Connect with us

cinema

Confira os vencedores do Critics’ Choice Awards 2020

“Era uma vez em… Hollywood” foi o grande vencedor da noite. Confira a lista completa!

Ana Luiza

Published

on

Na noite deste domingo (12), aconteceu a 25ª edição do “Critics’ Choice Awards”, premiação que homenageia os melhores filmes e séries de acordo com a votação dos críticos. Esse ano a apresentação ficou por conta do ator americano Taye Diggs. A cerimônia teve transmissão exclusiva no Brasil pelo canal pago TNT.

A Broadcast Film Critics Association escolheu o ator Eddie Murphy para receber o prêmio Lifetime Achiviement pela sua trajetória profissional.

A grande homenageada com o 4º Prêmio Anual #SeeHer foi a atriz Kristen Bell. Esta categoria reconhece mulheres que incorporam os valores estabelecidos pelo movimento SeeHer, que ultrapassa os limites de mudança de estereótipos e reconhece a importância da representatividade feminina, além de gerar imagens autênticas de mulheres em todo o cenário do entretenimento. Gal Gadot, Viola Davis e Claire Foy já receberam o reconhecimento.

Era Uma Vez em… Hollywood, de Quentin Tarantino, foi o grande vencedor da noite, ganhou 4 das 12 indicações. O Irlandês, de Martin Scorsese, liderou a lista com 14 no total, mas levou apenas 1. O filme 1917, de Sam Mendes, levou 3 prêmios das 8 indicações.

Confira a lista dos vencedores:

Melhor filme

  • 1917
  • Ford vs Ferrari
  • O Irlandês
  • Jojo Rabbit
  • Coringa
  • Adoráveis Mulheres
  • História de um Casamento
  • Era uma Vez em… Hollywood
  • Parasita
  • Joias Brutas

Melhor ator em filme

  • Antonio Banderas – Dor e Glória
  • Robert De Niro – O Irlandês
  • Leonardo DiCaprio – Era uma Vez em… Hollywood
  • Adam Driver – História de um Casamento
  • Eddie Murphy – Meu Nome é Dolemite
  • Joaquin Phoenix – Coringa
  • Adam Sandler – Joias Brutas

Melhor atriz em filme

  • Awkwafina – A Despedida
  • Cynthia Erivo – Harriet
  • Scarlett Johansson – História de um Casamento
  • Lupita Nyong’o – Nós
  • Saoirse Ronan – Adoráveis Mulheres
  • Charlize Theron – O Escândalo
  • Renée Zellweger – Judy: Muito Além do Arco-Íris

Melhor ator coadjuvante em filme

  • Willem Dafoe – O Farol
  •  Tom Hanks  – Um Lindo Dia na Vizinhança
  • Anthony Hopkins – Dois Papas
  • Al Pacino – O Irlandês
  • Joe Pesci – O Irlandês
  • Brad Pitt – Era uma Vez em… Hollywood

Melhor atriz coadjuvante em filme

  • Laura Dern – História de um Casamento
  • Scarlett Johansson – Jojo Rabbit
  • Jennifer Lopez – As Golpistas
  • Florence Pugh – Adoráveis Mulheres
  • Margot Robbie – O Escândalo
  • Zhao Shuzhen – A Despedida

Melhor atriz ou ator jovem em filme

  • Julia Butters – Era uma Vez em… Hollywood
  • Roman Griffin Davis – Jojo Rabbit
  • Noah Jupe – Honey Boy
  • Thomasin McKenzie – Jojo Rabbit
  • Shahadi Wright Joseph – Nós
  • Archie Yates – Jojo Rabbit

Melhor elenco

  • O Escândalo
  • O Irlandês
  • Entre Facas e Segredos
  • Adoráveis Mulheres
  • História de um Casamento
  • Era uma Vez em… Hollywood
  • Parasita

Melhor diretor de filme

  • Noah Baumbach – História de um Casamento
  • Greta Gerwig – Adoráveis Mulheres
  • Bong Joon Ho – Parasita
  • Sam Mendes – 1917
  • Josh Safdie and Benny Safdie – Joias Brutas
  • Martin Scorsese – O Irlandês
  • Quentin Tarantino – Era uma Vez em… Hollywood

Melhor roteiro original

  • A Despedida – Lulu Wang
  • Entre Facas e Segredos – Rian Johnson
  • História de um Casamento – Noah Baumbach
  • Era uma Vez em… Hollywood – Quentin Tarantino
  • Parasita – Bong Joon Ho and Han Jin Won

