba perdendo o título para a finlandesa Ence eSports.

A Ence eSports é a campeã da terceira temporada da Rainbow Six Pro League 2017. A equipe finlandesa ficou com o troféu após vencer a Black Dragons por 2 a 0, na grande final da competição, que aconteceu neste domingo (19), na MAX5 Arena, em São Paulo. O time brasileiro conseguiu a classificação de forma heroica ao superar a bicampeã e invicta no torneio, Penta Sports, na semifinal, mas não resistiu à última partida e ficou com o vice-campeonato pela segunda vez. Antes, a Ence havia eliminado a também brasileira Team Fontt, uma das favoritas ao título.

Mais uma vez, o público brasileiro mostrou o porquê de o país ser considerado um dos mais apaixonados pelo Rainbow Six. Os fãs lotaram a arena e não pararam de torcer um minuto sequer. A força da torcida fez com que as equipes brasileiras tivessem um integrante a mais em cada partida.

Na grande final, o primeiro mapa foi o Oregon, escolhido pela BD, escalada com Wagner “wag” Alfaro, Gustavo “Psycho” Rigal, Júlio “Julio” Giacomelli, João “Kamikaze” Gomes e Pedro “pzd” DutraEle, entretanto, foi dominado pela Ence, que venceu por 5 a 2, sem dificuldades.  A equipe foi escalada com Jouni “Bounssi” Salo, Niklas “Willkey” Ojalainen, Otto “pannari” Heikkinen, Ville “SHA77E” Palola e Juhani “Kantoraketti” Toivonen.

Já o Chalé, escolha da finlandesa, pareceu que seria palco de um “passeio” da BD, que chegou a abrir 4 a 0 de vantagem sobre a rival. Mas o que parecia improvável aconteceu: a Ence conseguiu levar a partida ao overtime, virou o placar por 6 a 4, e ficou com o título inédito de melhor do mundo. Ao todo, foram distribuídos US$ 275 mil em premiações na terceira temporada da Rainbow Six Pro  League 2017. A vencedora levou para casa US$ 75 mil.

Gustavo “Psycho” Rigal, da Black Dragons, analisou as finais e projetou o futuro da equipe no próximo ano: “Um ponto muito bom é que a gente chegou à final de um mundial. Mas, ao mesmo tempo, a gente fica um pouco triste porque tínhamos a vitória nas mãos e mesmo assim não conseguimos agarrá-la. Chegamos muito longe com essa line-up. Isso é uma prova da nossa competência. Mas a nossa expectativa para as próximas competições é vencer tudo o que encontrarmos em nosso caminho, vencer tudo e ser campeão mundial”.

SEMIFINAIS

Team Fontt vs Ence

O duelo de abertura das semifinais terminou com a equipe brasileira Team Fontt sendo derrotada pela finlandesa Ence eSports por 2 a 0. Surpresa para os fãs brasileiros, que acreditavam no time como um dos favoritos ao título.  

Escolha da Ence, o Consulado foi o cenário da vitória do primeiro mapa. Os finlandeses foram protagonistas e dominaram taticamente a disputa até o fim.

Já o Chalé foi palco de um modesto contra-ataque da Fontt, ainda no início do confronto. Porém, seus esforços não foram suficientes para uma virada. O mapa terminou em 4 a 3 para a Ence, que garantiu a classificação para a grande final. A equipe brasileira contou com Leonardo “Astro” Buzzachera, Gabriel “Cameram4n” Hespanhol, Rafael “Mav” Loureiro, João Vitor “HSnamuringa” da Silva e Guilherme “Gohan” Alf  na partida.

Para Astro, da Fontt, a derrota não deve desanimar a equipe: “Acho que a gente, ao longo das temporadas, teve um desempenho bom, mas infelizmente não conseguimos ler as táticas do adversário. Agora, mesmo com a eliminação, não podemos nos abater. Precisamos focar nos treinos, melhorar e ter mais coesão para vencermos”.

Black Dragons vs Penta Sports

Apreensão seguida de vitória da equipe brasileira. O jogo entre Black Dragons e Penta Sports, duas vezes campeã do mundial, foi emoção do início ao fim. E para alegria dos fãs da BD, que não pararam de incentivar um minuto, a partida terminou com vitória por 2 a 0 e classificação para a final. Surpresa para todos, que viram a primeira derrota da equipe europeia atuando de forma presencial na Pro League 2017.

A partida começou com o mapa Chalé, escolha da BD. Com boa leitura de jogo, a Penta começou vencendo. Porém, o time brasileiro cresceu na partida e disputou ponto por ponto até conseguir a virada por 5 a 3. A MAX5 Arena, lotada de fãs da equipe, veio abaixo.

No Casa de Campo, escolha da até então favorita Penta, a BD manteve a frieza ao analisar as táticas da adversária. A Penta, que teve à disposição Daniel “Goga” Mazorra Romero, Fabian “Fabian” Hällsten, Thomas “Shas[O]Udas” Lee, Balazs “Blas” Kovari, Joonas “jNSzki” Savolainen, Niclas “Pengu” Mouritzen e Niklas “KS” Massierer, não conseguiu reagir. A equipe viu sua rival abrir vantagem e fechar a partida por 5 a 2. Com a vitória, a BD alcançou sua segunda final da Rainbow Six Pro League.

ANÚNCIO DO TERCEIRO ANO DE RAINBOW SIX SIEGE

No intervalo entre as semifinais e a decisão da Pro League, a Ubisoft apresentou o plano de novos conteúdos e expansões para 2018 aos fãs de Rainbow Six Siege.

Em 2018, o terceiro ano de competições da modalidade será estruturado com novidades divididas em quatro temporadas, incluindo:

• oito novos operadores das CTUs mundiais de alto desempenho;

• dois novos mapas com cenários da Itália e Marrocos;

• um novo mapa já existente recriado com novo nível de design e direção de arte

O Ano 3 começará com a Operação Chimera. Esta temporada terá dois operadores especialistas em situações biologicamente arriscadas que, além de serem jogáveis nas partidas multiplayer, terão de enfrentar durante quatro semanas uma grande ameaça no que será o primeiro evento cooperativo da história do jogo, chamado Outbreak. Este evento estará disponível durante quatro semanas gratuitamente para os proprietários do Rainbow Six Siege. Ele também contará com uma coleção exclusiva de itens cosméticos, disponível somente durante o período do evento.

A revelação completa da Operação Quimera e Outbreak ocorrerá em Montreal, no Six Invitational 2018. Mais informações sobre o Ano 3 estarão disponíveis em breve.

O Season Pass do Ano 3 estará disponível para compra a partir de 12 de dezembro. Antes disso, os jogadores ainda têm uma última chance de comprar o passe de temporada do Ano 2 que inclui não apenas oito operadores (Mira, Jackal, Ying, Lesion, Ela, Dokkaebi, Vigil e Zofia ), mas também uma série de itens exclusivos de personalização.

Para obter todas as notícias sobre Rainbow Six Siege, visite: https://rainbow6.ubisoft.com.

Para assistir novamente às finais da temporada 3, visite: http://twitch.tv/ubisoftesports e http://youtube.com/ubisoftesports.

Editora de Games e E-Sport do site, jornalista, amante das causas minoritárias, participante ativa do movimento negro brasileiro e do feminismo. Para sugestões de pauta enviar para: anaschuchd@hotmail.com

Advertisement
Comments

e-Sports

Jovirone anuncia que jogará competitivamente em 2021

“Esse com certeza é o próximo passo a ser dado. Vamos com luta, garra e fé que a gente com certeza vai JANTAR os caras.” completou Jovi.

Alexia Menezes

Published

on

jovirone all star

João Victor “Jovirone”, um dos maiores streamers do Brasil, anunciou em seu twitter na madrugada desta quinta-feira (2) seus planos de entrar para o cenário competitivo. Com apenas 21 anos, Jovirone alcançou números gigantes na plataforma de streaming e conta com quase 400 mil seguidores em suas redes sociais.

“Esse com certeza é o próximo passo a ser dado. Vamos com luta, garra e fé que a gente com certeza vai JANTAR os caras.” completou Jovi.

O streamer já atuou em alguns jogos como jungler em caráter amistoso e foi um dos representantes brasileiros no All-Star de 2019. Os fãs e jogadores profissionais sempre comentaram que o mesmo tinha muito para agregar no meio competitivo, por ser um ótimo player nas filas ranqueadas e sempre manter suas contas no Desafiante.

Imagem: Reprodução

Jovi ainda irá pegar o novo sistema de franquias que o Campeonato Brasileiro irá adotar a partir de 2021. Ainda não se sabe em qual time o streamer irá entrar, mas os fãs já estão especulando a equipe do Santos.

Continue Reading

e-Sports

Klaus ressalta seu erro em chamar jogador de cotista

No mesmo dia do ocorrido, a Vivo Keyd também se pronunciou sobre a conduta do jogador e afirmou que o mesmo seria repreendido e penalizado, mas não chegou a comentar que tipo de punição seria aplicada.

Alexia Menezes

Published

on

Klaus keyd

No dia 19 deste mês, o Klaus, atirador da Vivo Keyd foi punido por chamar um jogador de cotista com teor ofensivo durante uma partida de SoloQ.

Imagem: Reprodução/twitter

O jogador chegou a se pronunciar e tentar se retratar por meio de um texto que acabou piorando a situação, mas que ressaltava o pedido de desculpas e dizia entender o hate que estava passando no twitter.

https://twitter.com/klauslol1_/status/1274029228565069824

“Muitas pessoas não sabem mas estudei a maior parte da minha vida em colégio publico, desde os 14 anos já trabalhava fora de casa pra ter uma renda extra(nunca precisei ajudar em casa e sou grato por isso porque sei que muitos não tem esse privilegio) e inclusive só consegui entrar na faculdade por cotas e ganhar uma bolsa, caso contrário não teria condições então eu conheço várias realidades e inclusive vi muitas pessoas com muito mais dificuldades do que eu.” e ele completou, “Enfim, sei que pisei na bola e de verdade não é uma filosofia que eu vivo acredito ou que eu ache certo. Unica coisa que vou posso fazer agora é baixar a cabeça e pedir desculpas pra vocês, sei que decepcionei vários hoje e não vai se repetir independente do que acontecer.

No mesmo dia do ocorrido, a Vivo Keyd também se pronunciou sobre a conduta do jogador e afirmou que o mesmo seria repreendido e penalizado, mas não chegou a comentar que tipo de punição seria aplicada.

Klaus voltou a pedir desculpas na tarde desta segunda-feira (29), agora em vídeo, não só para pedir desculpas pelo “erro grave” mas para conscientizar aos fãs não reproduzirem o que ele disse.

https://twitter.com/klauslol1_/status/1277626072499191809

“Toda vez que você usa o termo cota ou cotista de forma pejorativa, é muito errado. Isso implica em muitas coisas mais do que apenas um jogo. Então quero me desculpar porque eu errei e foi um erro muito grave e não acho que tenha explicação ou justificativa pra isso então eu to aqui pra pedir desculpas porque é muito errado usar esse termo.”

O jogador ainda comentou que conversou com outros influencers que ajudaram ele a entender o tamanho do problema que ele cometeu e o porque de ser tão errado e ficou grato por eles ensinarem e educarem ele da forma correta.

Continue Reading

e-Sports

CBLOL 20 | paiN assume liderança na tabela após superar Flamengo

Com a derrota do Santos no sábado, paiN assumiu a liderança e acaba se isolando cada vez mais na tabela.

Alexia Menezes

Published

on

LOGO CBLOL 20

O oitava rodada do 2º split do CBLoL 2020 aconteceu neste domingo (28) e trouxe o melhor jogo do campeonato. Com a derrota do Santos no sábado, paiN assumiu a liderança e acaba se isolando cada vez mais na tabela.

paiN Gaming 1-0 Flamengo Esports

Como foi definido no sábado, mesmo com a vitória do Flamengo contra o Santos, o time rubro-negro teria dois bans a menos em seu próximo jogo devido a uma penalidade que o caçador Ranger recebeu. E esses bans custaram a vitória, que a paiN conseguiu levar pra casa. No melhor jogo do Campeonato até aqui, o Flamengo começou o game com mais impacto, mas a paiN mostrou que estava no melhor momento do time. A força do Ezreal do Bvoy foi anulada pela LeBlanc do Tinowns e seus flancos e tudo começou a ser decidido por pequenos detalhes dentro do jogo, e em um erro do Bankai, que levou a vitória para paiN.

https://twitter.com/lolesportsbr/status/1277289876417843200

Santos HotForex 1-0 Vivo Keyd

Em mais um jogo onde o toplaner da vila, JackPot, foi o focado, o time do Santos atropelou os guerreiros e mostrou que a derrota contra o Flamengo não abalou os jogadores. Mesmo com um early positivo para a Keyd, os peixes jogaram pra cima e dominaram o jogo, passando por cima sem muita dificuldade.

https://twitter.com/lolesportsbr/status/1277302571397496832

INTZ 1-0 FURIA

O terceiro jogo do dia foi complicado. A INTZ começou com a vantagem nos abates e utilizou isso para fazer sua composição rodar, que contava com um Zac nas mãos do Shini que fez boa parte das plays dos intrépidos e foi MVP na partida. O resultado dos erros da FURIA que acabou só assistindo o jogo, levou a vitória para a equipe inimiga.

https://twitter.com/lolesportsbr/status/1277317471767351298

KABUM E-SPORTS 1-0 Prodigy Esports

O time dos ninjas alaranjados levaram a vitória do último jogo do dia com direito a quadra-kill nas mãos do Yang. Com os mesmos erros desde o começo do split, a PRG não conseguiu se manter depois das investidas do Revolta e sua Nidalee, e acabou tendo seu nexus derrubado em 30 minutos.

https://twitter.com/lolesportsbr/status/1277330427997564930

A próxima rodada irá acontecer no próximo sábado (04) as 13h. Você pode acompanhar a cobertura do 2º Split do CBLoL 2020 aqui, no Cabana e em nossas redes sociais.

Continue Reading

Parceiros Editorias