Connect with us

e-Sports

CBLOL 2019 – Veja a analise do primeiro dia de competição!

Avatar

Published

on

O CBLoL finalmente está de volta às nossas vidas, mas agora com um formato diferenciado. Deixando de lado o sistema de md3, pois a RIOT optou pelo sistema de melhor de um (md1). Esse novo modo faz com que todos os timse joguem todos os dias de campeonato, fazendo assim, quatro jogos por dia e, consequentemente, aumentando o numero de jogos nesse primeiro Split. Agora que você já sabe como está funcionando essa nova etapa do CBLOL, vamos a uma breve analise de cada partida deste primeiro dia.

1º Jogo: Kabum vs Flamengo

O primeiro jogo já começou como uma revanche da final do segundo Split do ano passado, onde a Kabum consquistou o premio de campeã do CBLoL pela segunda vez no ano em cima do time do Flamengo. Mas diferente do que algumas pessoas esperavam, o jogo foi bem mais voltado para equipe do Flamengo, que conseguiu um efeito de snow boll após um Double Kill em cima da rota inferior da Kabum. Apesar do Zantins ter controlado bem a rota do superior com seu Urgot, isso não foi o suficiente para conseguir parar o avanço do Flamengo, que aos poucos, conseguiu ter os domínio de Dragões e do Barão. Oque garantiu um jogo rápido e a vitória ao time rubro negro.

2º Jogo: Vivo Keyd vs Uppercut

Neste jogo, vimos a nova formação da equipe Vivo Keyd que promete dar um novo ar ao time, e também, a primeira aparição do time Uppercut que acaba de subir do circuito desafiante. Apesar do jogo ter sido melhor controlado pela equipe da Keyd, alguns erros levaram a equipe da Upper se sair melhor. O maior erro foi a perda do Baron para o time da Upper, que graças a ao Buff conseguiu voltar para o jogo e travou a Vivo Keyd, que após o roubo, não conseguiam mais se achar nas Team Figths. A Upper conseguiu se aproveitar bem disso, fazendo um controle maior dos dragões e conseguindo outros 3 dragões o que resultou na equipe conseguir os cinco elementais e abrir uma grande vantagem contra a Keyd, que parecia estar perdida do game. Com toda a vantagem conquistada pela Uppercut, conseguiu uma grande virada em cima do novo time da Keyd.

3º Jogo: Redemption vs Pro Gaming

Podemos definir este terceiro jogo com apenas uma palavra: controle. O jogo foi igualmente controlado por ambos os lados, esperando o tempo de crescimentos de seus campeões, controlando as rotações e a selva. Isso fez com que o primeiro abate acontecesse somente aos 15 minutos para equipe da Redemption. O segundo abate veio aos 22 para equipe da Pro Gaming. Por mas que o game tenha sido parado, de certa forma conseguiu chamar a atenção para o controle de mapa destas equipes, algo que vemos bastante em campeonatos como a LCK. Mas apesar do jogo ter sido bem controlado, após a Redemption fazer o primeiro Baron, conseguiu abrir uma enorme vantagem em cima da Pro Gaming, que teve que jogar cada vez mais recuada até perder o Nexus e o game para a equipe da Redemption.

4º Jogo: CNB vs INTZ

Com uma reformulação quase completa no time, mantendo apenas o PBO do elenco passado,  a CNB também veio com a promessa de ser um time novas estrelas e novas estratégias, mas hoje não vimos isso acontecer, vimos uma CNB que lembra muito a antiga, uma CNB que pega campeões que precisam de tempo para crescer mas não conseguem segurar o game até a fase de força máxima dos campeões. Com isso, a INTZ não teve dificuldade em fazer seu controle de jogo, manipulando as rotas e conduzindo sozinha o ritmo do jogo, e com isso levando a vitória para casa neste primeiro dia de CBLoL.

Advertisement
Comments

e-Sports

League of Legends Championship presta homenagem a Remilia

A morte de Creveling foi anunciada em dezembro, depois que pessoas próximas a ela confirmaram a notícia.

Edi

Published

on

By

A Riot Games prestou homenagem à ex-jogadora de League of Legends Maria “Remilia” Creveling no sábado, durante o fim de semana de abertura da temporada 2020 da League of Legends Championship Series.

Creveling foi a primeira mulher a jogar profissionalmente no LCS durante seu tempo com a equipe Renegades anos atrás e era conhecida por suas atuações no campeão da Liga Thresh. Ela morreu no final do ano passado, aos 24 anos.

“Vamos fazer uma pausa rápida, mas antes de partir, queremos reconhecer a perda de Maria ‘Remilia'”, disse Patterson. “Ela faleceu durante as férias dos jogos, mas seu legado como a primeira mulher a competir no LCS e o impacto que ela teve na liga e na comunidade não serão esquecidos em breve. Estendemos nossas condolências aos fãs, amigos e familiares que se choram com sua morte”

A morte de Creveling foi anunciada em dezembro, depois que pessoas próximas a ela confirmaram a notícia.

Continue Reading

e-Sports

CBLOL 20 | BrTT revela como foi jogar contra o Fla “bem difícil”

Tivemos a oportunidade de fazer uma pergunta ao Felipe ‘BrTT’ Gonçalves.

Jude Jacques

Published

on

O Cabana do Leitor esta agora na cobertura da primeira semana do CBLOL 2020. E na primeira partida tivemos Pain comandada pelo veterano BrTT contra o Flamengo comandada pelo Goku.

Tivemos a oportunidade de fazer uma pergunta ao Felipe ‘BrTT’ Gonçalves e confira a resposta abaixo:

Como você lidou com toda a emoção de jogar contra o seu time do coração e se preparar pro primeiro split ao mesmo tempo?

Caramba! Essa é difícil porque eu fiquei muito nervoso! Até evitei falar sobre isso, pra quem em acompanha eu só comentei bem por alto, mas jogar contra o meu ex-time foi difícil, era muita emoção misturada, mas eu tentei focar no meu e segurar todo o nervosismo.

BrTT trocou o Flamengo pela Pain, deixando a organização com certa vantagem na janela de transferencia sobre as demais equipes. Se esta vitoria fará uma diferença real durante o CBLOL que esta apenas começando é o que vamos descobrir ao longo do ano.

Na partida o Flamengo levou a melhor ganhando da Pain no seu primeiro confronto, em uma partida disputada no início.

O CBLOL 2020 esta apenas começando.

Continue Reading

e-Sports

CBLOL | Riot revela novidades para 2020 e promoção com a Gillette

Eduardo Seroa

Published

on

A Riot Games Brasil revelou alguns de seus planos voltados o esports e a comunidade para o ano de 2020. Tendo em vista mudanças na estrutura do CBLoL e novas campanhas com suas parceiras como red bull e gillete, a Riot afirma que esse ano será muito importante para o cenário brasileiro.

O primeiro grande anúncio sobre o cenário competitivo de League of Legends, o CBLoL adotará o modelo de franquias, um tópico que era discutido nas redes sociais desde que o modelo foi adotado pela liga norte americana de LoL.

O diretor de esports Caco Antunes fala que a implementação do modelo se dará ao longo do ano conforme mais informações serão reveladas, para que todo o processo seja transparente ao público. Também conta dos problemas de ter um modelo de franquias, sobre como manter a competitividade em um sistema que não há risco de perder a vaga e as maneiras de revelar novos jogadores nesse modelo.

Não se sabe como ficará o Circuito Desafiante, mas há a possibilidade de se tornar uma liga academy, como acontece na LCS.

A Riot Games Brasil também anunciou que planeja um estilo diferente do CBLoL para o cenário competitivo de TFT, a organização queria fazer algo envolvendo os influenciadores do jogo.

Além das mudanças nas áreas de esports, a Riot Brasil também revelou sua nova parceria. A mastercard já era patrocinadora do Campeonato Mundial desde 2018, porém agora também fará parte do CBLoL junto das antigas parcerias que foram renovadas para 2020 que são a Gillette, Red Bull e Dell.

Também foi dito que essas marcas, junto da Riot Games Brasil, querem fazer campanhas promocionais focadas na comunidade.

A primeira campanha será lançada na estréia do CBLoL no sábado dia 25/01 pela Gillette, que na compra de R$ 20,00 em produtos da marca, o jogador ganha 1.100 RP e concorre a uma experiência de jogar no palco da final do primeiro Split do CBLoL e a chance de conhecer todo o estúdio da Riot Games.

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido