sem tempo para morrer 007 hu

Crítica | 007 – Sem Tempo para Morrer “Isso é cinema”

O único defeito de 007 – Sem Tempo para Morrer é que o filme acaba.

Chega aos cinemas hoje o novo filme da franquia, 007 – Sem Tempo para Morrer, se concretizando como a franquia de maior sucesso do espião britânico interpretado por Daniel Craig.

Primeiro que devemos ver este filme como ele se propõe a ser, Sem Tempo Para Morrer não quer ser um filme fora da realizado, pelo contrário, a direção e o roteiro querem dar ares a trama como uma boa série de Tv de muito sucesso, 24 horas.

LOJA DC 4

A trama envolve CIA na figura de Felix Leiter (Jeffrey Wright), e outros agentes da CIA também são apresentados, além dele temos elementos mesmo que somente falados que denotam incidentes internacionais que podem ocorrer durante o desenvolvimento da trama.

A direção de Cary Fukunaga dispensa comentários, colocando a ação e a interpretação de Daniel Craig em níveis ao meu ver inéditos, Fukunaga consegue colocar encerrar a participação de Craig na franquia de maneira magistral, ouso dizer que foi uma das melhores experiencias que já tive no cinema.

sem tempo para morrer 007 jnj

O roteiro consegue entregar vilões clássicos, mas de maneira bem casada com uma possível realidade, as traições assim como na série 24 horas ou são ventiladas ou são confirmadas. Se não fosse apenas por dois pequenos detalhes que poderiam ser melhor elaborados ou explicados, o filme consegue fazer aquilo que propõe que é não te desgrudar da poltrona do cinema

Na parte técnica temos uma impecável colaboração entre a direção e a direção de fotografia de Linus Sandgren (Primeiro Homem e Lala Land), deste ponto de vista é um dos filmes mais lindos que já pude ver no cinema.

007 – Sem Tempo para Morrer

007 – Sem Tempo para Morrer
4.5 5 0 1
Em 007 – Sem Tempo Para Morrer, Bond deixou o serviço ativo e está desfrutando de uma vida tranquila na Jamaica. Sua paz não dura muito quando seu velho amigo Felix Leiter, da CIA, aparece pedindo ajuda. A missão de resgatar um cientista sequestrado acaba sendo muito mais traiçoeira do que o esperado, levando Bond à trilha de um vilão misterioso armado com nova tecnologia perigosa.
Em 007 – Sem Tempo Para Morrer, Bond deixou o serviço ativo e está desfrutando de uma vida tranquila na Jamaica. Sua paz não dura muito quando seu velho amigo Felix Leiter, da CIA, aparece pedindo ajuda. A missão de resgatar um cientista sequestrado acaba sendo muito mais traiçoeira do que o esperado, levando Bond à trilha de um vilão misterioso armado com nova tecnologia perigosa.
4,5 rating
4.5/5
Total Score
Very good

Assim como podemos destacar as sempre certeiras atuações de Wright, Léa Seydoux (Madeleine Swann), Lashana Lynch (Nomi, agente da MI6), Ben Whishaw (agente Q) e sempre bom ver Ana de Armas, Christoph Waltz e Ralph Fiennes em cena. Coube a Rami Malek ter somente um brilho ao final do filme, porém, vale destacar, nada que tire o brilho do ator, que serviu mais como vilão motor da trama.

Com roteiro, direção e elenco estelar, 007 – Sem Tempo para Morrer se consolida como um dos melhores filmes da franquia 007, que talvez so esteja atrás de Cassino Royale.

007 – Sem Tempo para Morrer estreia hoje nos cinemas e principalmente nos cinemas Cinesystem.

Total
3
Shares
Related Posts
Total
3
Share