Connect with us

cinema

Crítica 2 – Dumbo

Me decepciona o fato de não ser grandioso, titio Tim não está numa boa fase pra cinema.

Thalita Heiderich

Published

on

Estamos numa nova era de Remakes e a dona Disney está apostando muitas de suas fichas nessa categoria. Atualizando clássicos, pra que a nova geração de expectadores também se apaixone pelo que nós, quando crianças, nos apaixonamos.

Primeira Critica Dumbo

Dumbo (2018) conta a história de um bebê elefante, nascido num circo viajante. Esse bebê tem uma característica que o distingue dos demais: Orelhas gigantes. Por causa das “orelhas de abano”, ele sofre bullying e é rejeitado pelos outros animais e funcionários do circo. Sua mãe (Mama Jumbo) acaba sendo presa e vendida, ao tentar defender o filho injustiçado.

O filme também conta a história de duas crianças, nascidas e criadas no circo. As crianças que recebem seu pai de volta da guerra, tentam recriar os vínculos com ele e viram amigos do elefantinho orelhudo.

Dumbo originalmente é um filme de 63 minutos, lançado em 1941. Sua resolução acaba não ensinando lição nenhuma e tem certas nuances preconceituosas (vamos lembrar que eram outros tempos). Apesar disso, contava com toda uma magia… amizade entre os bichinhos (que falavam) e tinha músicas muito legais. Contava também com uma cena em que o Dumbo ficava bêbado e alucinava com elefantes cor de rosa.

O que o Tim Burton fez com o filme foi relembrar a história original e dar a ela um final em que os “vilões” sofrem consequência. Ele transformou o filme em algo bem diferente do original, tirando o foco do Dumbo e passando para as crianças. 

Existem homenagens ao clássico, como as cegonhas voando por cima do trem antes do nascimento de Dumbo… elefantes cor de rosa em forma de balões de sabão e simples das músicas… mas fora isso, a história é bem diferente.

FLYING HIGH – In Disney’s new live-action adventure “Dumbo,” a newborn elephant with giant ears discovers he can fly, and he’s destined to be a star, which may or may not be a good thing. Directed by Tim Burton, “Dumbo” flies into theaters on March 29, 2019.

A fotografia nem tem cara de Tim Burton, a não ser pelo túnel na abertura. Acaba sendo até um filme bem pé no chão, e olha que estamos falando de elefantes voadores. A Disney está de parabéns, quanto ao CGI dos animais… Baby Dumbo é a coisa mais linda de se ver, só faltou aquela lágrima gigante escorrendo dos olhos dele. A interação entre os humanos e eles fica um pouquinho desconexa, mas nada que atrapalhe a experiência.

No elenco, Danny DeVito, Colin Farrell, Eva Green e Michael Keaton. É a primeira vez que não coloco parênteses pra dizer filmes que atores fizeram, também né… quem não conhece esse elenco? Da apresentação ao encerramento, o filme é coeso, não tem nada de realmente inovador, tem boas atuações e cenas que encantam os olhos. Apenas me decepciona o fato de não ser grandioso, titio Tim não está numa boa fase pra cinema. Se não fosse o nome dele nos créditos, poderia ser outro diretor.

NOTHIN’ BUT NET – When high-flying star Colette Marchant teams up with a baby elephant who can fly, their new act proves a little challenging. Starring Eva Green as Colette, Disney’s all-new, live-action adventure “Dumbo” opens in U.S. theaters on March 29, 2019…© 2019 Disney Enterprises, Inc. All Rights Reserved..

Uma menção aqui às crianças… as verdadeiras protagonistas do filme. Nico Parker (a filha que na verdade quer ser cientista) e Finley Hobbins. As atuações não tem nada de excepcional, mas a garota faz o papel de explicar pro público tudo o que era pra ficar subentendido… ou mesmo o que já estava óbvio. Confesso que isso me incomodou um pouco. Sim, é um filme para crianças, mas não precisa subestimar o entendimento do expectador. Fora isso, lindas crianças, muito fofas. Figurino fraco rs.

Dumbo é um filme gostoso de ver com amigos e família, vai te trazer nostalgia e vai vender muitas pelúcias de elefantes orelhudos (inclusive, quero). Também nos lembra que devemos aceitar nossas diferenças e que somos todos lindos e especiais.

Vale o seu ingresso, vai ser divertido, vai ser legal levar as crianças da família (siiiim, você também pode ir, criançona !!)

Deixe a Magia Disney te dominar.

Dumbo estréia 29 de março nos cinemas brasileiros. Assiste e diz pra gente o que achou!

Dumbo

7.5

Nota

7.5/10

Pros

  • Divertido, Bom elenco, Eva Green sendo poderosa e maravilhosa AS ALWAYS.

Cons

  • A falta das músicas do original. O protagonismo das crianças, não do Dumbo.

Carioca viciada em séries, filmes do drama ao terror gore. Rabiscadora de livros, nerd, míope e ouvinte de podcast com a cabeça na janela do ônibus.

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido