Pepe Le Pew

Colunista do New York Times diz que Pepé Le Pew ajudou na cultura do estupro

Colunista disse que Pepé Le Pew tinha todas as características relacionadas a esta cultura.

Pepé Le Pew, o gamba francês cujas atenções amorosas perseguiu Penelope Pussycat por gerações, foi alvo do New York Times.

O colunista Charles M. Blow afirmou em um tweet que o personagem dos Looney Tunes “acrescentou à cultura do estupro”, o tweet foi compartilhado e curtido por quase 5 mil pessoas até o momento.

“Eu disse que Pepé Le Pew acrescentou à cultura do estupro. Vamos ver. 1. Ele agarra / beija uma garota / estranha, repetidamente, sem consentimento e contra a vontade dela. 2. Ela se esforça muito para se afastar dele, mas ele não a solta. 3. Ele tranca uma porta para impedi-la de escapar. É verdade… Penelope Pussycat estava sempre nas garras de Pepe

Blow anteriormente criticou o o Dr. Seuss em um  artigo de opinião intitulado “Six Seuss Books Bore a Bias”. Ele argumentou que a exposição precoce a imagens negativas molda as percepções. Ele mencionou Ligeirinho, o desenho animado do rato mexicano, como um desses exemplos negativos.

Pepé Le Pew ou Pepe Le Gambá é um personagem fictício, criado pela Warner Bros. Entertainment para o universo Looney Tunes. Foi idealizado por Chuck Jones em 1930. De nacionalidade francesa, tem como características o seu mau cheiro peculiar e seu romantismo exacerbado

Não foi dito se Pepé Le Pew ou Penelope Pussycat vão aparece em Space Jam 2.

Total
1
Shares
Related Posts
Total
1
Share