Melhor roteiro adaptado

  • Um Lindo Dia na Vizinhança – Noah Harpster e Micah Fitzerman-Blue
  • O Irlandês – Steven Zaillian
  • Coringa – Todd Phillips e Scott Silver
  • Jojo Rabbit – Taika Waititi
  • Adoráveis Mulheres – Greta Gerwig
  • Dois Papas – Anthony McCarten

Melhor fotografia em filme

  • Ford vs Ferrari – Phedon Papamichael
  • O Irlandês – Rodrigo Prieto
  • Coringa – Lawrence Sher
  • O Farol – Jarin Blaschke
  • Era uma Vez em… Hollywood – Robert Richardson
  • 1917 – Roger Deakins

Melhor direção de arte em filme

  • Downton Abbey – O Filme – Donal Woods, Gina Cromwell
  • O Irlandês – Bob Shaw, Regina Graves
  • Coringa – Mark Friedberg, Kris Moran
  • Adoráveis Mulheres – Jess Gonchor, Claire Kaufman
  • Era uma Vez em… Hollywood – Barbara Ling, Nancy Haigh
  • Parasita – Lee Ha Jun
  • 1917 – Dennis Gassner, Lee Sandales

Melhor edição

  • O Irlandês – Thelma Schoonmaker
  • Ford vs Ferrari – Andrew Buckland, Michael McCusker
  • Era uma Vez em… Hollywood – Fred Raskin
  • Parasita – Yang Jinmo
  • Joias Brutas – Ronald Bronstein, Benny Safdie
  • 1917 – Lee Smith

Melhor figurino em filme

  • Meu Nome é Dolemite – Ruth E. Carter
  • Downton Abbey – O Filme – Anna Robbins
  • O Irlandês – Sandy Powell, Christopher Peterson
  • Adoráveis Mulheres – Jacqueline Durran
  • Era uma Vez em… Hollywood – Arianne Phillips
  • Rocketman – Julian Day

Melhor cabelo e maquiagem em filme

  • O Escândalo
  • Meu Nome é Dolemite
  • O Irlandês
  • Coringa
  • Judy: Muito Além do Arco-Íris
  • Era uma Vez em… Hollywood
  • Rocketman

Melhores efeitos visuais em filme

  • 1917
  • Ad Astra – Rumo às Estrelas
  • Os Aeronautas
  • Vingadores: Ultimato
  • Ford vs Ferrari
  • O Irlandês
  • O Rei Leão

Melhor filme de animação

  • Abominável
  • Frozen 2
  • Como Treinar o seu Dragão 3
  • I Lost My Body
  • Link Perdido
  • Toy Story 4

Melhor filme de ação

  • 1917
  • Vingadores: Ultimato
  • Ford vs. Ferrari
  • John Wick 3: Parabellum
  • Homem-Aranha: Longe de Casa

Melhor filme de comédia

  • Fora de Série
  • Meu Nome é Dolemite
  • A Despedida
  • Jojo Rabbit
  • Entre Facas e Segredos

Melhor filme de ficção científica ou terror

  • Ad Astra – Rumo às Estrelas
  • Vingadores: Ultimato
  • Midsommar
  • Nós

Melhor filme estrangeiro

  • Atlantique
  • Os Miseráveis
  • Dor e Glória
  • Parasita
  • Retrato de Uma Jovem em Chamas

Melhor música em filme

  • “Glasgow (No Place Like Home)” – As Loucuras de Rose
  • “(I’m Gonna) Love Me Again” – Rocketman
  • “I’m Standing With You” – Superação: O Milagre da Fé
  • “Into the Unknown” – Frozen 2
  • “Speechless” – Aladdin
  • “Spirit” – O Rei Leão
  • “Stand Up” – Harriet

Melhor trilha sonora em filme

  • Michael Abels – Nós
  • Alexandre Desplat – Adoráveis Mulheres
  • Hildur Guðnadóttir – Coringa
  • Randy Newman – História de um Casamento
  • Thomas Newman – 1917
  • Robbie Robertson – O Irlandês

Melhor Série de Drama

  • The Crown
  • David Makes Man
  • Game of Thrones
  • The Good Fight
  • Pose
  • Succession
  • This Is Us
  • Watchmen

Melhor ator em série de drama

  • David Makes ManSterling K. Brown -This Is Us
  • Mike Colter – Evil
  • Paul Giamatti – Billions
  • Kit Harington – Game of Thrones
  • Freddie Highmore – The Good Doctor
  • Tobias Menzies – The Crown
  • Billy Porter – Pose
  • Jeremy Strong – Succession

Melhor atriz em série de drama

  • Christine Baranski – The Good Fight
  • Olivia Colman – The Crown
  • Jodie Comer – Killing Eve
  • Nicole Kidman, Big Little Lies
  • Regina King – Watchmen
  • Mj Rodriguez – Pose
  • Sarah Snook – Succession
  • Zendaya – Euphoria

Melhor ator coadjuvante em série de drama

  • Asante Blackk – This Is Us
  • Billy Crudup – The Morning Show
  • Asia Kate Dillon – Billions
  • Peter Dinklage – Game of Thrones
  • Justin Hartley – This Is Us
  • Delroy Lindo – The Good Fight
  • Tim Blake Nelson – Watchmen

Melhor atriz coadjuvante em série de drama

  • Helena Bonham Carter – The Crown
  • Gwendoline Christie – Game of Thrones
  • Laura Dern – Big Little Lies
  • Audra McDonald – The Good Fight
  • Jean Smart – Watchmen
  • Meryl Streep – Big Little Lies
  • Susan Kelechi Watson – This Is Us

Melhor série de comédia

  • Barry
  • Fleabag
  • The Marvelous Mrs. Maisel
  • Mom
  • One Day at a Time
  • PEN15
  • Schitt’s Creek

Melhor ator em série de comédia

  • Ted Danson – The Good Place
  • Walton Goggins – The Unicorn
  • Bill Hader – Barry
  • Eugene Levy – Schitt’s Creek
  • Paul Rudd – Living with Yourself
  • Bashir Salahuddin – Sherman’s Showcase
  • Ramy Youssef – Ramy

Melhor atriz em série de comédia

  • Christina Applegate – Disque Amiga para Matar
  • Alison Brie – GLOW
  • Rachel Brosnahan – The Marvelous Mrs. Maisel
  • Kirsten Dunst – On Becoming a God in Central Florida
  • Julia Louis-Dreyfus – Veep
  • Catherine O’Hara – Schitt’s Creek
  • Phoebe Waller-Bridge – Fleabag

Melhor ator coadjuvante em série de comédia

  • Andre Braugher – Brooklyn Nine-Nine
  • Anthony Carrigan – Barry
  • William Jackson Harper – The Good Place
  • Daniel Levy – Schitt’s Creek
  • Nico Santos – Superstore
  • Andrew Scott – Fleabag
  • Henry Winkler – Barry

Melhor atriz coadjuvante em série de comédia

  • Alex Borstein – The Marvelous Mrs. Maisel
  • D’Arcy Carden – The Good Place
  • Sian Clifford – Fleabag
  • Betty Gilpin – GLOW
  • Rita Moreno – One Day at a Time
  • Annie Murphy – Schitt’s Creek
  • Molly Shannon – The Other Two

Melhor série limitada

  • Catch-22
  • Chernobyl
  • Fosse/Verdon
  • The Loudest Voice
  • Inacreditável
  • Olhos que Condenam
  • Years and Years

Melhor filme para a televisão

  • Brexit
  • Deadwood: The Movie
  • El Camino: A Breaking Bad Movie
  • Guava Island
  • Native Son
  • Patsy & Loretta

Melhor ator em série limitada ou filme para a televisão

  • Christopher Abbott – Catch-22
  • Mahershala Ali – True Detective
  • Russell Crowe – The Loudest Voice
  • Jared Harris – Chernobyl
  • Jharrel Jerome – Olhos que Condenam
  • Sam Rockwell – Fosse/Verdon
  • Noah Wyle – The Red Line


Melhor atriz em série limitada ou filme para a televisão

  • Kaitlyn Dever – Inacreditável
  • Anne Hathaway – Modern Love
  • Megan Hilty – Patsy & Loretta
  • Joey King – The Act
  • Jessie Mueller – Patsy & Loretta
  • Merritt Wever – Inacreditável
  • Michelle Williams – Fosse/Verdon

Melhor ator coadjuvante para série limitada ou filme para a televisão

  • Asante Blackk – Olhos que Condenam
  • George Clooney – Catch-22
  • John Leguizamo – Olhos que Condenam
  • Dev Patel – Modern Love
  • Jesse Plemons – El Camino: A Breaking Bad Movie
  • Stellan Skarsgård – Chernobyl
  • Russell Tovey – Years and Years

Melhor atriz coadjuvante para série limitada ou filme para a televisão

  • Patricia Arquette – The Act
  • Marsha Stephanie Blake – Olhos que Condenam
  • Toni Collette – Inacreditável
  • Niecy Nash – Olhos que Condenam
  • Margaret Qualley – Fosse/Verdon
  • Emma Thompson – Years and Years
  • Emily Watson – Chernobyl

Melhor série animada

  • Big Mouth
  • BoJack Horseman
  • The Dark Crystal: Age of Resistance
  • She-Ra e as Princesas do Poder
  • Os Simpsons
  • Undone

Melhor talk show

  • Desus & Mero
  • Full Frontal with Samantha Bee
  • The Kelly CLarkson Show
  • Last Week Tonight with John Oliver
  • The Late Late Show with James Corden
  • Late Night with Seth Meyers

Melhor especial de comédia

  • Amy Schumer: Growing
  • Jenny Slate: Stage Fright
  • Live in Front of a Studio Audience: Norman Lear’s All in the Family and The Jeffersons
  • Ramy Youssef: Feelings
  • Seth Meyers: Lobby Baby
  • Trevor Noah: Son of Patricia
  • Wanda Sykes: Not Normal

Meu nome é Ana Luiza, tenho 20 anos e sou apaixonada por entretenimento, séries, música e filmes. Estudo Jornalismo e amo a área de comunicação social.

Advertisement
Comments

cinema

J. J. Abrams pode dirigir o filme da Liga da Justiça Sombria

A Bad Robot, através do seu novo negócio a Warner Media, está desenvolvendo exclusivamente ambas as idéias de cinema e TV com base nos personagens da DC Comics da Liga da Justiça Sombria

Edi

Published

on

By

A Bad Robot, através do seu novo negócio a Warner Media, está desenvolvendo exclusivamente ambas as idéias de cinema e TV com base nos personagens da DC Comics da Liga da Justiça Sombria do universo da Warner Bros .

Este acordo é muito incipiente e, neste momento, não há projetos ou personagens específicos que estão sendo desenvolvidos especificamente fora da franquia. O Deadline diz que Hannah Minghella, diretora de filmes em movimento da Bad Robot, e Ben Stephenson, chefe de televisão em breve estarão em reuniões com representantes da Warner Bros.

Liga da Justiça Sombria (ou equipe JLD) apareceu pela primeira vez na edição de setembro de 2011 da Justice League Dark #1 apresentando super-heróis, principalmente ocultos e pouco comuns, como John Constantine, místico e a cartomante Madame Xanadu. 

A lista é muito maior, e mais membros se juntaram mais tarde. Dado seus poderes, eles normalmente lidavam com situações fora do escopo da Liga da Justiça tradicional, que inclui Mulher Maravilha, Batman, Superman, Aquaman e The Flash. O título e a equipe da JLD foram criados por Peter Milligan, com arte de Mikel Janín.

Novamente, isso é muito cedo, por isso ainda não é específico se o chefe da Bad Robot, JJ Abrams, estará dirigindo qualquer um desses projetos.

Continue Reading

cinema

Las Vegas na grande tela: conheça 5 filmes sobre cassinos

Quantos de nós não sonhamos em um dia embarcar numa aventura e viajar até ao deserto para viver a verdadeira experiência da famosa Cidade do Pecado?

Edi

Published

on

By

Quantos de nós não sonhamos em um dia embarcar numa aventura e viajar até ao deserto para viver a verdadeira experiência da famosa Cidade do Pecado? Se sabe do que estou falando, certamente já se sentiu tentado a entrar no avião com voo direto para Las Vegas! 

Situada no estado de Nevada, Las Vegas é o verdadeiro paraíso para todos que gostam de cassino ou até mesmo para quem quer se aventurar pelas diversas outras opções de entretenimento que a cidade oferece. De hoteis temáticos a espetáculos ao vivo ou atrações como a montanha-russa do New York New York ou a Stratoshpere Tower, são muitas as opções para quem quer se divertir.

Las Vegas firmou-se no imaginário popular como a cidade da diversão e vem influenciando diversos aspectos da nossa cultura, da moda — com seu inconfundível street style —, aos livros, filmes e até mesmo diversos jogos de caça-níquel, como é o caso do Casino Charms da Betfair. Para entrar no clima da cidade, nada melhor do que vivenciar o mundo dos cassinos nos diversos filmes que abordam essa temática. Aqui ficam as nossas sugestões: 

Cassino (1995)

Esse é o clássico filme de máfia passado na década de 1980. Robert De Niro interpreta o papel de Sam “Ace” Rothstein, um apostador nato que é convidado para gerir o emblemático casino Tangiers, em Las Vegas. Um verdadeiro drama policial dirigido por Martin Scorcese que não pode deixar de ver.

Ocean’s Eleven – Onze Homens e Um Segredo (2001)

Excelentes atores só poderiam originar um excelente filme. A trama conta a história de onze criminosos que elaboram um plano para roubar três cassinos simultaneamente na cidade de Las Vegas. O líder é Danny Ocean (George Clooney), um ex-presidiário que procura ajuda de um amigo para colocar seu plano em prática. Com certeza você vai querer descobrir como tudo acaba. 

Jogo de Amor em Las Vegas (2008)

Esse é o filme indicado para quem gosta de uma boa comédia romântica com uma pitada de loucura. Cameron Diaz e Ashton Kutcher protagonizam Joy Macnally e Jack Fuller, uma mulher abandonada pelo noivo e um jovem desempregado, despedido pelo próprio pai. E como se recuperar dessas duas crises? Os dois desconhecidos viajam para Vegas com dois amigos e se conhecem durante uma noite de pura loucura. Acabam casados, desesperados e com um jackpot de 3 milhões de dólares ganho em um dos jogos de caça níquel do cassino. A questão é somente uma: quem ficará com o dinheiro?

Foto: Pixabay

21 (2008)

Jim Sturgess é Bem Campbell, um estudante do M.I.T prestes a entrar na falência. Sem dinheiro para pagar suas contas escolares, Ben encontra a solução no famoso jogo do 21 – também conhecido como blackjack – e se junta a um grupo de estudantes que acabam contando cartas nos cassinos de Las Vegas. No início tudo parecia correr como esperado, mas será que terminou assim? Agora vai ter de descobrir. 

Se beber, não case (2009)

Despedidas de solteiro e Las Vegas parecem ser o pacote completo, não é? Pois essa comédia nos conta a história de três amigos que embarcam numa aventura até a cidade para festejar a última noite de solteiro de Doug (Bradley Cooper). Mas na realidade, a verdadeira aventura começou no dia seguinte – ninguém se lembrava do que tinha feito na noite passada. Se quiser um filme para rir sem parar, esse é sem dúvida uma excelente opção.

Depois dessa lista, a vontade de viajar até Las Vegas vai redobrar! Até lá, prepare a pipoca, reserve seu lugar no sofá e desfrute de uma viagem cinematográfica pelos vários cassinos da Cidade do Pecado. 

Continue Reading

cinema

Crítica – Retrato de uma Jovem em chamas “nada de ruim a falar sobre”

Eu não tenho absolutamente nada de ruim a falar sobre esse filme, sei que não vai ser apreciado por todos e muita gente nem vai ouvir falar sobre ele

Thalita Heiderich

Published

on

Dirigido por Céline Sciamma (Tomboy). Retrato de uma jovem em Chamas conta a história de Marianne ( Noémie Merlant ) uma jovem pintora com a difícil tarefa de pintar um retrato escondido de Héloïse ( Adèle Haenel ) uma jovem prometida em casamento que não quer ser pintada.  

O filme se passa na França do século XVIII, o que já torna tudo lindo e romântico.

A Héloise está prometida em casamento e, como era costume na época, sua família precisa enviar um retrato da moça para o futuro marido ver seu rosto, mas ela não quer se casar sem amor e, por essa razão, a família contrata Marianne para pintar seu retrato só de lembrança, enquanto se passa por dama de companhia de caminhadas.

A passos lentos, a história vai te envolvendo e a fotografia é estonteante. O filme não tem pressa em te apresentar o enredo, o que pra mim, foi delicioso.Sugiro assistir ao filme sem ver trailer nenhum, a experiência de descobrir a história se desenrolando torna tudo ainda mais lindo.

Com um elenco pequeno e um roteiro fechadinho e com muitos momentos de silêncio. Esse filme toma seu tempo pra explorar o relacionamento das personagens e abusa da beleza visual pra prender o expectador.

Ouso dizer que é um dos filmes mais bonitos que vi e não é à toa. Ele foi filmado em 8K. Pensa num filme sobre arte, quadros, pinturas, lindas paisagens isoladas e qualidade visual sob medida. É um filme feito pra cativar ao olhar e isso só aprofunda e acrescenta à experiência.

Quanto às atuações, queria aplaudir de pé. As duas atrizes são merecedoras de indicações ao Oscar, assim como a diretora e uma das minhas maiores tristezas é esse filme não ter sido notado no Oscar, visto que estreou no ano passado.

Eu não tenho absolutamente nada de ruim a falar sobre esse filme, sei que não vai ser apreciado por todos e muita gente nem vai ouvir falar sobre ele… ou vai ver e achar lento.

Mas se tiver a chance de ir aos cinemas. Assista e se permita envolver por toda a beleza que essa história tem a oferecer.

Retrato de uma Jovem em Chamas entreou dia 09 de janeiro nos cinemas. Procure em sua cidade e tenha essa experiência.

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido