Connect with us

Tempo

City & Colour divulga a inédita “Woman”

Matheus Oliveira

Published

on

Durante o programa de rádio Beats 1, da Apple Music, Dallas Green divulgou a mais nova música do seu projeto City & Colour, e é uma verdadeira obra-prima.

Confira o som aqui:

Advertisement
Comments

Tempo

J. J. Abrams pode dirigir o filme da Liga da Justiça Sombria

A Bad Robot, através do seu novo negócio a Warner Media, está desenvolvendo exclusivamente ambas as idéias de cinema e TV com base nos personagens da DC Comics da Liga da Justiça Sombria

Edi

Published

on

By

A Bad Robot, através do seu novo negócio a Warner Media, está desenvolvendo exclusivamente ambas as idéias de cinema e TV com base nos personagens da DC Comics da Liga da Justiça Sombria do universo da Warner Bros .

Este acordo é muito incipiente e, neste momento, não há projetos ou personagens específicos que estão sendo desenvolvidos especificamente fora da franquia. O Deadline diz que Hannah Minghella, diretora de filmes em movimento da Bad Robot, e Ben Stephenson, chefe de televisão em breve estarão em reuniões com representantes da Warner Bros.

Liga da Justiça Sombria (ou equipe JLD) apareceu pela primeira vez na edição de setembro de 2011 da Justice League Dark #1 apresentando super-heróis, principalmente ocultos e pouco comuns, como John Constantine, místico e a cartomante Madame Xanadu. 

A lista é muito maior, e mais membros se juntaram mais tarde. Dado seus poderes, eles normalmente lidavam com situações fora do escopo da Liga da Justiça tradicional, que inclui Mulher Maravilha, Batman, Superman, Aquaman e The Flash. O título e a equipe da JLD foram criados por Peter Milligan, com arte de Mikel Janín.

Novamente, isso é muito cedo, por isso ainda não é específico se o chefe da Bad Robot, JJ Abrams, estará dirigindo qualquer um desses projetos.

Continue Reading

cinema

Crítica – Retrato de uma Jovem em chamas “nada de ruim a falar sobre”

Eu não tenho absolutamente nada de ruim a falar sobre esse filme, sei que não vai ser apreciado por todos e muita gente nem vai ouvir falar sobre ele

Thalita Heiderich

Published

on

Dirigido por Céline Sciamma (Tomboy). Retrato de uma jovem em Chamas conta a história de Marianne ( Noémie Merlant ) uma jovem pintora com a difícil tarefa de pintar um retrato escondido de Héloïse ( Adèle Haenel ) uma jovem prometida em casamento que não quer ser pintada.  

O filme se passa na França do século XVIII, o que já torna tudo lindo e romântico.

A Héloise está prometida em casamento e, como era costume na época, sua família precisa enviar um retrato da moça para o futuro marido ver seu rosto, mas ela não quer se casar sem amor e, por essa razão, a família contrata Marianne para pintar seu retrato só de lembrança, enquanto se passa por dama de companhia de caminhadas.

A passos lentos, a história vai te envolvendo e a fotografia é estonteante. O filme não tem pressa em te apresentar o enredo, o que pra mim, foi delicioso.Sugiro assistir ao filme sem ver trailer nenhum, a experiência de descobrir a história se desenrolando torna tudo ainda mais lindo.

Com um elenco pequeno e um roteiro fechadinho e com muitos momentos de silêncio. Esse filme toma seu tempo pra explorar o relacionamento das personagens e abusa da beleza visual pra prender o expectador.

Ouso dizer que é um dos filmes mais bonitos que vi e não é à toa. Ele foi filmado em 8K. Pensa num filme sobre arte, quadros, pinturas, lindas paisagens isoladas e qualidade visual sob medida. É um filme feito pra cativar ao olhar e isso só aprofunda e acrescenta à experiência.

Quanto às atuações, queria aplaudir de pé. As duas atrizes são merecedoras de indicações ao Oscar, assim como a diretora e uma das minhas maiores tristezas é esse filme não ter sido notado no Oscar, visto que estreou no ano passado.

Eu não tenho absolutamente nada de ruim a falar sobre esse filme, sei que não vai ser apreciado por todos e muita gente nem vai ouvir falar sobre ele… ou vai ver e achar lento.

Mas se tiver a chance de ir aos cinemas. Assista e se permita envolver por toda a beleza que essa história tem a oferecer.

Retrato de uma Jovem em Chamas entreou dia 09 de janeiro nos cinemas. Procure em sua cidade e tenha essa experiência.

Continue Reading

HQs

Mulher Maravilha faz acordo com vilão da Liga da Justiça Sombria

Pedro Augusto

Published

on

mulher maravilha

AVISO: O conteúdo a seguir contém spoilers da Liga da Justiça Sombria # 18, de James Tynion IV, Alvaro Martinez Bueno, Raul Fernandez, Brad Anderson e Rob Leigh, à venda agora.

O “Upside-Down Man” (ou o Homem do Lado Invertido, em tradução livre) é o personagem mais assustador que foi introduzido em Liga da Justiça Sombria. Seus poderes são enormes e incluem ser capaz de distorcer a realidade a tal ponto que ele pode até interferir nas visões de Zatanna. Como líder do Otherkind, Upside-Down Man espera consumir a magia do mundo, e ele se aproximou de suas ambições depois de fazer um acordo com a Mulher Maravilha.

No início da Liga da Justiça Sombria nº 18, a Mulher Maravilha ainda está presa em uma planície alternativa com Rebecca Carstairs, a Witchfire. A ajuda da fantasma não a protege da natureza grotesca do Upside-Down Man . O homem de cabeça para baixo explica que ele e o Otherkind se alimentam do medo das pessoas e só ficaram mais fortes desde que Nabu negociou um acordo com elas.

Enquanto essa conversa está acontecendo, a bruxa Circe assumiu o corpo da Mulher Maravilha e está atacando os outros membros da JLD com sua própria Liga da Injustiça Sombria. Sabendo que a Mulher-Maravilha estaria desesperada para voltar aos seus companheiros, Upside-Down Man se oferece para fazer um acordo para recuperar seu corpo.

mulher maravilha

Um péssimo acordo.

No entanto, este acordo evolui rapidamente para uma aposta. “Você vai parar a ascensão da deusa-bruxa. Você encontrará um meio de trazer equilíbrio. E se você falhar, não fará nada enquanto eu comer toda a magia viva. A deusa-bruxa a que ele se refere é Hécate. A Mulher Maravilha aponta que o Upside-Down Man é o reflexo sombrio da magia de Hécate e que eles não deveriam ter sido seres separados em primeiro lugar.

É por isso que o Upside-Down Man para baixo nunca se sentiu completo em sua existência, e isso não mudaria se ele simplesmente consumisse a magia do multiverso. No entanto, a oferta da Mulher Maravilha para equilibrá-lo com o poder de Hecate permitiria que ele ficasse satisfeito. Em essência, o Upside-Down Man ganharia uma existência equilibrada se a Mulher Maravilha executasse com sucesso seu plano.

Embora duvidoso, o homem de cabeça para baixo fica intrigado e aceita a proposta da Mulher Maravilha. No entanto, o monstro exige prova de que está falando sério sobre o acordo. Isso resulta na morte do Witchfire. Com seus poderes sobrenaturais, ele a captura em forma sólida e morde seu pescoço.

Considerando que o homem de cabeça para baixo já foi traído por Circe e Nabu, é fácil entender por que ele exigiria prova de sinceridade. De fato, a Mulher Maravilha provavelmente esperava algum tipo de teste antes que o acordo fosse oficialmente estabelecido. No entanto, ela não tinha como saber que seu companheiro pagaria o preço, e o olhar de traição atordoada no rosto de Witchfire provavelmente assombrará os sonhos de Diana por algum tempo.

fonte: cbr.

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido