Connect with us

e-Sports

CBLoL 2019 – Brasil tem estrutura para o mundial, diz Schaeppi

Isabella Maciel

Published

on

Estivemos entrevistando Schaeppi durante a final do CBLoL 2019 que aconteceu ontem na Juanesse Arena no Rio De Janeiro. Um dos pontos altos da conversa foi a afirmação de que os times brasileiros tem total estrutura para participar ativamente do mundial.

Confira:

Entrevistador do CDL: “Você acha que se a INTZ ganhar pode acontecer a mesma coisa que aconteceu no MSI e sofrer um apagão?”

Schaeppi: “Acho que não. A INTZ, hoje em dia, eu vejo eles como um time muito mais maduro, tanto dentro do jogo quanto fora. A INTZ sempre foi uma equipe pioneira nesse quesito psicológico de trazer psicólogos para o Brasil, de uma equipe técnica robusta e eles, para mim, se fortaleceram muito mais do primeiro Split pra esse. Eles confessaram até que um dos grandes erros foi não ter levado a Natália que é a preparadora psicológica deles para fora. E eles falaram também que caso ganhem, vão leva-la pro mundial porque a pressão de um campeonato no exterior é maior do que campeonato nacional. Porque além de ter que lidar com o seu publico , você tem que lidar com a confiança de um país inteiro. Então você precisa de todo um trabalho com o psicólogo si, você precisa de uma aproximação maior. A cobrança é outra, o tipo de cobrança é outra. Um bombardeamento intenso nas redes sociais. Ainda mais que eles ganhariam do flamengo outra vez. E o flamengo é uma equipe que tem uma leva de fãs gigantesca como dá pra ver aqui na grande final. Então a cobrança desses caras é muito maior porque “você tirou a vaga do meu time. Então agora, faça melhor do que ele.” E para os torcedores, nunca vai ser maior. Então existe um trabalho muito forte, vai ter um hate pesado. Vai ter uma complicação nas redes sociais. E hoje eu vejo a INTZ muito mais preparada, Muito mais madura como time para lidar com essas críticas e saber jogar melhor. Então, eu acho que não vai ter apagão. E, eu tenho certeza, que independente de quem passe, seja o Flamengo ou a INTZ, vai desempenhar melhor do que a ultima apresentação internacional.”

Entrevistador CDL: “E para a grande final em sí, qual é a sua expectativa?”

Schaeppi: “Olha, tá sendo atendida. Em todos os programas que eu participei, falei que, pra mim, a INTZ era favorita, ne… E assim, muita gente fala de “Flamengo, flamengo Flamengo…” e sim, eles são um baita de uma equipe e talvez o melhor elenco que nós já tivemos no brasil. Mas pra mim, o flamengo é isso, cinco grandes jogadores. E, pra mim, a intz é uma grande equipe. Eu acho que o Flamengo tem cinco caras MONSTROS, mas eu ainda sinto falta do flamengo como uma equipe coesa, com entrosamento, com a cabeça no lugar… E eu sinto a INTZ como unidade, sabe? eles estão sempre na mesma página, falando a mesma língua, na mesma sintonia eles estão sempre muito próximos o tempo inteiro e não só essa questão fora do jogo. Dentro do jogo eles mostram bastante entrosamento e apoio e eu acho que esse é o ponto mais favorável da INTZ nessa final.

Entrevistador do CDL: “Você acredita que os times brasileiros tem estrutura para participar do mundial?”

Schaeppi: “Tem! Assim, a INTZ tem a maior game house da América Latina atualmente. É muito grande! Eu estive lá semana passada pra fazer uma matéria e eles tinham três andares de game house. Um andar era só de alojamento, o outro andar é só de técnica que é onde eles tem game offices separada, áreas de lazer, área de troféus, uma exclusiva de meditação e tal. O andar de cima é alimentação, equipe administrativa e técnica. A game house da INTZ é muito completa, como eu falei, é a maior da América Latina e a intz sempre foi um exemplo nessa questão. Já o Flamengo, não possui uma game house, mas foi pioneira em trazer o game office para o brasil. Eles dão condições financeiras muito boas para os jogadores. Então os jogadores moram onde querem e da maneira que querem, e todos eles, pelo menos, falam que isso é muito bom. Então o Flamengo trouxe com esse pioneirismo o “sintam-se em casa”. Porque ao mesmo tempo que você tem uma otima game house, grande e sofisticada, também tem o lado negativo de você morar em um lugar onde você trabalha. E todo mundo sabe que esse é um ponto negativo. Mas em termos de estrutura e apoio, as duas equipes estão sim preparadas para o mundial.

E aí, terráqueos, surpresos? Acho que estamos todos mais empolgados para o mundial depois de um comentário desses. Vale lembrar que o Flamengo terá que disputar a Fase de Entradas. Se classificados, os rubro-negros entram de vez na disputa pelo título do Mundial de League of Legends.  

Cinéfila sem carteirinha, louca das meias temáticas e cosplayer nas horas vagas. Apaixonada pela natureza e pela forma que Kojima desenhou o mundo.

Advertisement
Comments

e-Sports

League of Legends Championship presta homenagem a Remilia

A morte de Creveling foi anunciada em dezembro, depois que pessoas próximas a ela confirmaram a notícia.

Edi

Published

on

By

A Riot Games prestou homenagem à ex-jogadora de League of Legends Maria “Remilia” Creveling no sábado, durante o fim de semana de abertura da temporada 2020 da League of Legends Championship Series.

Creveling foi a primeira mulher a jogar profissionalmente no LCS durante seu tempo com a equipe Renegades anos atrás e era conhecida por suas atuações no campeão da Liga Thresh. Ela morreu no final do ano passado, aos 24 anos.

“Vamos fazer uma pausa rápida, mas antes de partir, queremos reconhecer a perda de Maria ‘Remilia'”, disse Patterson. “Ela faleceu durante as férias dos jogos, mas seu legado como a primeira mulher a competir no LCS e o impacto que ela teve na liga e na comunidade não serão esquecidos em breve. Estendemos nossas condolências aos fãs, amigos e familiares que se choram com sua morte”

A morte de Creveling foi anunciada em dezembro, depois que pessoas próximas a ela confirmaram a notícia.

Continue Reading

e-Sports

CBLOL 20 | BrTT revela como foi jogar contra o Fla “bem difícil”

Tivemos a oportunidade de fazer uma pergunta ao Felipe ‘BrTT’ Gonçalves.

Jude Jacques

Published

on

O Cabana do Leitor esta agora na cobertura da primeira semana do CBLOL 2020. E na primeira partida tivemos Pain comandada pelo veterano BrTT contra o Flamengo comandada pelo Goku.

Tivemos a oportunidade de fazer uma pergunta ao Felipe ‘BrTT’ Gonçalves e confira a resposta abaixo:

Como você lidou com toda a emoção de jogar contra o seu time do coração e se preparar pro primeiro split ao mesmo tempo?

Caramba! Essa é difícil porque eu fiquei muito nervoso! Até evitei falar sobre isso, pra quem em acompanha eu só comentei bem por alto, mas jogar contra o meu ex-time foi difícil, era muita emoção misturada, mas eu tentei focar no meu e segurar todo o nervosismo.

BrTT trocou o Flamengo pela Pain, deixando a organização com certa vantagem na janela de transferencia sobre as demais equipes. Se esta vitoria fará uma diferença real durante o CBLOL que esta apenas começando é o que vamos descobrir ao longo do ano.

Na partida o Flamengo levou a melhor ganhando da Pain no seu primeiro confronto, em uma partida disputada no início.

O CBLOL 2020 esta apenas começando.

Continue Reading

e-Sports

CBLOL | Riot revela novidades para 2020 e promoção com a Gillette

Eduardo Seroa

Published

on

A Riot Games Brasil revelou alguns de seus planos voltados o esports e a comunidade para o ano de 2020. Tendo em vista mudanças na estrutura do CBLoL e novas campanhas com suas parceiras como red bull e gillete, a Riot afirma que esse ano será muito importante para o cenário brasileiro.

O primeiro grande anúncio sobre o cenário competitivo de League of Legends, o CBLoL adotará o modelo de franquias, um tópico que era discutido nas redes sociais desde que o modelo foi adotado pela liga norte americana de LoL.

O diretor de esports Caco Antunes fala que a implementação do modelo se dará ao longo do ano conforme mais informações serão reveladas, para que todo o processo seja transparente ao público. Também conta dos problemas de ter um modelo de franquias, sobre como manter a competitividade em um sistema que não há risco de perder a vaga e as maneiras de revelar novos jogadores nesse modelo.

Não se sabe como ficará o Circuito Desafiante, mas há a possibilidade de se tornar uma liga academy, como acontece na LCS.

A Riot Games Brasil também anunciou que planeja um estilo diferente do CBLoL para o cenário competitivo de TFT, a organização queria fazer algo envolvendo os influenciadores do jogo.

Além das mudanças nas áreas de esports, a Riot Brasil também revelou sua nova parceria. A mastercard já era patrocinadora do Campeonato Mundial desde 2018, porém agora também fará parte do CBLoL junto das antigas parcerias que foram renovadas para 2020 que são a Gillette, Red Bull e Dell.

Também foi dito que essas marcas, junto da Riot Games Brasil, querem fazer campanhas promocionais focadas na comunidade.

A primeira campanha será lançada na estréia do CBLoL no sábado dia 25/01 pela Gillette, que na compra de R$ 20,00 em produtos da marca, o jogador ganha 1.100 RP e concorre a uma experiência de jogar no palco da final do primeiro Split do CBLoL e a chance de conhecer todo o estúdio da Riot Games.

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido