Connect with us
Yuji Naka Yuji Naka

Games

Criador de Sonic revela estar trabalhando em novo projeto da Square Enix

Yuji Naka, também conhecido pelo desevolvimento de Phantasy Star, anuncia por meio de uma rede social sua nova parceria.

Avatar

Published

on

O grandioso Yuji Naka, criador de vários sucessos da Sega, confirmou que está trabalhando na Square Enix para a produção de um novo jogo.

Em uma breve mensagem postada em uma de suas redes sociais, Naka revelou que está participando de um projeto de um jogo original, voltado para ação, e questionou quantos jogos ainda conseguirá fazer antes de se aposentar.

“Gostaria de trabalhar duro para desenvolver um jogo em que cada pessoa ao redor do mundo possa aproveitar”, mencionou o criador de Sonic, que é admirado por vários fãs da Sega.

Yuji Naka idealizou inúmeros projetos além de Sonic, como por exemplo, a renomada franquia Phantasy Star, mais conhecida no oriente, além de jogos como Sakura Wars, Digimon Adventure, Ivy the Kiwi? e ChuChu Rocket!

Estudante de jornalismo. Fã de mangás, jogos japoneses e de alguns filmes cults. Também escuta música triste como hobbie para aguardar a chegada do Terceiro Impacto.

Advertisement
Comments

Games

Arquivos salvos de Marvel’s Spiderman no PS4 não serão transferidos para o PS5

Será necessário começar a campanha do zero

Avatar

Published

on

A Insomniac Games confirmou que os saves do Marvel’s Spiderman do PS4 não estarão no PS5, sendo necessário começar a campanha do zero no novo console.

Durante o Playstation Showcase, a Sony revelou que o game do cabeça de teia receberá uma versão remasterizada Playstation 5, contando também com os seus DLCs.

O jogo fará parte da Edição Ultimate do Marvel’s Spiderman: Miles Morales, o qual terá Miles como o protagonista.

Marvel’s Spiderman não terá uma versão física, o game será apenas um código para download que virá na Edição Ultimate.

Marvel’s Spider-Man: Miles Morales chega em 12 de novembro

Continue Reading

e-Sports

Valorant | Rakin anuncia Copa Rakin by OMO Sports

O torneio contará com uma premiação no valor de R$ 20 mil.

Alexia Menezes

Published

on

copa rakin

Nesta segunda-feira (21) Rakin anunciou em seu twitter a Segunda Edição da Copa Rakin, em parceria com a OMO Sports. A competição está marcada para a primeira semana de Outubro, entre os dias 1 e 6 e poderá ser assistida pelo canal da Twitch do streamer e ex jogador. Além disso, a competição será aberta e o torneio contará com uma premiação no valor de R$ 20 mil.

“Vou trazer novidades sobre a competição todos os dias. Então fiquem atentos que vem muita coisa boa por aí!” confirmou Rafael ‘Rakin’ em seu twitter.

Mais informações como inscrições de equipe e formatos do torneio ainda não foram reveladas.

Continue Reading

e-Sports

Worlds 2020 | Relembre os times que representaram o Brasil no Mundial

Neste ano, o Brasil será representado lá fora pela INTZ mais uma vez.

Alexia Menezes

Published

on

O Mundial de League of Legends, o maior evento de League do mundo está chegando para mais um grande sucesso, e com ele, toda a sua bagagem vem junto. Desde a nova música tema do Worlds até a grande abertura de fazer qualquer jogador chorar, a vaga da campanha nacional é uma das mais impactantes para a comunidade. Já que, desde 2014, quando o Brasil passou a participar do Mundial, a campanha brasileira não tem um bom resultado internacionalmente e criou um estigma sobre a região aqui e lá fora.

KaBuM! – 2014

A KaBuM! foi o primeiro time brasileiro a chegar até o Mundial de League of Legends, que aconteceu em Singapura. Mas a diferença entre os níveis dos times internacionais para o dos ninjas alaranjados decretaram cinco derrotas seguidas, levando a KaBuM para o último jogo, já eliminada do torneio. Mesmo assim, eles não entregaram a toalha e venceram a Alliance, com ótimas jogadas do eterno Tinowns que nunca deixou a desejar e sua Ahri. O jogo serviu para bagunçar as chances dos outros times da fase de grupos, e favoreceu a Cloud9, que dependia do resultado para avançar aos playoffs, e ao vencer, gritaram “This is for Kabum” enquanto derrubavam o Nexus, marcando para a história a primeira campanha brasileira no Mundial.

paiN Gaming – 2015

Em 2015 foi a vez da clássica paiN, que venceu as classificatórias contra a equipe chilena KLG em 3 a 0 e pegou sua vaga para o Worlds, que aconteceria este ano em Paris.

A paiN começou sua campanha de uma forma complicada, falhando nos primeiros jogos. Mas um pequeno respiro aconteceu no Dia 4, onde a equipe triunfou em cima da Flash Wolves. No Dia 5, era a chance do Brasil, já que o jogo era novamente contra a Flash Wolves, que eles teriam ganho no jogo anterior. A esperança acabou, infelizmente, com péssimas decisões da paiN Gaming. Ainda sim, eles tinham mais dois jogos, um contra o time sul-coreano Koo Tigers, onde eles foram derrotados e tiveram a eliminação do Mundial confirmada, e o último jogo contra a CLG, que saíram vitoriosos graças ao brTT e seu Draven, que superou a Vayne do atirador Doublelift.

INTZ – 2016

A INTZ chegou ao Mundial de 2016, nos EUA, de forma “clean”, vencendo tudo com o “dreamteam” composto por Yang, Revolta, Tockers, Micao e Jockster. Os intrépidos caíram em uma das chaves mais difíceis, contra a campeã chinesa EDG e ninguém esperava mais que “experiência” para o time. Mas a revira(re)volta aconteceu e a INTZ superou um dos maiores jogos do Mundial da história. Infelizmente, a esperança durou pouco, e os intrépidos acabaram sendo eliminados com 5 derrotas seguidas logo depois.

Team oNe – 2017

Os Golden Boys saíram do Circuitão direto para Wuhan, na China, onde aconteceria o Mundial. Além da expectativa, a oNe ainda disputaria um formato inédito, já que neste ano, a Riot anunciou a Fase de Entrada, derrubando a IWC. Em sua estreia, os golden boys sofreram com 3 derrotas seguidas e precisavam de uma vitória para ter alguma chance, e foi contra a Dire Wolves que a oNe empatou e no próximo jogo, conseguiu a vitória mais uma vez contra a equipe Australiana e conquistou uma vaga nos playoffs da Fase de Entrada. Porém, na Fase Eliminatória, não durou muito tempo até a 1907 Fenerbahçe levar 3×1 contra o time brasileiro e eliminar a equipe de vez do Mundial.

KaBuM! – 2018

De volta ao Mundial, os ninjas alaranjados chegaram na Coreia do Sul e acabaram tendo a pior campanha internacional do Brasil. Com apenas uma vitória, a equipe foi eliminada ainda na Fase de Entrada.

Flamengo eSports – 2019

De volta a Europa, brTT agora representando seu time do coração, fez parte do primeiro time originado de um clube de futebol da história de League of Legends no Brasil a chegar no Mundial.

O Rubro-Negro não teve muita sorte e ficou no Grupo da Morte, com DAMWON Gaming e Royal Youth. A estreia foi ótima e o Flamengo saiu vitorioso no começo da campanha, então só precisava repetir o desempenho da estreia que se classificaria. Mas com mais uma derrota, o Flamengo tinha apenas uma chance, e infelizmente no tie-break, a Royal atropelou o Flamengo e eliminou a equipe brasileira do Mundial de 2019.

Já neste ano, o Brasil será representado lá fora pela INTZ mais uma vez e jogará na China, com estreia nesta sexta-feira (25) abrindo o Campeonato Mundial de League of Legends de 2020.

Continue Reading

Parceiros Editorias