Connect with us

cinema

Coringa | Assessor de Jair Bolsonaro ataca o filme

Assessor chamou o filme de esquerdista em sua conta no Twitter.

Daiane de Mário

Published

on

Desde que estreou na última quinta (03), Coringa vem acumulando recordes de bilheteria e tem sido muito bem recebido pela crítica mundial.

Nesse domingo (06) o assessor do presidente para Assuntos Internacionais, Filipe Martins, foi até o Twitter para atacar o filme, segundo ele, Coringa é resultado de “ressentimento esquerdista” e ainda criticou o filme por ele retratar um “mundo sem Deus” que foi tentado criar pela “geração de 1968”, época em que os protestos contrários a ditadura militar foram mais intensos.

Após um grande quantidade de críticas negativas, Martins, tentou dar uma amenizada no assunto:

“O filme é muito bem feito da perspectiva artística e a atuação do Joaquin Phoenix é genial, mas o desconforto e a agonia que ele causa no telespectador lembram o incômodo e a aflição causados pelos filmes niilistas do Harmony Korine.”

Coringa está em cartaz nos cinemas brasileiros.

professora de História, mãe em tempo integral e amante de tudo que envolve super heróis, desde chaveiros até filosofia! Fã incondicional da Mulher Maravilha e Sandman, mesmo sendo DcNauta criou um filho Marvete.

Comments

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido